Kamaru Usman domina Jorge Masvidal e mantém cinturão dos meio-médios no UFC 251

Nigeriano aposta na luta agarrada e não dá chances para trocação afiada de norte-americano na luta principal da noite

K. Usman (esq.) derrotou J. Masvidal (dir.) no UFC 251. Foto: Reprodução/Instagram

Deu a lógica. Na luta principal do UFC 251, realizada neste sábado (11), em Abu Dhabi, Kamaru Usman fez valer o favoritismo e manteve o título dos meio-médios (até 77kg.) no confronto contra Jorge Masvidal. Após dominar o rival por cinco rounds, o ‘Pesadelo Nigeriano’ foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

Veja Também

VÍDEO: Assista a vitória de Kamaru Usman sobre Jorge Masvidal
Petr Yan vence José Aldo por nocaute e conquista cinturão dos galos no UFC 251
VÍDEO: Assista o nocaute de Petr Yan sobre José Aldo no UFC 251
Alexander Volkanovski derrota Max Holloway e mantém cinturão dos penas no UFC 251

Após topar o desafio de substituir Gilbert Durinho de última hora na luta principal do UFC 251, Masvidal mostrou coragem, mas sentiu a falta de ritmo e acabou sucumbindo ao talento do campeão. O norte-americano começou o confronto partindo para cima do nigeriano, mas acabou sendo vítima da estratégia de Kamaru, que apostou na luta agarrada.

Esta foi a segunda defesa de cinturão de Usman, que é o dono do título desde março do ano passado. A expectativa, agora, é que o nigeriano enfrente Durinho, que foi forçado a deixar o card após testar positivo para COVID-19, em seu próximo compromisso.

O revés de Masvidal interrompeu uma sequência de três vitórias consecutivas. Em grande fase, o norte-americano, hoje, é o terceiro no ranking da categoria.

Com mais um resultado positivo, Usman segue invicto desde sua estreia no Ultimate. Esta foi a 12ª apresentação do nigeriano na organização.

A luta

O confronto começou agitado com Masvidal desferindo uma sequência de chutes baixos. Imediatamente, o campeão agarrou as pernas de Jorge e levou o duelo para o chão. Usman começou a desferir golpes de baixo para cima, enquanto Jorge tentava se levantar. O norte-americano ficou de pé e tentava encaixar um golpe que levasse o adversário a nocaute. O nigeriano voltou a apostar na luta agarrada e passou a pressionar o rival nas grades. Masvidal conseguiu se fastar e encaixou um direto no rosto do oponente. No minuto final, os meio-médios aceitaram a trocação franca, mas não havia mais tempo.

No segundo round, Jorge também tomou a iniciativa com dois chutes baixos. Usman voltou a tentar a queda, mas o norte-americano se defendeu bem. O nigeriano seguiu pressionando e Masvidal seguia resistindo. Enquanto o ‘Jesus das Ruas’ tentava se desvencilhar, Usman permanecia apostando na luta agarrada. Ao conseguir se separar, Jorge desferiu um cruzado, mas voltou a ser agarrado pelo campeão. A luta seguia disputada nas grades e sem muitas ações. Usman desferia ombradas no oponente, que sorria ao ser atacado. Nos segundos finais, os combatentes trocaram socos e chutes e buscavam o nocaute. O cronômetro zerou e os meio-médios se provocaram.

A terceira etapa começou mais estudada. Kamaru fintou um cruzado, mas novamente tentou levar o oponente para o chão. Pressionado contra as grades, Jorge tentava se manter de pé até e conseguiu se afastar. Os lutadores trocaram socos, mas, novamente, Usman foi para o clinch. O combate foi interrompido após Masvidal acusar um golpe na região genital. A peleja voltou com os atletas no centro do octógono, mas, o campeão conseguiu derrubar o rival. Por cima, o campeão tentava as transições e buscava a melhor posição para golpear o oponente. Nos segundos finais, Usman conseguiu uma sequência de cotoveladas, mas o assalto acabou.

Em desvantagem na luta, Masvidal precisava de um nocaute ou finalização para não correr o risco de perder por pontos. Usman, no entanto, seguia concentrado e conseguiu, novamente, se agarrar ao adversário. Jorge seguia se defendendo como podia e não apresentava riscos ao campeão. Na metade do round, o norte-americano conseguiu explodir e se afastar do nigeriano. Depois de ser afastado, o campeão voltou a grudar no desafiante e pressioná-lo na grade até o fim da etapa.

No último round, Masvidal já apresentava uma expressão de cansaço. Os golpes do desafiante já não apresentavam os mesmos perigos como nas etapas anteriores. Kamaru voltou a insistir na luta agarrada e conseguiu levar o adversário para o chão. Jorge se defendia como podia, mas a situação não era boa para o norte-americano. Usman desferia ataques de cima para baixo e pontuava sobre o rival. No minuto final, o norte-americano mostrou raça e conseguiu se levantar, mas o campeão permanecia colado ao desafiante. O ‘Jesus das Ruas’, enfim, conseguiu se afastar e desferia socos, tentando nocautear o oponente, mas o assalto chegou ao fim.

Resultados do UFC 251

CARD PRINCIPAL

Peso meio-médio: Kamaru Usman derrotou Jorge Masvidal na decisão unânime dos juízes (50-45, 50-45, 49-46) – Luta por cinturão

Peso pena: Alexander Volkanovski derrotou Max Holloway na decisão dividida dos juízes (48-47, 48-47, 48-47) – Luta por cinturão

Peso galo: Petr Yan derrotou José Aldo por nocaute a 3m24s do R5- Luta por cinturão

Peso palha: Rose Namajunas derrotou Jéssica Bate-Estaca na decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca: Amanda Ribas finalizou Paige VanZant com uma chave de braço 2m21s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso meio-pesado: Jiri Prochazka derrotou Volkan Oezdemir por nocaute a 49s do R2

Peso meio-médio: Muslim Salikhov derrotou Elizeu Capoeira na decisão dividida dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

Peso pena: Makwan Amirkhani finalizou Danny Henry com um triângulo de mão a 3m15s do R1

Peso leve: Léo Santos derrotou Roman Bogatov na decisão unânime dos juízes (29-26, 29-26, 29-26)

Peso pesado: Marcin Tybura derrotou Maxim Grishin na decisão unânime dos juízes (30-2, 30-27, 30-26)

Peso mosca: Raulian Paiva derrotou Zhalgas Zhumagulov na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso galo: Karol Rosa derrotou Vanessa Melo na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-26, 30-27)

Peso galo: Davey Grant derrotou Martin Day por nocaute a 2m38s do R3

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments