Mesmo com derrota, Thomas Almeida comemora retorno ao MMA após quase três anos: ‘Voltei a fazer o que amo’

Brasileiro usa redes sociais para agradecer apoio dos fãs e promete corrigir erros do confronto contra Jonathan Martinez no UFC Ilha da Luta 6

T. Almeida comemora retorno ao octógono após quase três anos. Foto: Reprodução/Instagram

A derrota sofrida no UFC Ilha da Luta 6, realizado no último sábado (17), em Abu Dhabi, não abalou Thomas Almeida. Mesmo batido por Jonathan Martinez, a promessa brasileira na divisão dos galos (até 61,2kg.) tem motivos de sobra para comemorar, já que superou lesões e retornou ao MMA após mais de dois anos afastado. Em suas redes sociais, o paulista agradeceu o apoio e prometeu melhoras para o próximo desafio.

Veja Também

Daniel Cormier critica a polêmica ‘sarrada’ de Israel Adesanya em Paulo Borrachinha: ‘Me deixou mal’
Campeão do UFC, Khabib Nurmagomedov almeja feito histórico: ‘Quero ser o Mayweather do MMA’
Justin Gaethje questiona durabilidade de Khabib Nurmagomedov: ‘Não gosta de ser atingido’
Vídeo: Lenda do futebol, Cristiano Ronaldo revela torcida por Khabib no UFC 254

“O resultado não veio como eu queria, mas, após quase três anos sem competir, voltei a fazer o que amo. Assumo todos os erros e vou melhorar. Já quero voltar para as competições o mais rápido possível. Obrigado a todos pelas mensagens”, publicou Thominhas, em sua conta no ‘Instagram’.

Além da falta de ritmo, Almeida teve outros fatores que influenciaram no resultado do confronto do último final de semana. O atleta teve o adversário alterado de última hora e o brasileiro ainda topou se apresentar na divisão dos penas (até 65,7kg.), contra um oponente que vinha de duas apresentações em 2020.

Na luta, Thominhas, em alguns momentos, deu reflexos do atleta que encheu os olhos dos fãs tupiniquins há alguns anos. No entanto, o oponente foi superior nos três rounds e acabou levando o resultado na decisão unânime dos juízes.

O revés marcou a terceira derrota consecutiva de Thominhas, que não lutava desde janeiro de 2018, quando foi derrotado por Rob Font. Agora, o atleta se prepara para voltar para sua divisão de origem e planeja retomar o caminho das vitórias, rumo ao topo do grupo.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments