Dan Hardy, comentarista do UFC, revela que pode voltar a lutar

Ex-lutador anunciou a aposentadoria em 2012, porém o sucesso de alguns veteranos o fazem pensar em seu retorno ao esporte

D. Hardy não luta desde 2012, mas deseja retornar ao esporte. Foto: Reprodução/Instagram @danhardymma

Se o MMA é um esporte apaixonante para os fãs de luta, para os atletas, é ainda mais. Não à toa, vários que anunciam a aposentadoria do esporte não conseguem ficar afastados e retornam logo em seguida. Um caso curioso é o de Dan Hardy.

Em 2012, o inglês, que foi diagnosticado com um problema no coração, teve que parar de lutar, atualmente, atua como comentarista do UFC, porém o desejo de voltar ao octógono segue vivo dentro dele. Ao site norte-americano MMA Junkie, ‘The Outlaw’, de 38 anos, surpreendeu ao revelar que o fato de alguns veteranos ainda se destacarem o motiva a tentar lutar pela última vez.

Veja Também

Lutador do UFC revela ter sofrido abuso sexual na infância
Campeão do UFC, Kamaru Usman elogia Michel Pereira e espera grandes coisas dele: ‘Foi espetacular!’
Michel Pereira analisa a boa vitória no UFC Las Vegas 9 e explica desafio a Jorge Masvidal
Bethe ‘Pitbull’ confirma acordo para luta de despedida no UFC: ‘Será minha última’
Alistair Overeem faz projeção para nova disputa de cinturão: ‘Preciso de mais uma vitória’

“Penso em voltar o tempo todo. Edgar ainda está em atividade! Parece que eu estava na escola, quando ele estreou no MMA, apesar de eu ser mais velho do que ele. Acho que o MMA se trata de Q.I. de luta e experiência. Muitos lutadores estão atingindo o sucesso quando ficam mais velhos. Lamas falou em se aposentar, mas achei que foi muito bem. Ele me impressionou e também tem 38 anos. Quando fazia a pesquisa para o último evento da Ilha da Luta, também descobri atletas mais velhos do que eu ainda em ação (‘Shogun’, ‘Minotouro’ e ‘Massaranduba’)”, disse Hardy.

O ex-lutador, que era um dos favoritos dos fãs, explicou que, ao contrário de muitos atletas que preferem a luta em pé, não acumulou tantos danos e avisou que, se um dia retornar ao esporte, o adversário terá uma dura missão.

“Por mais que eu olhe para esses lutadores e diga “uau, eles ainda estão com um bom desempenho aos 38, 40, 42 anos”, também observo os danos que acumularam em comparação a mim. Estou no esporte há muito tempo. Só fui nocauteado uma vez, não estou levando socos na cabeça diariamente e não bebo há anos. Se eu decidir voltar a lutar, alguém vai pagar e não acho que as pessoas perceberam isso”, finalizou.

Dan Hardy disputou 36 lutas profissionais, tendo vencido 25 e perdido dez (um no-contest). O inglês se tornou conhecido ao integrar o UFC, organização na qual chegou a disputar o cinturão do peso meio-médio (77kg), mas foi derrotado pelo campeão, Georges St-Pierre, e atua como comentarista dela desde 2014.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments