Rani Yahya finaliza Ray Rodriguez e volta a vencer no Ultimate após quase três anos | SUPER LUTAS

Rani Yahya finaliza Ray Rodriguez e volta a vencer no Ultimate após quase três anos

No card preliminar, brasileiro faz valer o jiu-jitsu de excelência bate rival no segundo round; Glorinha de Paula perde na estreia

R. Yahya comemora vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagra

Uma verdadeira aula. Segundo brasileiro a subir no octógono no UFC Las Vegas 21, realizado neste sábado (13), nos Estados Unidos, Rani Yahya deu show no confronto contra Ray Rodriguez. Atuando na zona de conforto, o atleta usou o jiu-jitsu de excelência e finalizou o oponente com um katagatame no segundo round.

Veja Também

O resultado deste final de semana tem um sabor diferente para Yahya, de 36 anos. O veterano do peso galo (até 61,2kg.) não vencia um confronto desde agosto de 2018 e vinha de uma derrota (2019) seguida de um empate (2020).

Obrigando o adversário a bater em desistência, o katagatame encaixado por Rani marcou a 21ª finalização na carreira do brasileiro, no MMA. Além disso, o brasiliense chegou à 27ª vitória na carreira do combatente, que, agora, tem 39 apresentações no esporte.

Batido por Yahya, Rodriguez acabou sofrendo a segunda derrota consecutiva com as luvas do Ultimate. Agora, o norte-americano tem três reveses nas últimas cinco lutas.

A luta

Logo nos segundos iniciais, Rodriguez tomou a iniciativa com um chute alto, que parou na guarda do brasileiro. Colocando a estratégia em prática, Yahya partiu para a luta agarrada e conseguiu derrubar o adversário. Especialista no jiu-jitsu, Rani administrava o confronto e buscava as transições sobre o rival. Mesmo sem muita ação, o brasileiro dominava o oponente por cima e impedia a reação de Ray. Nos segundos finais, Yahya ameaçou um katagatame, mas o adversário se defendeu bem.

Na segunda etapa, Rodriguez voltou mais agressivo. Com uma sequência de socos, o norte-americano tentava furar a defesa do brasileiro. Como na etapa anterior, Rani voltou a buscar as pernas do oponente e levou o confronto para o chão. Seguindo o roteiro escrito pela equipe, Yahya dominava e buscava uma finalização. Passados três minutos, Rani, enfim, encaixou o katagatame e obrigou o oponente a bater em desistência.

Angela Hill ‘passeia’ e vence Ashley Yoder por pontos

A. Hill dominou e venceu A. Yoder por pontos no UFC Las Vegas 21. Foto: Reprodução/Instagram

No embate que fechou o card preliminar, um verdadeiro passeio. Em reedição de um confronto realizado em 2017, novamente deu Angela Hill. Rival de Ashley Yoder, a norte-americana não deu chances à adversária e dominou o duelo por quase 15 minutos. Ao fim de três rounds, a atleta foi declarada vencedora na decisão unânime dos juízes.

Atual número 12 no ranking das palhas (até 52,1kg.), Hill expôs a disparidade técnica diante da rival, que tentava chegar à elite da divisão. Segura na luta, o triunfo encerrou uma sequência de duas derrotas (na decisão dividida) de no cartel de Angela.

Superada no UFC Las Vegas 21, Yoder não conseguiu emplacar seu segundo triunfo consecutivo. Agora, a combatente tem três reveses nas últimas cinco apresentações.

Com nocaute, Jourdain estraga estreia de argentino

C. Jourdain (dir.) derrotou M. Rojo (esq.) no UFC Las Vegas 21. Foto: Reprodução/Instagram

De virada. Na penúltima luta do card preliminar, Charles Jourdain levou susto, mas protagonizou uma grande reviravolta no confronto contra o estreante Marcelo Rojo. Após um primeiro round ruim, o norte-americano se encontrou no duelo e venceu com um nocaute brutal no terceiro round.

Após um retrospecto recente instável no Ultimate, Jourdain voltou a vencer após dois duelos. O atleta, agora, tem dois resultados positivos nas últimas cinco lutas.

Estreante na organização, Rojo acabou não conseguindo impor seu ritmo durante todo o confronto. Agressivo no primeiro round, o argentino acabou sucumbindo e buscará o primeiro resultado positivo na empresa em seu próximo desafio.

Haqparast vence luta emocionante contra estreante

N. Haqparast (esq.) derrotou R. Garcia (dir.) no UFC Las Vegas 21. Foto: Reprodução/Instagram

Com adversário escolhido de última hora, Nasrat Haqparast não teve vida fácil. Diante de Rafa Garcia, que entrou no espetáculo com dois dias para o show, o peso leve (até 70,3kg.) precisou abrir a caixa de ferramentas para superar o adversário. Ao fim de três rounds, o combatente teve o braço erguido, vencendo por pontos na decisão unânime dos juízes.

Considerado uma promessa da categoria liderada por Khabib Nurmagomedov, Haqparast chegou ao segundo resultado positivo em sequência. Com isso, o lutador se afasta da derrota sofrida para Drew Dober, em janeiro de 2020.

Rival de Nasrat, Rafa chegou invicto à organização. O mexicano chegou ao primeiro revés na carreira e teve encerrada uma sequência de 11 triunfos.

Casey perde para JJ Aldrich e se complica no UFC

J. Aldrich (dir.) venceu C. Casey (esq.) na decisão dividida dos juízes no UFC Las Vegas 21. Foto: Reprodução/Instagram

Em uma luta equilibrada, Cortney Casey não teve o resultado esperado. No card preliminar, a atleta precisava vencer JJ Aldrich para não se complicar na organização, mas acabou superada. Após três rounds movimentados, a norte-americana perdeu na decisão dividida dos juízes.

O compromisso no UFC Las Vegas 21 era importante para Casey. O resultado negativo marcou o quinto revés da atleta nas últimas sete apresentações.

Enquanto Cortney lamenta, Aldrich respira na organização. Com o triunfo, a lutadora volta a vencer depois da derrota para Sabina Mazo, em janeiro de 2020.

Estreante da noite, Glorinha perde para Jinh Yu Frey

G. De Paula (esq.) foi derrotada por J. Frey (dir.) no UFC Las Vegas 21. Foto: Reprodução/Instagram

Em sua primeira luta oficial no Ultimate, Glorinha de Paula não teve sucesso em sua estreia. Adversária de Jinh Yu Frey, em duelo disputado no peso palha (até 52,1kg.), a paulista não conseguiu colocar a estratégia em prática e foi vítima das quedas da norte-americana. Após 15 minutos de apresentação, a brasileira acabou derrotada na decisão unânime dos juízes.

Revelada pelo ‘Dana White’s Contender Series’, Glorinha realizou seu 8º compromisso como profissional no MMA. Com o resultado negativo, a paulista acabou tendo uma sequência de duas vitórias encerrada.

Responsável por dar as ‘boas-vindas’ à De Paula, Frey tem motivos para comemorar. A norte-americana subiu pressionada no octógono e precisava triunfar para não se complicar na companhia. Ex-campeã do peso átomo do Invicta FC, a atleta ainda não havia vencido com as luvas do UFC, em duas pelejas.

Nocaute relâmpago na primeira luta

M. Semelsberger derrotou J. Witt com um nocaute relâmpago no UFC Las Vegas 21. Foto: Reprodução/Instagram

No confronto que abriu o espetáculo, Matthew Semelsberger deu um verdadeiro show. Em embate contra Jason Witt, válido pelos meio-médios, o norte-americano precisou de apenas 16 segundos para liquidar a fatura com um nocaute brutal.

Com uma bomba de direita, que apagou Witt, Matthew confirmou os 100% de aproveitamento com as luvas do Ultimate. O lutador, que estreou na empresa em agosto de 2020, agora, tem dois resultados positivos em sequência.

Em seu terceiro compromisso na companhia, Jason não conseguiu emplacar a segunda vitória seguida. Depois de perder no seu debute e se recuperar na sequência, hoje, o norte-americano tem dois reveses em três desafios.

Resultados do UFC Las Vegas 21

CARD PRINCIPAL

Peso meio-médio:  Leon Edwards e Belal Muhammad terminou rem resultado (No Contest) por um dedo no olho aplicado por Edwards

Peso meio-pesado:  Ryan Spann derrotou Misha Cirkunov por nocaute técnico a 1m11s do R1

Peso pena: Dan Ige derrotou Gavin Tucker por nocaute a 22seg. do R1

Peso galo: Davey Grant derrotou Jonathan Martinez por nocaute técnico a 3m03s do R2

Peso mosca: Matheus Nicolau derrotou Manel Kape na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso médio: Eryk Anders e Darren Stewart foi declarada No Contest (sem resultado) por um golpe ilegal de Anders

CARD PRELIMINAR

Peso palha: Angela Hill derrotou Ashley Yoder na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso pena: Charles Jourdain derrotou Marcelo Rojo por nocaute técnico a 4m31s do R3

Peso galo: Rani Yahya finalizou Ray Rodriguez com um katagatame a 3m09s do R2

Peso leve: Nasrat Haqparast derrotou Rafa Garcia na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso mosca:  JJ Aldrich derrotou Cortney Casey na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso palha: Jinh Yu Frey derrotou Glorinha de Paula na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-médio: Matthew Semelsberger derrotou Jason Witt por nocaute a 16seg do R1

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments