Há dois anos sem vencer, Bethe Correia volta ao octógono em setembro contra Sijara Eubanks, diz site

Brasileira tenta espantar má fase na carreira e enfrenta oponente menos experiente, no México

B. Correia (esq.) retorna ao octógono em setembro. Foto: Montagem SL/MMA Press

A ex-desafiante peso galo (até 61,2kg.), Bethe Correira, já tem data para retornar ao octógono. A brasileira enfrenta a norte-americana Sijara Eubanks na edição 159 do UFC Fight Night, que acontece em 21 de setembro, na Cidade do México (MEX). A informação foi divulgada pelo ‘Sherdog.com’. O Ultimate ainda não oficializou o embate entre as atletas.

Veja Também

Dana volta a provocar Cyborg sobre revanche contra Amanda: ‘Tem medo de perder de novo’
Polêmico e mortal, Greg Hardy quer enfrentar a elite dos pesados
Chateado após derrota polêmica, Massaranduba pede bônus da vitória ao UFC

Bethe Correia,36, definitivamente não vive uma boa fase na carreira. A paraibana, que já disputou o título de sua divisão contra a ex-campeã, Ronda Rousey, não vence uma luta desde setembro de 2016. Caso o combate contra Sijara seja oficializado, em setembro, terão completados mais de três anos desde que a ‘Pitbull’ teve sua mão levantada em um triunfo dentro do Ultimate.

Em seus últimos seis compromissos, Correia conseguiu apenas uma vitória, quando encarou Jessica Eye e conquistou o triunfo na decisão dividida dos juízes, no UFC 203. Desde então, Bethe empatou um compromisso em duelo contra Marion Reneau, em março de 2017; e saiu derrotada nos encontros com Holly Holm e Irene Aldana (2017 e 2019).

Para voltar a vencer, a campo-grandense terá pela frente uma oponente menos experiente. Sijara Eubanks soma apenas sete combates em seu cartel profissional no MMA. A norte-americana, que assinou contrato com o Ultimate junho de 2018, há pouco mais de um ano, realizou três confrontos dentro da companhia, vencendo dois; um, contra Lauren Murphy e, outro, em peleja com Roxanne Modafferi. Mesmo com menos bagagem dentro do UFC, a atleta de Camp Springs (EUA), hoje, está melhor ranqueada (14ª) do que a brasileira, que sequer figura entre as 15 lutadoras da elite da categoria.

Sijara atuou pela última vez no duelo contra Aspen Ladd, uma das promessas do UFC para as galos. No combate, Eubanks foi saiu derrotada na decisão unânime dos juízes na luta ocorrida em maio deste ano.

Aos 34 anos, a norte-americana é ex-atleta do ‘Cage Fury Fighting Championshops’ e do Invicta FC, que já promoveu atletas como Cris Cyborg, Lauren Murphy e Carla Esparza.

O card de 22 de setembro ainda não conta com uma luta principal. O anúncio deve acontecer nas próximas semanas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments