VÍDEO: Do Bronx ignora provocações de Michael Chandler e faz previsão histórica para o UFC 262 | SUPER LUTAS

VÍDEO: Do Bronx ignora provocações de Michael Chandler e faz previsão histórica para o UFC 262

Na disputa pelo título vago dos leves, no UFC 262, brasileiro avalia jogo de estilos contra norte-americano; espetáculo acontece em 15 de maio

Vivendo um momento mágico na carreira, nada parece abalar o bom-humor de Charles do Bronx. Escalado para disputar o cinturão vago dos leves (até 70,3kg.) contra Michael Chandler, o paulista garantiu que não cairá nas provocações feitas pelo norte-americano. Em entrevista exclusiva ao canal no YouTube no SUPER LUTAS, o tupiniquim avaliou como pretende ‘anular’ o rival e sair vencedor na noite histórica para o Brasil.

Veja Também

“Acho que essa luta é mais uma das lutas no estilo a luta contra o Tony Ferguson (UFC 256). Uma luta sem pressa, jogar no timing (tempo certo), sem errar e sem se expor. Acho que ele é um cara muito duro no primeiro round. Então, tenho que jogar na malandragem, batendo, saindo, trabalhando. No segundo, terceiro round, ‘deixar correr”, contou o brasileiro.

Próximo do compromisso mais importante da sua carreira, até o momento, Do Bronx também fez questão de afirmar que não cairá nas provocações feitas por Michael, que recentemente afirmou que nocauteará o paulista. O combatente afirmou que lidar com as afrontas não é inédito em sua trajetória no esporte.

“Não vai entrar na minha cabeça. A gente treina a vida inteira esperando a oportunidade. A oportunidade chegou. Você acha que vou ‘cair na pilha’ desses caras? (…) Tony Ferguson era um ‘bicho papão’, um fenômeno, falou que eu não bateria o peso e vocês viram o que aconteceu. (…) Não adianta de maio. Vou falar uma coisa: ‘dia 15 de maio, vocês verão o maior show das suas vidas’. Vou ganhar? Não posso falar isso, mas vou dar o meu melhor”, finalizou.

No UFC desde 2010, Do Bronx vive seu melhor momento com as luvas da empresa. Após oito vitórias consecutivas e apresentações seguras, o brasileiro carimbou o passaporte para sua primeira disputa de cinturão na organização.

Recém-chegado ao Ultimate, Michael Chandler foi contratado no fim de 2020 como uma das apostas para movimentar o peso leve. O atleta deu show em sua estreia, em janeiro, quando atropelou Dan Hooker no primeiro round.

O confronto entre Charles e o norte-americano foi confirmado depois que o antigo campeão, Khabib Nurmagomedov, oficializou sua aposentadoria definitiva. Agora, os atletas tentarão assumir o posto deixado pela lenda russa.

A queda do ‘Império Pitbull’ no Bellator e a prévia para o UFC 265

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments