Chamado na última hora, James Krause mostra raça, mas perde para Trevin Giles no UFC 247

Norte-americano, que substituiu Antônio Arroyo no card deste sábado, trava grande batalha e é derrotado na decisão dividida dos juízes

J. Krause (esq.) e T. Giles (dir.) em luta pelo UFC 247. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Após aceitar o confronto com menos de 24 horas para o UFC 247, que aconteceu neste sábado (8), em Houston (EUA), James Krause mostrou muita valentia no confronto contra Trevin Giles na última luta do card preliminar. Em combate equilibrado, o atleta impôs perigo ao seu adversário, mas acabou sendo derrotado na decisão dividida dos juízes.

Veja Também

Brasileiro Antônio Arroyo passa mal após pesagem e está fora do UFC 247
Em luta tensa, Jon Jones derrota Dominick Reyes e mantém cinturão no UFC 247
UFC 247: Jon Jones x Dominick Reyes – Resultados

James, que é atleta dos meio-médios (até 77kg.) subiu de categoria para poder atuar no espetáculo norte-americano e, apesar de ter sofrido duros golpes, resistiu por três rounds e chegou a ensaiar duas finalizações que poderiam ter mudado o resultado final do confronto.

Precisando vencer, Trevin entrou no octógono mostrando muita agressividade e não conseguiu o nocaute por conta da raça de seu oponente. Com o triunfo, o norte-americano respira com mais tranquilidade após amargar duas derrotas consecutivas.

O revés para Giles interrompeu uma sequência de seis vitórias consecutivas no cartel do norte-americano. O lutador vinha de vitória sobre Serginho Moraes, em luta ocorrida em novembro do ano passado.

A luta

No começo do combate, Trevin tomou a iniciativa conectando boas sequências de socos, que chegaram a abalar James. No entanto, Krause percebeu as dificuldades e tratou de derrubar o seu adversário e atuar em sua zona de conforto. O atleta conseguiu chegar às costas de Glles e passou a tentar o estrangulamento. Trevin tentava se defender como podia, mas James permanecia insistindo no mata-leão.Nos segundos finais, Gilles conseguiu reverter a posição e conseguiu conectar bons golpes no rosto do adversário. Os lutadores se levantaram, mas não havia mais tempo.

Na segunda etapa, Trevin novamente tomou a iniciativa do confronto, desferindo um chute alto que explodiu na guarda do adversário. Giles seguia impondo mais perigo em pé e James permanecia caminhando para trás, aguardando um bom momento para um contra-ataque. Passados dois minutos, Trevin conseguiu pressionar Krause nas grades e lançava socos potentes, mas o rival mostrava raça para defender e absorver as investidas. James conseguiu levar o confronto para o chão, mas acabou caindo em posição de desvantagem. Giles desferia duros golpes de cima para baixo e castigava o rosto do rival. No fim, James quase foi surpreendido por um mata-leão, mas foi salvo pelo fim do assalto.

No último round, Giles começou a provocar James, buscando induzir o adversário ao erro. Krause partiu para cima do adversário e conseguiu conectar bons golpes em Trevin, que seguia caminhando para trás. Na metade do assalto, James conseguiu conectar um bom cruzado seguido de um chute alto e Giles respondeu com uma sequência de socos. O combate seguia sendo disputado de pé com os dois atletas conectando bons golpes. Nos segundos finais, os atletas já demonstravam cansaço e os ataques já não saíam com tanta força.

Journey Newson aplica nocaute brutal em Domingo Pilarte

J. Newson aplica duro nocaute em D. Pilarte no UFC 247. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

Na terceira luta do UFC 247, Journey Newson conquistou uma vitória imponente sobre Domingo Pilarte. Vindo de derrota, o norte-americano, que vinha de derrota para o brasileiro Ricardo Carcacinha não tomou conhecimento do compatriota e nocauteou o adversário logo aos 38 segundos de luta.

Pilarte começou o combate desferindo um bom chute alto, que chegou a abalar Newson, no entanto, Journey aproveitou a investida do oponente e conectou um bom direto com a mão direita. Domingo imediatamente foi ao chão e restou a Newson o papel de golpear o rival até que o árbitro interrompesse o confronto.

O triunfo marcou a primeira vitória de Journey pelo Ultimate. Esta foi a segunda apresentação do atleta na empresa.

Derrotado, Pilarte segue sem vencer no UFC. Em sua estreia, o norte-americano foi batido por Felipe Cabocão, em julho do ano passado.

Com joelhada voadora, Mario Bautista tira invencibilidade de Miles Johns

M. Bautista conquista grande vitória no UFC 247. Foto: Reprodução/Instagram @mario_bautistamma

Invicto há 10 lutas, Miles Johns conheceu, pela primeira vez, o gosto da derrota. Em combate contra Mario Bautista, o norte-americano não conseguiu impor sua estratégia e acabou sucumbindo após um duro nocaute aplicado pelo oponente no segundo round.

O duelo começou equilibrado. Os atletas se estudaram muito na primeira etapa e, no segundo assalto, decidiram se arriscar. Com quase dois minutos passados, Bautista aproveitou a distração do adversário e conectou uma bela joelhada voadora, que explodiu no queixo de Johns. Miles foi ao chão e Mario seguiu golpeando duramente o oponente até a interrupção do árbitro.

Com o triunfo, Bautista soma a segunda vitória consecutiva no Ultimate.

Kalinn Williams tem estreia perfeita e aplica grande nocaute em Alex Morono

K. Williams em pesagem pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram @khaoswilliams

O norte-americano Kalinn Williams mostrou que não está no UFC para brincadeira. O atleta, que estreou no Ultimate neste sábado precisou de apenas segundos para desbancar o experiente Alex Morono. Com um nocaute brutal, o atleta chega com moral na divisão dos meio-médios (até 77kg.).

Kalinn aceitou o desafio de encarar Alex com apenas duas semanas. O lutador substituiu Dhiego Lima, que deixou o card após sofrer uma lesão.

Os atletas começaram o duelo com muita agressividade. Na trocação frança, Williams se saiu melhor e, com uma ótima sequência de socos levou Morono a nocaute nos segundos iniciais do confronto.

O triunfo marcou o décimo resultado positivo da carreira de Kalinn. Alex, por sua vez, sofreu a sexta derrota e teve uma sequência de três vitórias consecutivas interrompida.

Resultados do UFC 247

CARD PRINCIPAL

Peso meio-pesado (até 93kg.): Jon Jones derrotou Dominick Reyes na decisão unânime dos juízes (48-47, 48-47, 49-46) – luta por cinturão

Peso mosca (até 56,7kg.): Valentina Shevchenko derrotou Katlyn Chookagian por nocaute a 1,03s do R3 – luta por cinturão

Peso pesado (até 120,2kg.): Justin Tafa derrotou Juan Adams por nocaute a 1m59s do R1

Peso pena (até 65,7kg.): Dan Ige derrotou Mirsad Bektic na decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso pesado (até 120,2kg.): Derrick Lewis derrotou Ilir Latifi na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso médio (até 83,9kg.): Trevin Giles derrotou James Krause na decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca (até 56,7kg.): Lauren Murphy derrotou Andrea Lee na decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

Peso meio-médio: Kalinn Williams derrotou Alex Morono por nocaute a 27s do R1

Peso galo (até 61,2kg.): Mario Bautista derrotou Miles Johns por nocaute a 1m41s do R2

Peso galo (até 61,2kg.): Journey Newson derrotou Domingo Pilarte por nocaute a 38s do R1

Peso galo (até 61,2kg.): Andre Ewell derrotou Jonathan Martinez na decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

Peso pena (até 65,7kg.): Youssef Zalal derrotou Austin Lingo na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments