Henry Cejudo bate Dominick Cruz, defende cinturão no UFC 249 e anuncia aposentadoria

Atleta cumpre promessa, bate lenda da divisão e segue como número um da categoria

H. Cejudo em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

Henry Cejudo prometeu e cumpriu. Na luta co-principal do UFC 249, que aconteceu neste sábado (9), em Jacksonville (EUA), o ‘Triplo C’ bateu a lenda dos galos (até 61,2kg.), Dominick Cruz, com um nocaute no segundo round, e manteve o cinturão da categoria. Após o triunfo, o lutador surpreendeu ao anunciar a aposentadoria no MMA.

Veja Também

VÍDEO: Veja o nocaute de Henry Cejudo sobre Dominick Cruz no UFC 249
Justin Gaethje vence Tony Ferguson e conquista cinturão interino dos leves no UFC 249
VÍDEO: Assista o nocaute de Justin Gaethje sobre Tony Ferguson no UFC 249
Francis Ngannou aniquila Jairzinho Rozenstruik com nocaute brutal no UFC 249
VÍDEO: Assista o nocaute brutal de Francis Ngannou sobre Jairzinho Rozenstruik no UFC 249

Neste final de semana, Cejudo realizava um de seus desejos desde que se tornou profissional nas artes marciais mistas. Com o desejo de sempre enfrentar lendas do esporte, o combatente tinha em sua frente um rival que é considerado, por muitos, como o melhor da história dos galos. Quando o confronto começou, porém, o campeão não respeitou o rival e mostrou todo o seu talento durante dois assaltos.

Cruz voltava ao octógono após mais de três anos afastado do esporte. O atleta, que ostentou o título da categoria entre 2010 e 2016, no entanto, não conseguiu impôr seu ritmo de luta e acabou sendo mais uma vítima do ‘Triplo C’. A derrota para Cejudo marcou o primeiro nocaute sofrido na carreira de Dominick.

Na entrevista após a disputa, Cejudo surpreendeu ao anunciar a aposentadoria precoce no esporte. O combatente atualmente tem 33 anos e 17 apresentações na modalidade. Em conversa com Joe Rogan, Henry justificou a decisão de pendurar as luvas afirmando que pretende aproveitar a vida, pois se dedica a ser um atleta profissional durante toda a sua vida.

A luta

O confronto começou com os atletas se estudando no centro do octógono. Cejudo tomou a iniciativa na luta com um chute baixo. Cruz seguia se movimentava e economizava nos golpes. O campeão seguia apostando nos chutes baixos, enquanto Dominick encontrava dificuldades para tocar o adversário. Na metade do assalto, Cejudo conseguiu uma queda, mas Cruz se levantou com facilidade. Aos poucos, o ex-campeão começava a se soltar, mas Henry mostrava perigo nos contra-ataques.

Na segunda etapa, Dominick tomou a iniciativa com uma sequência de socos que pararam na guarda do campeão. Henry seguia desferindo chutes no adversário, enquanto Cruz tentava confundir o oponente com sua movimentação. O confronto seguia tenso, com os atletas trocando socos e chutes no centro do octógono. Cejudo tentava enquadrar o rival nas grades, mas Cruz escapava bem das ações. Restando poucos segundos para o fim do assalto, o combate foi interrompido após os atletas chocarem as cabeças, o que resultou em um corte no campeão. Quando retornou, Henry partiu para cima de Cruz e, após conectar uma joelhada certeira, Cruz foi ao chão e restou ao campeão continuar batendo até a interrupção do árbitro.

Resultados do UFC 249

CARD PRINCIPAL

Peso leve (até 70,3kg.): Justin Gaethje derrotou Tony Ferguson por nocaute 3m39s do R5 – Luta pelo cinturão interino

Peso galo (até 61,2kg.): Henry Cejudo derrotou Dominick Cruz por nocaute a 4m50 do R2 – Luta pelo cinturão

Peso pesado (até 120,2kg.): Francis Ngannou derrotou Jairzinho Rozenstruik por nocaute a 20s do R1

Peso pena (até 65,7kg.): Calvin Kattar derrotou Jeremy Stephens por nocaute a 2m42 do R2

Peso pesado (até 120,2kg.): Greg Hardy derrotou Yorgan De Castro na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30- 27)

CARD PRELIMINAR

Peso leve (até 70,3kg.): Anthony Pettis derrotou Donald Cerrone na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso pesado (até 120,2kg.): Alexey Oleynik derrotou Fabricio Werdum na decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso palha (até 52,1kg.): Carla Esparza derrotou Michelle Waterson na decisão dividida dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso meio-médio (até 77kg.): Vicente Luque derrotou Niko Price por nocaute técnico (interrupção médica) a 3m37s do R3

Peso pena (até 65,7kg.): Bryce Mitchell derrotou Charles Rosa na decisão unânime dos juízes (30-25, 30-25, 30-24)

Peso meio-pesado (até 93kg.): Ryan Spann derrotou Sam Alvey na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments