Fabrício Werdum é derrotado por Alexey Oleynik no UFC 249

Após dois anos afastado do MMA, brasileiro é batido por russo e amarga a segunda derrota consecutiva na organização

A. Oleynik derrota F. Werdum no UFC 249. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

O retorno de Fabrício Werdum ao octógono, após dois anos afastado do MMA, acabou não sendo o compromisso dos sonhos para o brasileiro. O ex-campeão dos pesados (até 120,2kg.) acabou sendo derrotado por Alexey Oleynik na penúltima luta do card preliminar do UFC 249, que aconteceu neste sábado (9), em Jacksonville (EUA). O revés marcou a segunda derrota consecutiva do gaúcho em seu cartel.

Veja Também

VÍDEO: Assista a luta entre Fabrício Werdum x Alexey Oleynik no UFC 249
Justin Gaethje vence Tony Ferguson e conquista cinturão interino dos leves no UFC 249
Henry Cejudo bate Dominick Cruz, defende cinturão no UFC 249 e anuncia aposentadoria
Ronaldo Jacaré testa positivo para COVID-19 e está fora do UFC 249

Fabrício subiu ao octógono com a ânsia de vencer para retornar ao ranking oficial da categoria. O atleta, no entanto, acabou sentindo com a falta de ritmo e levando desvantagem na luta em pé. Após um primeiro round abaixo do esperado, o brasileiro acabou melhorando no decorrer do confronto, mas acabou sendo declarado derrotado na decisão dividida dos juízes.

Com o triunfo sobre o gaúcho, Oleynik chegou à impressionante marca de 59 vitórias como profissional do MMA. Ao todo, o lutador tem 72 lutas em seu cartel.

A luta

O combate começou com os atletas se estudando no centro do octógono. O russo tomou a iniciativa com um cruzado de direita, que foi rapidamente respondido pelo brasileiro. Alexey seguia mais agressivo e conectava bons golpes que explodiam no rosto do gaúcho. Fabrício tentava se defender como podia, mas parecia sentir os ataques do oponente. Passados dois minutos de luta, o brasileiro seguia em desvantagem, enquanto Oleynik permanecia castigando o ex-campeão. No minuto final, Werdum arriscou um chute ago, mas o golpe parou na guarda do oponente. O gaúcho tentou aplicar uma queda, mas Alexey seguia atento nas investidas.

Logo no início do segundo round, Oleynik surpreendeu o brasileiro com um soco giratório. Fabrício, então, passou a tentar uma guilhotina de pé e o russo tentava se defender. Alexey conseguiu se afastar do gaúcho e continuou desferindo golpes enquanto Werdum caminhava para trás. Na metade do assalto, Fabrício conectou um ótimo chute alto que explodiu na cabeça do adversário. Em seguida, o brasileiro conseguiu levar o combate para o chão. A situação, agora, era dominada pelo gaúcho, que buscava a finalização. O gaúcho não conseguiu a finalizar e o confronto voltou a ser disputado de pé. Novamente em vantagem, Oleynik permanecia oferecendo perigo com seus ataques e Werdum se defendia como podia.

No último assalto, Fabrício usou a estratégia de atuar em sua zona de conforto. Nos segundos iniciais, o brasileiro buscou as pernas do russo e conseguiu uma queda. O gaúcho logo chegou às costas e tentava encontrar uma finalização. Novamente, Oleynik conseguiu fugir da posição e acabou ficando em vantagem, por cima. Passados quase três minutos, o ex-campeão seguia tentando uma finalização, mas Alexey mostrava muita raça para resistir. O combate voltou a ser disputado de pé e, novamente, o russo seguia com maior volume de golpes. Nos segundos finais, o gaúcho voltou a conseguir uma queda e ameaçou uma guilhotina, mas não havia mais tempo.

Vicente Luque derrota Niko Price em luta sangrenta

V. Luque (esq.) derrotou N. Price (dir.) no UFC 249. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

O meio-médio (até 77kg.) Vicente Luque retomou o caminho das vitórias dentro do Ultimate. O atleta voltou a triunfar após vencer uma verdadeira batalha contra Niko Price na terceira luta do card preliminar. Após um confronto equilibrado, o brasileiro conseguiu um nocaute técnico na metade do último round.

Luque entrou para o confronto contra Price com a necessidade de apagar sua última apresentação, quando foi batido por Stephen Thompson no UFC 244, em novembro do ano passado. Com o resultado positivo, o atleta, agora, retoma a trajetória rumo ao topo da categoria.

Bryce Mitchell derrota Charles Rosa e segue invicto no MMA

B. Mitchell derrotou C. Rosa no UFC 249. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

O norte-americano Bryce Mitchell mostrou mais uma vez que é um nome a ser observado pelo Ultimate. Em sua quarta luta pelo UFC, o atleta venceu mais uma ao bater Charles Rosa com facilidade em uma aula de luta agarrada.

Após o triunfo, Mitchell, agora, se aproxima de um acesso ao ranking oficial da categoria liderada por Alexander Volkanovski. Esta foi a 13ª vitória na carreira do norte-americano.

Anthony Pettis derrota Donald Cerrone em verdadeira guerra

A. Pettis (esq.) e D. Cerrone travaram uma das melhores lutas do UFC 249. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

Longe das melhores fases das suas carreiras, Anthony Pettis e Donald Cerrone promoveram um verdadeiro espetáculo na última luta do card preliminar. Após três rounds de intensa movimentação e golpes, o ‘Showtime’ acabou sendo declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

Pettis precisava vencer para afastar duas derrotas consecutivas em seu histórico recente pelo Ultimate. Embora tenha encontrado um adversário agressivo à sua frente, o ex-campeão dos leves (até 70,3kg.) acabou sendo superior e confirmou a quarta derrota consecutiva do ‘Cowboy’ no UFC.

Contra Anthony, Donald mostrou que ainda é capaz de atuar em alto nível. O atleta mostrou a agressividade de sempre, mas acabou sendo inferior ao oponente.

Resultados do UFC 249

CARD PRINCIPAL

Peso leve (até 70,3kg.): Justin Gaethje derrotou Tony Ferguson por nocaute 3m39s do R5 – Luta pelo cinturão interino

Peso galo (até 61,2kg.): Henry Cejudo derrotou Dominick Cruz por nocaute a 4m50 do R2 – Luta pelo cinturão

Peso pesado (até 120,2kg.): Francis Ngannou derrotou Jairzinho Rozenstruik por nocaute a 20s do R1

Peso pena (até 65,7kg.): Calvin Kattar derrotou Jeremy Stephens por nocaute a 2m42 do R2

Peso pesado (até 120,2kg.): Greg Hardy derrotou Yorgan De Castro na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30- 27)

CARD PRELIMINAR 

Peso leve (até 70,3kg.): Anthony Pettis derrotou Donald Cerrone na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso pesado (até 120,2kg.): Alexey Oleynik derrotou Fabricio Werdum na decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso palha (até 52,1kg.): Carla Esparza derrotou Michelle Waterson na decisão dividida dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso meio-médio (até 77kg.): Vicente Luque derrotou Niko Price por nocaute técnico (interrupção médica) a 3m37s do R3

Peso pena (até 65,7kg.): Bryce Mitchell derrotou Charles Rosa na decisão unânime dos juízes (30-25, 30-25, 30-24)

Peso meio-pesado (até 93kg.): Ryan Spann derrotou Sam Alvey na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments