Corey Anderson rompe com UFC e assina contrato com o Bellator

Atual número quarto nos meio-pesados do Ultimate, norte-americano deixa organização e acerta com concorrente após mais de seis anos de casa

C. Anderson rompeu com UFC e assinou com Bellator. Foto: Reprodução/Instagram

Bomba. Atual número quatro no ranking dos meio-pesados (até 93kg.) do UFC, Corey Anderson não faz mais parte do grupo de atletas da organização. O lutador rompeu com o Ultimate e assinou contrato com o Bellator para a sequência de sua carreira. A informação foi divulgada pelo repórter da ‘ESPN’, Ariel Helwani.

Veja Também

Cigano sugere revanche com Ngannou e fala do desejo em enfrentar Jon Jones
Retorno de Mike Tyson aos ringues é adiado para 28 de novembro
Vídeo: Filho de Masvidal ‘defende’ pai e parte para cima de rival em encarada
Vídeo: Derrick Lewis recebe refeição de rival por engano e cospe em comida antes de devolução

Mesmo derrotado em sua última apresentação, quando foi duramente batido por Jan Blachowicz, em fevereiro deste ano, Anderson ocupava lugar de destaque na categoria liderada por Jon Jones e era um nome considerado para uma futura disputa de cinturão. Em seu retrospecto recente, o norte-americano somou quatro vitórias nas últimas cinco lutas, uma, inclusive, sobre Johnny Walker, no UFC 244.

No Ultimate desde 2014, o norte-americano realizou 15 lutas, vencendo 10 e perdendo cinco. Pela organização, Corey enfrentou nomes de peso, como Maurício Shogun, Ovince St. Preux e Glover Teixeira.

O atleta também marcou história no UFC ao se sagrar vencedor da 19ª edição do ‘TUF’ (The Ultimate Fighter) norte-americano. Na ocasião, o meio-pesado derrotou Matt Van Buren por nocaute no primeiro round.

Atualmente, Corey está com 30 anos e soma 18 lutas como profissional no MMA, com 13 triunfos e cinco reveses.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments