Chamado na última hora, James Krause mostra raça, mas perde para Trevin Giles no UFC 247

Norte-americano, que substituiu Antônio Arroyo no card deste sábado, trava grande batalha e é derrotado na decisão dividida dos juízes

J. Krause (esq.) e T. Giles (dir.) em luta pelo UFC 247. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Após aceitar o confronto com menos de 24 horas para o UFC 247, que aconteceu neste sábado (8), em Houston (EUA), James Krause mostrou muita valentia no confronto contra Trevin Giles na última luta do card preliminar. Em combate equilibrado, o atleta impôs perigo ao seu adversário, mas acabou sendo derrotado na decisão dividida dos juízes.

Veja Também

T-MOBILE Arena UFC 300

James, que é atleta dos meio-médios (até 77kg.) subiu de categoria para poder atuar no espetáculo norte-americano e, apesar de ter sofrido duros golpes, resistiu por três rounds e chegou a ensaiar duas finalizações que poderiam ter mudado o resultado final do confronto.

PUBLICIDADE:

Precisando vencer, Trevin entrou no octógono mostrando muita agressividade e não conseguiu o nocaute por conta da raça de seu oponente. Com o triunfo, o norte-americano respira com mais tranquilidade após amargar duas derrotas consecutivas.

O revés para Giles interrompeu uma sequência de seis vitórias consecutivas no cartel do norte-americano. O lutador vinha de vitória sobre Serginho Moraes, em luta ocorrida em novembro do ano passado.

PUBLICIDADE:

A luta

No começo do combate, Trevin tomou a iniciativa conectando boas sequências de socos, que chegaram a abalar James. No entanto, Krause percebeu as dificuldades e tratou de derrubar o seu adversário e atuar em sua zona de conforto. O atleta conseguiu chegar às costas de Glles e passou a tentar o estrangulamento. Trevin tentava se defender como podia, mas James permanecia insistindo no mata-leão.Nos segundos finais, Gilles conseguiu reverter a posição e conseguiu conectar bons golpes no rosto do adversário. Os lutadores se levantaram, mas não havia mais tempo.

Na segunda etapa, Trevin novamente tomou a iniciativa do confronto, desferindo um chute alto que explodiu na guarda do adversário. Giles seguia impondo mais perigo em pé e James permanecia caminhando para trás, aguardando um bom momento para um contra-ataque. Passados dois minutos, Trevin conseguiu pressionar Krause nas grades e lançava socos potentes, mas o rival mostrava raça para defender e absorver as investidas. James conseguiu levar o confronto para o chão, mas acabou caindo em posição de desvantagem. Giles desferia duros golpes de cima para baixo e castigava o rosto do rival. No fim, James quase foi surpreendido por um mata-leão, mas foi salvo pelo fim do assalto.

PUBLICIDADE:

No último round, Giles começou a provocar James, buscando induzir o adversário ao erro. Krause partiu para cima do adversário e conseguiu conectar bons golpes em Trevin, que seguia caminhando para trás. Na metade do assalto, James conseguiu conectar um bom cruzado seguido de um chute alto e Giles respondeu com uma sequência de socos. O combate seguia sendo disputado de pé com os dois atletas conectando bons golpes. Nos segundos finais, os atletas já demonstravam cansaço e os ataques já não saíam com tanta força.

Journey Newson aplica nocaute brutal em Domingo Pilarte

J. Newson aplica duro nocaute em D. Pilarte no UFC 247. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

Na terceira luta do UFC 247, Journey Newson conquistou uma vitória imponente sobre Domingo Pilarte. Vindo de derrota, o norte-americano, que vinha de derrota para o brasileiro Ricardo Carcacinha não tomou conhecimento do compatriota e nocauteou o adversário logo aos 38 segundos de luta.

PUBLICIDADE:

Pilarte começou o combate desferindo um bom chute alto, que chegou a abalar Newson, no entanto, Journey aproveitou a investida do oponente e conectou um bom direto com a mão direita. Domingo imediatamente foi ao chão e restou a Newson o papel de golpear o rival até que o árbitro interrompesse o confronto.

O triunfo marcou a primeira vitória de Journey pelo Ultimate. Esta foi a segunda apresentação do atleta na empresa.

Derrotado, Pilarte segue sem vencer no UFC. Em sua estreia, o norte-americano foi batido por Felipe Cabocão, em julho do ano passado.

Com joelhada voadora, Mario Bautista tira invencibilidade de Miles Johns

M. Bautista conquista grande vitória no UFC 247. Foto: Reprodução/Instagram @mario_bautistamma

Invicto há 10 lutas, Miles Johns conheceu, pela primeira vez, o gosto da derrota. Em combate contra Mario Bautista, o norte-americano não conseguiu impor sua estratégia e acabou sucumbindo após um duro nocaute aplicado pelo oponente no segundo round.

O duelo começou equilibrado. Os atletas se estudaram muito na primeira etapa e, no segundo assalto, decidiram se arriscar. Com quase dois minutos passados, Bautista aproveitou a distração do adversário e conectou uma bela joelhada voadora, que explodiu no queixo de Johns. Miles foi ao chão e Mario seguiu golpeando duramente o oponente até a interrupção do árbitro.

Com o triunfo, Bautista soma a segunda vitória consecutiva no Ultimate.

Kalinn Williams tem estreia perfeita e aplica grande nocaute em Alex Morono

K. Williams em pesagem pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram @khaoswilliams

O norte-americano Kalinn Williams mostrou que não está no UFC para brincadeira. O atleta, que estreou no Ultimate neste sábado precisou de apenas segundos para desbancar o experiente Alex Morono. Com um nocaute brutal, o atleta chega com moral na divisão dos meio-médios (até 77kg.).

Kalinn aceitou o desafio de encarar Alex com apenas duas semanas. O lutador substituiu Dhiego Lima, que deixou o card após sofrer uma lesão.

Os atletas começaram o duelo com muita agressividade. Na trocação frança, Williams se saiu melhor e, com uma ótima sequência de socos levou Morono a nocaute nos segundos iniciais do confronto.

O triunfo marcou o décimo resultado positivo da carreira de Kalinn. Alex, por sua vez, sofreu a sexta derrota e teve uma sequência de três vitórias consecutivas interrompida.

Resultados do UFC 247

CARD PRINCIPAL

Peso meio-pesado (até 93kg.): Jon Jones derrotou Dominick Reyes na decisão unânime dos juízes (48-47, 48-47, 49-46) – luta por cinturão

Peso mosca (até 56,7kg.): Valentina Shevchenko derrotou Katlyn Chookagian por nocaute a 1,03s do R3 – luta por cinturão

Peso pesado (até 120,2kg.): Justin Tafa derrotou Juan Adams por nocaute a 1m59s do R1

Peso pena (até 65,7kg.): Dan Ige derrotou Mirsad Bektic na decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso pesado (até 120,2kg.): Derrick Lewis derrotou Ilir Latifi na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso médio (até 83,9kg.): Trevin Giles derrotou James Krause na decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca (até 56,7kg.): Lauren Murphy derrotou Andrea Lee na decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

Peso meio-médio: Kalinn Williams derrotou Alex Morono por nocaute a 27s do R1

Peso galo (até 61,2kg.): Mario Bautista derrotou Miles Johns por nocaute a 1m41s do R2

Peso galo (até 61,2kg.): Journey Newson derrotou Domingo Pilarte por nocaute a 38s do R1

Peso galo (até 61,2kg.): Andre Ewell derrotou Jonathan Martinez na decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

Peso pena (até 65,7kg.): Youssef Zalal derrotou Austin Lingo na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

 

Leia Mais sobre: , , , , , , , ,


Comentários

Deixe um comentário

Confira todos os resultados do UFC Las Vegas 92 Resultados do UFC St. Louis Resultados do UFC 301 Resultados do UFC Las Vegas 91 Resultados do UFC 300