José Aldo fala sobre a negociação entre UFC e Jones e o vê como 'favorito' nos pesos pesados | SUPER LUTAS

José Aldo fala sobre a negociação entre UFC e Jones e o vê como ‘favorito’ nos pesos pesados

Brasileiro deu sua opinião sobre o imbróglio entre o lenda e a organização, e declarou que 'Bones' é superior aos lutadores da sua nova divisão

J. Aldo (foto) vem de vitória sobre Marlon Vera. Foto: Reprodução/Instagram

O brasileiro José Aldo foi questionado sobre a polêmica entre Jon Jones e UFC e deu sua opinião sobre o assunto. O manauara diz entender o lado do ex-campeão dos meio-pesados (até 93kg), mas afirmou que os conflitos em negociações são normais em qualquer organização. O veterano também declarou, que o veterano é favorito contra qualquer lutador grupo até 120,2kg. e explicou os motivos.

Veja Também

“Um atleta sempre vai querer receber mais e um chefe sempre vai tentar pagar menos. Esse conflito acontece não só no UFC, mas dentro de qualquer empresa. Sempre será assim. Eu entendo o lado de Jon Jones e também entendo o lado do Ultimate. Ambos querem defender seus lados. Já passei por isso e sei como são as negociações. Faz parte do jogo. Vamos ver o que acontece no final”, declarou Aldo ao site ‘MMA Fighting‘.

Sobre a mudança de categoria de Jones, Aldo afirmou que já o vê como um dos melhores lutadores da nova divisão e explicou os motivos.

“Sempre vi Jones como um grande favorito nos pesos pesados. Ele é rápido e tem grande alcance. Jon pode não tem o mesmo poder de soco de um peso pesado, mas ele tem outras qualidades. O jogo de luta olímpica dele é muito bom e derruba qualquer lutador. Se ele te colocar no chão, acho que é difícil para qualquer peso pesado, lidar com ele por cima”, finalizou o brasileiro.

Lenda do MMA, Jon Jones dominou os meio-pesados por cerca 10 anos. Considerado um dos maiores lutadores da história da categoria, resolveu deixar o cinturão em agosto de 2020 e se testar na divisão de cima.

Após ser confirmado por Dana White como próximo desafiante dos pesados, Jones viu o mandatário mudar o discurso após o UFC 260. O ‘chefão’ insinuou que ‘Bones‘ estaria pedindo uma quantia alta de bolsa por estar com receio de enfrentar o novo campeão, Francis Ngannou. A acusação gerou revolta no veterano, que chegou a pedir, via ‘Twitter‘, para ser dispensado do UFC, mas voltou atrás e apagou a postagem.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments