Chutes de Thales Leites suspendem Sam Alvey por até seis meses

Norte-americano machucou o tornozelo esquerdo e foi suspenso por Comissão Atlética por 180 dias

T. Leites (dir) venceu S. Alvey (esq) utilizando chutes (Foto: Jeff Bottari/UFC)

T. Leites (dir) venceu S. Alvey (esq) utilizando chutes (Foto: Jeff Bottari/UFC)

Os chutes do brasileiro Thales Leites não lhe garantiram somente a vitória sobre Sam Alvey, no UFC Nashville do último sábado (22), mas deixaram o norte-americano com uma suspensão médica que pode chegar a seis meses. A Comissão Atlética do Tennessee divulgou as suspensões relativas ao evento e Alvey precisará de um atestado médico que garanta que seu tornozelo esquerdo está em perfeitas condições antes de ser licenciado para uma nova luta.

Veja Também

K. Florian não competia desde 2011 (Foto: Josh Hedges/UFC)
Ex-lutador do UFC é apagado por brasileiro em torneio de jiu-jitsu
C. Weidman (foto) reclama ao ser informado de derrota para G. Mousasi (Foto: Josh Hedges/UFC)
Ainda aguardando apelo, Weidman insiste em revanche com Mousasi
St. Pierre (foto) não luta desde novembro de 2013. Foto: Josh Hedges/UFC
Sem lutar há mais de três anos, St. Pierre admite: ‘Estou enferrujado’

O norte-americano, que lutou cinco vezes nos últimos 12 meses, pareceu ter lesionado o tornozelo em um dos primeiros chutes dados por Thales, ainda no round inicial. Durante os 15 minutos, Alvey mancou, parecendo sentir o tornozelo, e admitiu entre os assaltos que estava com muita dor. Mesmo assim, resistiu por toda a luta, perdendo por decisão unânime para o brasileiro.

Além de Alvey, outros três lutadores do UFC Nashville tiveram suspensões médicas de 180 dias. Cindy Dandois, derrotada por Alexis Davis, Mike Perry (que venceu Jake Ellenberger) e Scott Holtzman, vencedor diante de Michael McBride também ficarão fora do octógono por seis meses, a não ser que consigam atestados que garantam suas condições clínicas em ordem.

O brasileiro Marcos Pezão, derrotado por finalização contra Ovince St. Preux, e que anunciou sua intenção de subir para o peso pesado, acabou com uma suspensão de 60 dias e não pode ter qualquer tipo de treino de contato por 30 dias por conta de um corte sofrido durante o duelo contra o haitiano.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário