Conor McGregor quita aluguéis atrasados e salva academia da falência na Irlanda | SUPER LUTAS

Conor McGregor quita aluguéis atrasados e salva academia da falência na Irlanda

Estrela do MMA, ‘Notório’ se solidariza com situação de empresa dirigida por companheiro de equipe na SBG

C. McGregor atualmente se prepara para voltar ao octógono após quase um ano de inatividade. Foto: Reprodução/Instagram

Alguns podem não acreditar, mas Conor McGregor não é apenas o atleta ‘marrento’ que se apresenta em coletivas e no octógono no UFC. Um dos maiores fenômenos da história do MMA e dono de uma fortuna na casa das centenas de milhões, o ‘Notório’ mostrou seu lado humano e salvou uma academia irlandesa da falência.

Veja Também

De acordo com uma publicação divulgada nas redes sociais da SBG Portarlington (filial da SBG Ireland), na Irlanda, a academia, que passava momentos de dificuldades com aluguéis atrasados, em função da pandemia da Covid-19, não interromperá suas atividades. Segundo Philip Mulpeter, responsável por administrar o local, McGregor acabou arcando com a dívida e foi determinante para seguimento das aulas.

“De baixo para cima. Nós não vamos fechar. Nosso parceiro de treinos e amigo, Conor McGregor, decidiu nos ajudar e manter a academia funcionando. Nós seremos eternamente gratos”, publicaram.

Esta não é a primeira vez que Conor se mostra solidário com organizações localizadas em seu país. No ano passado, o lutador participou de um evento de boxe amador em uma academia local, na qual a renda seria destinada a jovens lutadores da modalidade.

Em 2020, o lutador chegou a sugerir uma luta de exibição contra Dustin Poirier fora do UFC. A renda seria destinada a instituições de caridade. O embate não chegou a ser oficializado, mas, para realizar o desejo dos atletas, Dana White e sua equipe decidiram confirmar a luta com as luvas do Ultimate, que acontecerá em 23 de janeiro, possivelmente em Abu Dhabi.

Hoje, Conor se prepara para retornar ao octógono após quase um ano. O atleta se apresentou pela última vez em janeiro deste ano, quando atropelou Donald Cerrone na luta principal do UFC 246. O confronto contra o ‘Diamante’ poderá definir o próximo desafiante ao cinturão do peso leve (até 70,3kg.) da organização.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments