Ultimate projeta Jan Blachowicz contra Corey Anderson para o UFC Rio Rancho, em fevereiro

Organização estuda combate entre dois possíveis desafiantes ao título dos meio-pesados para o início de 2020

O Ultimate quer, de fato, movimentar a divisão dos meio-pesados (até 93kg.). Depois que Jon Jones confirmou o desejo de encarar Dominick Reyes em 8 de fevereiro, o UFC decidiu investir no futuro e colocar dois atletas que podem se tornar desafiantes para trocar forças uma semana depois. Em 15 de fevereiro, Jan Blachowicz e Corey Anderson podem se enfrentar em uma das lutas do UFC Rio Rancho. A informação foi divulgada pela ‘ESPN’.

Saiba mais

Weili Zhang defende título contra Joanna Jędrzejczyk no UFC 248, diz site
Holly Holm encara Raquel Pennington no UFC 246, diz site
Colby Covington volta a atacar Dana White: ‘Não tenho nada de bom para falar dele’

O encontro entre Jan e Anderson marcam o confronto entre dois grandes representantes da elite recente da divisão. Vindo de vitórias, os atletas precisam vencer, caso queiram encarar o vencedor da disputa entre Dominick e ‘Bones’.

Blachowicz atuou recentemente na luta principal do UFC São Paulo. Na ocasião, o polonês frustrou os planos de vitória de Ronaldo Jacaré em sua estreia entre os meio-pesados. Mesmo com uma apresentação morna, na qual triunfou em decisão dividida dos juízes, o atleta se manteve firma na sexta colocação da categoria.

Corey, por sua vez, teve melhor performance em seu último compromisso. Em luta contra o mais novo xodó brasileiro, Johnny Walker, o norte-americano precisou de pouco mais de dois minutos para confirmar o favoritismo e aplicar um nocaute brutal no atleta tupiniquim, freando a ascensão do rival e se garantindo em quinto no ranking.

Após as respectivas vitórias, tanto o polonês quanto o norte-americano pediram, ainda no octógono por uma oportunidade de encarar Jon Jones. O campeão, porém, optou por encarar Dominick Reyes, invicto na carreira e atualmente em quarto na categoria.

Aos 36 anos, Blachowicz já atuou em 33 oportunidades, vencendo 25 e perdendo em oito. O polonês já declarou publicamente que gostaria de lutar pelo título em breve, pois não pretende prolongar a carreira por muitos anos. O último revés do combatente aconteceu em fevereiro deste ano, quando foi duramente derrotado pelo antigo desafiante ao cinturão, Thiago Marreta.

Menos experiente do que Jan, Corey, de 30, realizou 17 apresentações, vencendo 13 e saindo derrotado em quatro oportunidades. O último revés do norte-americano aconteceu há mais de dois anos, quando foi batido por Ovince St.Preux, em novembro de 2017.

Além da batalha entre Corey e Jan, o UFC Rio Rancho já tem programada os embates entre Montana de la Rosa contra Mara Romero Borella, além do brasileiro Rogério Bontorin trocando forças com Ray Borg.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário