Masvidal admite ter subestimado 'poder de nocaute' de Usman antes do UFC 261 | SUPER LUTAS

Masvidal admite ter subestimado ‘poder de nocaute’ de Usman antes do UFC 261

Desafiante ao cinturão dos meio-médios, norte-americano aponta visível evolução do nigeriano, que o brutalizou no segundo round

K. Usman (esq.) e J. Masvidal (dir.) encabeçaram o UFC 261. Foto: Reprodução/Instagram

Derrotado por Kamaru Usman no UFC 261 no último sábado (24), Jorge Masvidal pagou caro por ter desconfiado das qualidades técnicas do campeão dos meio-médios (até 77kg.). Em entrevista após ser atropelado pelo rival, o desafiante admitiu ter subestimado o ‘poder de nocaute’ do nigeriano e que o excesso de confiança pode ter atrapalhado.

Veja Também

“Ele (Usman) me mostrou algo que eu não percebi na primeira luta. Eu não senti o poder de nocaute dele no primeiro duelo e acabei ficando confiante demais. Pensei que íamos lutar mais, eu estava pronto para 25 minutos”, afirmou o ‘Gamebred‘.

Na primeira luta entre Masvidal e Usman no UFC 251 que aconteceu em julho de 2020, Jorge substituiu Gilbert Durinho, adversário original do nigeriano, faltando apenas seis dias para o evento. No combate, o norte-americano foi amplamente dominado e derrotado na decisão unânime dos juízes.

Representante  do UFC desde 2013, Jorge Masvidal possui o cartel de 35 vitórias e 15 derrotas. O norte-americano teve duas oportunidades seguidas de conquistar o cinturão dos meio-médios e foi derrotado em ambas por Usman. O auge da carreira de ‘GameBred‘ foi quando conquistou o cinturão ‘BMF’ (lutador mais casca grossa) ao derrotar Nate Diaz no UFC 244 em novembro de 2019.

Líder dos meio-médios desde março de 2019, Kamaru Usman segue derrubando adversários na sua divisão. O combate contra Masvidal marcou a quarta defesa de cinturão do nigeriano. O ‘pesadelo nigeriano’ agora soma 19 vitórias e apenas uma derrota em seu histórico no MMA profissional.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments