Mackenzie Dern cumpre promessa e finaliza Nina Nunes no primeiro round do UFC Las Vegas 23 | SUPER LUTAS

Mackenzie Dern cumpre promessa e finaliza Nina Nunes no primeiro round do UFC Las Vegas 23

Destaque brasileiro no peso palha, atleta não toma conhecimento da norte-americana e conquista quinta vitória consecutiva na organização

M. Dern conquistou sua quarta vitória consecutiva no UFC Las Vegas 23. Foto: Reprodução/Instagram

Promessa brasileira no peso palha (até 52,1kg.), Mackenzie Dern provou mais uma vez sua evolução no MMA. No confronto contra Nina Nunes, realizado neste sábado (10), no UFC Las Vegas 23, a lenda do jiu-jitsu não tomou conhecimento da adversária e usou sua maior arma para vencer. Com uma chave de braço, a norte-americana não resistiu e acabou batendo em desistência ainda no primeiro round.

Veja Também

Com o resultado, Dern dará um salto importante na categoria liderada por Weili Zhang. Antes, na 11ª posição, a atleta deve tomar o posto de Nunes, que figurava em quinto. Assim, a brasileira se coloca em posição de destaque para uma futura disputa de cinturão.

De volta ao octógono após dar à luz à pequena Raegan, Nina pode ter sentido a falta de ritmo. Sem lutar desde 2019, a norte-americana não foi capaz de frear o ímpeto da adversária e sofreu a sétima derrota na carreira.

Na entrevista após o triunfo, Mackenzie, que somou seu quarto triunfo consecutivo, evitou pedir uma adversária. Com cautela sobre uma disputa de título, a brasileira pediu uma adversária do top 10 ou top 5 da categoria.

A luta

O confronto começou com Mackenzie encurtando a distância com uma sequência de socos. A brasileira partiu para a luta agarrada na sequência e passou a pressionar Nina contra as grades. A norte-americana conseguiu se desvencilhar, mas Dern voltou a se agarrar e derrubou a oponente. Por cima, Mackenzie passou a buscar as transições e Nunes se defendia como podia. Em vantagem, Dern continuava amaçando e conseguiu a montada. A brasileira passou a trabalhar o ground-and-pound e se aproveitou de um descuido para buscar o braço da norte-americana. Nina fazia força, mas Dern conseguiu encaixar a finalização, obrigando Nunes a bater em desistência.

Em luta de invictos no UFC, Allen supera Yusuff

A. Allen (dir.) derrotou S. Yousuff (esq.) no UFC Las Vegas 23. Foto: Reprodução/Instagram

Na luta co-principal do espetáculo, um confronto tirou a invencibilidade de um peso pena (até 65,7kg.) no UFC. Em confronto direto para seguir para o topo da categoria liderada por Alexander Volkanovski, melhor para Arnold Allen. Em um confronto marcado pela técnica, o atleta superou Sodiq Yusuff, vencendo na decisão unânime dos juízes.

O triunfo sobre o norte-americano marcou a oitava vitória consecutiva de Allen no Ultimate. Atual número 10 no ranking, o atleta, agora, seguirá o sonho de uma futura disputa de cinturão.

Em sua quinta luta com as luvas do UFC, Sodiq conheceu a primeira derrota na organização. O lutador, que vinha de quatro resultados positivos em sequência, agora, adia o sonho de chegar ao top 10 da categoria.

Mike Perry é ‘surrado’ e se complica no Ultimate

D. Rodriguez (dir.) teve atuação de gala diante de M. Perry (esq.) no UFC Las Vegas 23. Foto: Reprodução/Instagram

De volta ao octógono após cinco meses, Mike Perry se complicou de vez no Ultimate. No confronto contra Daniel Rodriguez, válido pelos meio-médios (até 77kg.), o norte-americano protagonizou momentos de tensão no espetáculo. Vítima da maior envergadura do rival no embate, o atleta mostrou raça, mas foi duramente castigado por 15 minutos e perdeu na decisão unânime dos juízes.

Com o revés, Mike chegou ao sétimo resultado negativo nas últimas 10 lutas. A situação do combatente, que já não era fácil, se complicou ainda mais. Perry não vence um confronto desde junho de 2020.

Depois de promover uma atuação segura, Rodriguez se recuperou da derrota sofrida para Nicolas Dalby, em novembro da temporada passada. O atleta, agora, tem quatro vitórias em cinco desafios no Ultimate.

Marquez ‘apaga’ Alvey, que pode ser cortado

J. Marquez ‘apagou’ S. Alvey no UFC Las Vegas 23. Foto: Reprodução/Instagram

Na terceira luta do card principal, Julian Marquez mostrou sua superioridade sobre Sam Alvey. Em duelo válido pelo peso médio (até 83,9kg.), Marquez complicou a situação do rival no UFC. ‘Apagando’ o adversário no segundo round, o ‘Homem Sorriso’ não teve chances de se defender.

Com o triunfo, Julian, que voltou ao octógono em fevereiro, após mais de dois anos afastado do esporte, Marquez chegou ao segundo resultado positivo em sequência. Em seu último compromisso, o lutador venceu Maki Pitolo, no UFC 258.

A derrota no UFC Las Vegas 23 complicou de vez a situação de Alvey na organização. O atleta, agora, soma cinco derrotas nas última seis apresentações, sendo uma delas um empate, em outubro de 2020. Com o novo revés, o atleta pode ser incluído na temida lista de dispensas na empresa.

Resultados do UFC Las Vegas 23

CARD PRINCIPAL

Peso médio: Marvin Vettori x Kevin Holland

Peso pena: Arnold Allen derrotou Sodiq Yusuff na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso médio: Julian Marquez derrotou Sam Alvey por finalização a 2m07s do R2

Peso palha: Mackenzie Dern finalizou Nina Nunes com uma chave de braço a 4m48s do R1

Peso meio-médio: Daniel Rodriguez derrotou Mike Perry na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso leve:Joe Solecki derrotou Jim Miller na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso leve: Mateusz Gamrot derrotou Scott Holtzman por nocaute a 1m22s do R2

Peso leve: John Makdessi derrotou Ignacio Bahamondes na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 30-27)

Peso pesado: Jarjis Danho derrotou Yorgan De Castro por nocaute a 3m02s do R1

Peso galo:Jack Shore derrotou Hunter Azure na decisão dividida dos juízes (30-27, 28-29, 30-27)

Peso pena: Luis Saldana derrotou Jordan Griffin na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-pesado: Da-Un Jung derrotou William Knight na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-26)

Peso meio-médio: Impa Kasanganay finalizou Sasha Palatnikov com um mata-leão a 26s. do R2

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments