Em combate emocionante, Carlos Boi vira sobre Justin Tafa e vence na decisão dividida no UFC Ilha da Luta 7 | SUPER LUTAS

Em combate emocionante, Carlos Boi vira sobre Justin Tafa e vence na decisão dividida no UFC Ilha da Luta 7

Pesos pesados agitam público em Abu Dhabi em disputa equilibrada no card preliminar do espetáculo; brasileiro conquistou segundo triunfo no Ultimate

C. Boi (esq.) derrotou J. Tafa (dir.) na decisão dividida dos juízes, no UFC Ilha da Luta 7. Foto: Reprodução/Instagram

Um dos representantes brasileiros no UFC Ilha da Luta 7, realizado neste sábado (16), em Abu Dhabi, Carlos Boi prometeu uma guerra e cumpriu. No confronto contra Justin Tafa, promovido nos pesos pesados (até 120,2kg.), o brasileiro não teve vida fácil e conseguiu uma vitória na decisão dividida após uma grande virada. Momentos antes, Vanessa Melo havia vencido o compromisso contra Sarah Moras.

Veja Também

Com estilo provocador, Boi voltou a provar que chegou ao UFC para ficar. Com o novo triunfo, o brasileiro conquistou o segundo resultado positivo em sequência e se aproxima ainda mais do top 15 da divisão liderada por Stipe Miocic.

Tafa, que começou melhor o confronto, assim como o baiano, mostrou muita garra durante todo o confronto. Aceitando a luta franca contra um especialista no boxe, o australiano foi peça importante para o confronto que é sério candidato ao bônus de ‘Luta da Noite’.

A luta

O duelo começou com Boi tomando a iniciativa com um chute baixo. Tafa respondeu na mesma moeda. O australiano passou a apostar nos chutes na linha de cintura de Carlos. Em um dos momentos, o brasileiro conseguiu segurar uma das pernas do rival e descontou com o mesmo golpe. Na metade do round, Boi passou a provocar a adversário, indicando que não sentia as investidas do oponente. Justin continuava atacando o baiano com chutes nas pernas e na linha de cintura. Nos momentos finais, um chute baixo desequilibrou o brasileiro, mas Boi continuava caminhando para cima e tentava surpreender o adversário com overhands. O assalto acabou com os atletas trocando golpes no centro do octógono.

Na segunda etapa, Tafa iniciou as ações com um jab no rosto do brasileiro, mas Boi respondeu com uma sequência de socos que obrigaram o rival a caminhar para trás. O baiano conectou um overhand potente no rosto do adversário, mas o australiano mostrava muita capacidade para absorver os golpes. Após receber um gancho limpo na linha de cintura, Carlos voltou a provocar o adversário, alegando que não sentiu o ataque. Boi tentava surpreender o adversário e, mesmo sofrendo com os jabs e diretos precisos do australiano, continuava ‘perseguindo’ Justin pelo octógono. Próximo ao minuto final, Tafa acertou Carlos com um cruzado, mas Boi conseguiu abalar o adversário com uma sequência de socos. Em vantagem, o baiano passou a pressionar o oponente nas grades e tentava tirar vantagem da situação. Perto do fim do duelo, os atletas partiram para a trocação franca, mas não havia mais tempo.

Carlos voltou par ao último round aplicando um cruzado logo nos segundos iniciais. O brasileiro chamava o rival para a ‘briga’ e abria brechas para contra-ataques. Os atletas seguiam agressivos com uma troca de golpes empolgante. Justin golpeava com ganchos e cruzados e Boi respondia na mesma moeda. Na metade do assalto, Tafa usou da estratégia para tentar pontuar sobre o brasileiro e correr menos risco. O australiano buscou a luta agarrada e passou a pressionar o baiano nas grades. Carlos conseguiu explodir e saiu da posição de desvantagem. Perto do minuto final, Tafa conseguiu derrubar Boi, mas o brasileiro se levantou com facilidade. Com os protagonistas visivelmente mais cansados, o confronto acabou perdendo ação nos segundos finais. Os combatentes, no entanto, deram o último gás e voltaram a trocar socos no centro do octógono, enquanto o público presente na arena vibrava. O confronto foi encerrado com os lutadores aplaudidos.

Vanessa Melo bate Sarah Moras e vence primeira no UFC

V. Melo (dir.) derrotou S. Moras (esq.) no UFC Ilha da Luta 7. Foto: Reprodução/Instagram

Na corda bamba após três derrotas consecutivas no Ultimate, Vanessa Melo fez o dever de casa e conquistou o primeiro resultado positivo na organização. Primeira brasileira a subir no octógono no ano, a peso galo (até 61,2kg.) dominou Sarah Moras e, ao fim de 15 minutos, foi declarada vencedora na decisão unânime dos juízes.

Melo subiu ao octógono pressionada pela temida ‘barca de demissões’ revelada por Dana White no fim da última temporada. Precisando vencer, a atleta, então, teve uma performance segura sobre a canadense.

Enquanto Vanessa comemora, Sarah pode integrar a lista de dispensa. Com o revés para a brasileira, Moras chegou à quinta derrota nas últimas cinco apresentações.

Ramazan Emeev bate David Zawada e complica rival

R. Emeev (esq.) derrotou D. Zawada (dir.) no UFC Ilha da Luta 7. Foto: Reprodução/Instagram

Em uma das lutas mais agitadas do evento, Ramazan Emeev bateu David Zawada e complicou o rival na organização. Em confronto válido pelo peso meio-médio (até 77kg.), o russo confirmou a boa fase e levou o duelo na decisão dividida dos juízes, ao fim de três rounds.

O triunfo marcou a quinta vitória de Emeev em seis apresentações pelo UFC. Agora, o atleta soma 20 triunfos e quatro reveses como profissional no MMA.

O novo resultado positivo pode selar a participação de David na companhia. O atleta chegou a três reveses em quatro compromissos.

Austin Lingo supera Jacob Kilburn e vence primeira no UFC

A. Lingo em atuação pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Na luta que abriu a temporada do Ultimate, os pesos penas (até 65,7kg.) Austin Lingo e Jacob Kilburn não decepcionaram os espectadores. No confronto, apesar de uma atuação segura e dominante, Lingo não teve um simples passeio. Em três rounds, Kilburn vendeu caro a derrota, mas seguiu sem vencer na organização.

O triunfo marcou o primeiro resultado positivo de Austin com as luvas da companhia. O atleta havia estreado em fevereiro de 2020, mas acabou perdendo para Youssef Zalal.

Com o segundo revés em duas apresentações, Jacob acaba tendo o sinal de alerta ligado. Caso seja mantido na empresa, o atleta entrará pressionado pela obrigação de vencer.

Resultados do UFC Ilha da Luta 7

CARD PRINCIPAL

Peso pena: Max Holloway derrotou Calvin Kattar na decisão unânime dos juízes (50-43, 50-42, 50-43)

Peso meio-médio: Carlos Condit derrotou Matt Brown na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso meio-médio: Li Jingliang derrotou Santiago Ponzinibbio por nocaute a 4m25s do R1

Peso médio: Alessio Di Chirico derrotou Joaquin Buckley por nocaute a 2m12s do R1

Peso médio: Punahele Soriano derrotou Dusko Todorovic por nocaute técnico a 4m48s do R1

CARD PRELIMINAR 

Peso galo: Joselyne Edwards derrotou Wu Yanan na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28)

Peso pesado: Carlos Boi derrotou Justin Tafa derrotou na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso meio-médio: Ramazan Emeev derrotou David Zawada na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso galo: Vanessa Melo derrotou Sarah Moras na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

Peso pena: Austin Lingo derrotou Jacob Kilburn na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-26, 30-27)

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments