Em luta tensa, Jon Jones derrota Dominick Reyes e mantém cinturão no UFC 247

Campeão leva susto, mas mostra experiência para superar duro adversário na decisão dos juízes

J. Jones (foto) derrota D. Reyes e segue como campeão meio-pesado do UFC. Foto: Reprodução/Facebook ufc

Quem imaginou que Jon Jones teria tarefa fácil na luta principal do UFC 247, se enganou. Em combate válido pelo título dos meio-pesados (até 93kg.), ocorrida neste sábado (8), em Houston (EUA), Dominick Reyes vendeu caro a disputa de cinturão e acabou derrotado na decisão dos juízes após cinco rounds muito disputados.

Veja Também

Vídeo: Assista à vitória de Jon Jones sobre Dominick Reyes no UFC 247
Dana White discorda de juízes e vê derrota de Jon Jones no UFC 247
Valentina Shevchenko aplica nocaute em Katlyn Chookagian e mantém cinturão dos moscas
VÍDEO: Assista o nocaute de Valentina Shevchenko sobre Katlyn Chookagian no UFC 247

Jones subiu no octógono com a responsabilidade de se consolidar cada vez mais como um dos melhores na história do MMA. Além de precisar vencer para manter seu reinado, o campeão tinha a responsabilidade de acabar com a invencibilidade de seu adversário.

Considerado azarão nas casas de apostas, Dominick superou a expectativa de muitos fãs, que esperavam ver uma atuação de gala de ‘Bones’. Apresentando muita agressividade do início ao fim, Reyes foi capaz de colocar o campeão em perigo em muitas ocasiões.

A luta

Reyes começou o combate partindo para cima de Jones com uma sequência de socos, o campeão se defendeu e tentou impor uma queda no desafiante. Dominick permaneceu agressivo no confronto, obrigando ‘Bones’ a caminhar para trás. Jones tentava encontrar a distância e acabou surpreendido com um direto de Dominick. O campeão chegou a cair, mas se levantou e tentava se proteger, enquanto Reyes seguia desferindo socos. O desafiante seguia mais agressivo, enquanto Jon tentava se encontrar no combate. Nos segundos finais, ‘Bones’ conectou um bom chute alto que tocou o rosto de Dominick, mas o desafiante não se abalou. Os atletas permaneceram se estudando até que o assalto chegou ao fim.

Reyes voltou para a luta conectando um soco e um chute baixo. Jones seguia tentando encontrar a melhor distância para conectar seus golpes. Passado um minuto, Dominick pressionou o campeão nas grades e desferiu bons golpes contra o corpo de Jon, mas ‘Bones’ conseguiu se desvencilhar. Na metade do assalto, Jones conectou um bom cruzado de esquerda no rosto do desafiante, mas não abalou o rival. Jon começou a se soltar no fim do assalto e passou a desferir os melhores golpes. Mesmo caminhando par trás, Dominick seguia perigoso com sua mão esquerda, que seguia tocando o corpo do campeão. Nos segundos finais, Reyes conectou um bom uppercut, que chegou a balançar Jon, mas não havia mais tempo.

O terceiro assalto começou com Dominick desferindo um bom chute alto, que tocou o rosto de ‘Bones’. O campeão tentava se defender, mas Reyes seguia perigoso em suas ações. Jon arriscava chutes baixos, tentando obrigar o adversário a caminhar para trás. Na metade do assalto, o desafiante voltou a surpreender o campeão com um uppercut, neste momento, Jones tentou aplicar uma queda, que foi bem defendida por Reyes. No minuto final, Dominick conectou um jab de esquerda em Jon, que respondeu na mesma moeda.

Reyes começou a etapa novamente pressionando o campeão, com uma boa sequência de socos, o desafiante abalou ‘Bones’, que foi obrigado a tentar uma queda sobre o compatriota. Dominick caiu, mas se levantou com facilidade, em seguida. Na metade do assalto, Jones fintou um cruzado e buscou as pernas do rival para tentar levar o confronto para o chão, mas Dominick se defendeu bem. Após o ataque de Jones, o desafiante conseguiu uma boa sequência de socos, que tocaram Jon. No fim do assalto, Jones conseguiu desferir sua famosa cotovelada, mas o golpe não foi efetivo. Os atletas trocaram golpes nos segundos finais, mas o assalto terminou.

Na última etapa, Dominick seguia tentando conectar os melhores golpes. Jones tentava cercar o adversário e logo conseguiu levar o combate para o chão. Reyes se defendeu bem, mas Jones insistia na tentativa. O desafiante conseguiu se desvencilhar e conectou um bom direto no rosto de ‘Bones’. Jon seguia caminhando para cima do adversário, mas o oponente seguia perigoso nos contra-ataques. Na metade do assalto, o campeão começou a soltar chutes na linha de cintura de Reyes. O desafiante sempre respondia com sua esquerda perigosa. Mais cansados, a pressão dos atletas já não era mais a mesma, mas o combate seguia tenso até o final.

Com o triunfo, Jon Jones atingiu a marca de 26 vitórias na carreira. Reyes, por sua vez, amargou sua primeira derrota na carreira.

Resultados do UFC 247

CARD PRINCIPAL:

Peso meio-pesado (até 93kg.): Jon Jones derrotou Dominick Reyes na decisão unânime dos juízes (48-47, 48-47, 49-46) – luta por cinturão

Peso mosca (até 56,7kg.): Valentina Shevchenko derrotou Katlyn Chookagian por nocaute a 1,03s do R3 – luta por cinturão

Peso pesado (até 120,2kg.): Justin Tafa derrotou Juan Adams por nocaute a 1m59s do R1

Peso pena (até 65,7kg.): Dan Ige derrotou Mirsad Bektic na decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso pesado (até 120,2kg.): Derrick Lewis derrotou Ilir Latifi na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso médio (até 83,9kg.): Trevin Giles derrotou James Krause na decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca (até 56,7kg.): Lauren Murphy derrotou Andrea Lee na decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

Peso meio-médio: Kalinn Williams derrotou Alex Morono por nocaute a 27s do R1

Peso galo (até 61,2kg.): Mario Bautista derrotou Miles Johns por nocaute a 1m41s do R2

Peso galo (até 61,2kg.): Journey Newson derrotou Domingo Pilarte por nocaute a 38s do R1

Peso galo (até 61,2kg.): Andre Ewell derrotou Jonathan Martinez na decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

Peso pena (até 65,7kg.): Youssef Zalal derrotou Austin Lingo na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

20 Tópico de comentário
3 Responder Comentário
0 Seguir
 
Comentário com mais reações
Tópico de comentários mais discutido
19 Comentários do autor
Felipe MarquesCorreia GcsfiiWANDERLEY BARROSMárcio RenatoClaudemir Fernandes Vieira Novos comentários do autor
ELVIS OLIVEIRA
Membro

É só ler a descrição da luta para ter certeza que o Reyes ganhou

Leonan costa silva
Membro

Ao meu ver o Jones ganhou 3 rounds! A rescisão unânime foi exagero, mas a vitória ele dele mesmo!

Kinder Senna
Membro
Kinder Senna

Caramba! UFC acabou mesmo, agora o Dana é juiz, e o cara que paga, que roubada feia, vergonhoso, Belator sem sombra de dúvida se transformará no novo sucesso, Luta roubada pro Jones, conselho Dana! Agora ficou nítido, vc escolhe quem ganha é quem perde, depois fica com papinho de que ficou com raivinha, não cola mais, foi a última luta que assisti, a do mc gregori foi outra vergonha comprada, essa agora bateu o recorde, chega, arrego, vai se lascar UFC, graças a Deus tem o BELATOR.

Dener Antunes
Membro
Dener Antunes

Uai, os relatos me parece não condizer com o resultado. Alguém está mentindo, ou o redator ou o UFC.

Celso Souza
Membro
Celso Souza

Passaram a mão na cara dura ,bando de safados

Adriano Dos Santos Liveranski
Membro
Adriano Dos Santos Liveranski

Dana controla os resultados das lutas de acordo com as apostas.

Valdenilton Rodrigues de Oliveira De Oliveira
Membro
Valdenilton Rodrigues de Oliveira De Oliveira

Eu quero só repudiar a decisão desses jurados, pois estão sendo comprados por esse careca, manipulador de lutas, tal de Dana Manipulador. Só ganha quem ele quer. Esse Jones, o campeão já era pra ter perdido desde a luta com o Marreta. É tudo manipulado por esse careca. Está bilionário às custas de manipulações.

WANDERLEY BARROS
Membro

o Danna só tá cumprindo a promessa dele de transformar o JJ no maior lutador de todos os tempos no UFC, veja que além da ajuda dos juízes (na luta contra Gustaffsson, Marreta e agora com o Reyes) ele jamais teve uma punição severa pelos vários dopings, peguem fotos dele de quando começou e de como está agora, fora o uso de drogas como cocaina

Léo Silva
Membro

Na minha opinião, Reyes venceu os 3 primeiros rounds, o 4° e o 5° foram do Jones.
Engraçado que foi decisão UNÂNIME dos juízes, tá de sacanagem…

Jerry Scari
Membro

Não assisti a luta ainda mas pelo relato acima bones perdeu…

Thiagonper
Membro

O Jon Jones mereceu ganhar, o Terceiro Round na minha opinião foi Empate, o Dominick Reyes lutou bem mas cansou, o Jon Jones buscou mais a luta, eu entendo as pessoas que acham que o Jon Jones perdeu, mas no empate tem que ficar com o Campeão, mas foi uma grande luta.

JCS jcs
Membro

Não vejo nada de mais nesse cara. O joguinho dele é ficar dando chutes na coxa do adversário. Ou o que é pior: enfiar os dedos nos olhos. Quantas vezes ele já não fez isso?

Leonan costa silva
Membro

Pra mim o Jon ganhou mas não unânime! Ele venceu 3 rounds !

Ednaldo Silva França França
Membro

Se ele venceu três rounds e todos os juízes entenderam assim, a decisão torna se unânime. Ou o que entende como decisão unânime ?

Leonan costa silva
Membro

Pra mim o Jon Jones ganhou mas não unânime! Venceu 3 rounds! 2°, 3° e 5° .

Jorge Reus
Membro

Jones ganhou claramente, para de chororo

Ednaldo Silva França França
Membro

Alguns comentários aqui deixa bem claro que muita gente assiste, mas pouca gente entende. Exemplo: Há pessoas aqui concordando que o Jones venceu três rounds, e ao mesmo tempo questionando a decisão por unanimidade. Decisão unânime não é quando o lutador vence todos os rounds, mas sim quando a um consenso entre os juízes de que ele venceu a maioria dos rounds. Ou seja, todos viram que Jones venceu 1 a mais. Obs: O comentário é só para quem não entende. Trata se apenas de uma explicação.

Carlos Henrique da Silva
Membro
Carlos Henrique da Silva

Vitoria clara do Reyes….meteram a mao!!

Claudemir Fernandes Vieira
Membro
Claudemir Fernandes Vieira

Quem deve ter vendido caro essa luta foi os juízes…. Jones perdeu claramente

Márcio Renato
Membro
Márcio Renato

Eu sei que pra tirar o cinturão de um campeão é preciso fazer um belo de um estrago, sobretudo quando vai pra decisão dos juízes, se for apertado, eles sempre vão deixar nas mãos do campeão o cinturão. Mas se seguir a risca, o Jones perdeu, fez uma luta fraca, apanhou, e não era nem de longe o Jones que conhecemos. Dominic calou a minha boca, fez uma luta linda, bateu pra caramba e merecia ter nocauteado, faltou pouco inclusive.

WANDERLEY BARROS
Membro

Resumo: O Reyes não tomou conhecimento do Jones, passou o carro, deu uma sova no jones, e o Danna fez o que faz de melhor. Contra o Marreta o Jones teve que ser levado carregado direto para o hospital e ficou internado; contra o Gustaffsson ficou com a cara arrebentada com o beiço inchado parecia uma laranja podre e os olhos os olhos ebugalhados. Mas o Danna sempre dá um jeitinho.

Correia Gcsfii
Membro
Correia Gcsfii

Campeão de bosta, apanhou mais que mulher de malandro… Tá vendo que ganha quem eles querem…. O Reyes surrou o vagabundo e só deu na cara dele…

Felipe Marques
Membro
Felipe Marques

O texto está mais ou menos como se eu contasse uma estória para o meu filho, mais ou menos assim:
“O Batman pegou o Coringa em seu esconderijo e deu vários socos nele. O Coringa não conseguia escapar dos golpes do Batman que, por fim, prendeu o Coringa. Que pena que o Coringa se deu bem nessa.”