Na caça de Jon Jones, Chris Weidman enfrenta invicto Dominick Reyes nesta sexta-feira

Norte-americano busca vitória na estreia entre os meio-médios, no UFC Boston, para desafiar campeão da divisão

D. Reyes (esq.) e C. Weidman (dir.) em encarada para o UFC Boston. Foto: Reprodução/YouTube TheMacLife

Está tudo pronto para a realização do UFC Boston, que acontece nesta sexta-feira (18), nos Estados Unidos, e que traz na atração principal um confronto que pode definir o próximo desafiante do hegemônico Jon Jones, campeão incontestável dos meio-pesados (até 93kg.). No octógono, Chris Weidman, ex-campeão dos médios (até 83kg.), enfrenta o promissor e invicto Dominick Reyes em sua estreia na nova divisão e busca a vitória para tentar um novo cinturão pela empresa.

Veja Também

Veja como lucrar uma grana com o card preliminar do UFC Boston
Covington declara guerra a Dana White: ‘Se vier me colocar o cinturão, bato na cara dele’
Acordo livra Jon Jones de acusação de assédio em casa noturna

Ao todo, 26 atletas irão se apresentarão no espetáculo, que promete agitar o começo do final de semana dos entusiastas do MMA. O evento está marcado para começar às 19h (horário de Brasília).

Além da luta principal, os espectadores poderão conferir a desforra entre Yair Rodriguez e Jeremy Stephens, que tiveram sua última luta interrompida após uma polêmica interrupção médica, quando o norte-americano acusou um golpe ilegal no olho por parte do mexicano e não conseguiu retornar para o combate. O caso aconteceu nos segundos iniciais da última luta do UFC Cidade do México, há pouco menos de um mês.

Weidman x Reyes

Chris é um velho conhecido dos brasileiros. O atleta ficou conhecido no mundo todo após colocar fim à hegemonia de Anderson Silva, um dos atletas mais dominantes da história das artes marciais mistas, em 2013. Após bater a lenda por duas vezes, o combatente ainda despachou duas outras referências tupiniquins: Lyoto Machida e Vitor Belfort.

Gostem ou não, Weidman fez, de fato, história no MMA. Ao bater ‘Spider’, o norte-americano movimentou a divisão dos médios de forma que, desde que Anderson perdeu o posto de número um, sete competidores diferentes tiveram o título para chamar de seu.

A decisão de subir de categoria veio para tentar afastar uma má fase vivida pelo atleta dentro da empresa. Após ter seu título perdido, em 2015, na derrota para Luke Rockhold, o norte-americano amargou três derrotas em seus últimos quatro combates. Seu último triunfo aconteceu em julho de 2017, quando derrotou Kelvin Gastelum.

Chris chega ao meio-médio com o intuito de, segundo o próprio lutador, chocar o mundo pela segunda vez. O combatente tem declarado a vontade de enfrentar Jon Jones, campeão da categoria. Para isso, porém, o norte-americano deverá passar por um duro desafio: bater o invicto Dominick Reyes.

Com apenas 29 anos, Dominick ainda não tem a experiência do oponente, mas, a cada combate, tem mostrado que é um atleta com condições de realizar grandes feitos no esporte. Reyes estreou no Ultimate em junho de 2017. Em cinco apresentações pela empresa, o combatente já venceu adversários de nome como Jared Cannonier e Ovince St. Preux.

Ao todo, Dominick realizou 11 lutas profissionais, vencendo seis combates por nocaute, dois por finalização e três na decisão dos juízes. Contra Weidman, o atleta poderá provar que não é apenas uma promessa na categoria e, em caso de vitória, pode carimbar o passaporte para enfrentar o temido Jon Jones.

Rdriguez x Stephens

O que poderia ser apenas mais um combate entre atletas que lutam para se aproximar da elite na divisão dos penas (até 65,7kg.), acabou tomando ar de confronto entre grandes rivais. O fato se dá pelo motivo de Yair Rodriguez e Jeremy Stephens terem sido protagonistas de um episódio curioso e polêmico.

Em 21 de setembro, no pelo UFC Cidade do México, o norte-americano, Jeremy, aceitou o desafio de encarar Rodriguez em seu país de origem na luta principal. Com provocações de ambos os lados, a peleja teve um final inusitado. Nos segundos iniciais, após uma troca de golpes franca, Stephens acusou um golpe ilegal no olho desferido pelo oponente e não conseguiu retornar para ação após cinco minutos de interrupção médica.

O anúncio do fim do combate gerou revolta, tanto por parte do público presente, quanto por Yair, que se mostrou inconformado com o resultado, chegando, inclusive, a se desentender com o entrevistador da noite, Michael Bisping.

Após o incidente, no hotel, os atletas se encontraram e quase chegaram às vias de fato. No episódio, os protagonistas tiveram de ser separados por pessoas que se encontravam no local.

Quase um mês depois, os lutadores poderão, enfim, realizar o sonhado acerto de contas. Rodriguez, que figura na sétima posição no ranking quer vencer para encostar no top cinco e seu rival, que vem logo atrás, em oitava, tem o mesmo objetivo. O encontro entre os desafetos representará a luta co-principal da noite.

O incansável e polêmico Greg Hardy

No UFC Boston, o peso pesado (até 120,2kg.) completará um grande feito. O combatente realizará sua quarta luta em menos de um ano pelo Ultimate. Com estreia em janeiro, o ex-jogador de futebol americano, que já esteve envolvido em um caso de violência doméstica, tem enfileirado vítimas e conquistado nocautes devastadores sobre seus oponentes.

Na sua primeira luta, o norte-americano acabou perdendo por desqualificação, após uma joelhada ilegal, mas venceu em seus outros dois compromissos com nocautes no primeiro round.

Nesta sexta-feira, o atleta enfrentará Ben Sosoli, que faz sua estreia pela organização. Com sete vitórias no currículo, o australiano tem em seu ponto forte o poder de nocaute. Foram seis até o momento.

O encontro entre os gigantes, então, tem grandes chances de ser encerrado antes da decisão dos juízes.

Ficha técnica do UFC Boston

DATA: 18 de outubro de 2019

HORÁRIO: A partir das 19h (horário de Brasília)

LOCAL: TD Garden, Boston, Massachusetts, EUA

COMO ASSISTIR: Duas primeiras lutas pelo SUPER LUTAS e restante no Canal Combate

CARD PRINCIPAL (22h, horário de Brasília)

Peso meio-pesado (até 93kg.): Dominick Reyes x Chris Weidman

Peso pena (até 65,7kg.): Yair Rodriguez x Jeremy Stephens

Peso pesado (até 120,2kg.): Greg Hardy x Ben Sosoli

Peso leve (até 70,3kg.): Joe Lauzon x Jonathan Pearce

Peso mosca (até 56,7kg.): Maycee Barber x Gillian Robertson

Peso médio (até 83,9kg.): Deron Winn x Darren Stewart

CARD PRELIMINAR (19h, horário de Brasília)

Peso pena (até 65,7kg.): Charles Rosa x Manny Bermudez

Peso mosca (até 56,7kg.): Molly McCann x Diana Belbita

Peso pena (até 65,7kg.): Kyle Bochniak x Sean Woodson

Peso galo (até 61,2kg.): Randy Costa x Boston Salmon

Peso meio-médio (até 77kg.): Court McGee x Sean Brady

Peso médio (até 83,9kg.): Brendan Allen x Kevin Holland

Peso pesado (até 120,2kg.): Daniel Spitz x Tanner Boser

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments