Suspensões médicas do UFC Las Vegas 32: TJ Dillashaw pode ficar afastado por até seis meses | SUPER LUTAS

Suspensões médicas do UFC Las Vegas 32: TJ Dillashaw pode ficar afastado por até seis meses

Derrotado pelo ex-campeão na luta principal, Cory Sandhagen ficará suspenso por apenas 30 dias

T. Dillashaw em coletiva pós-evento. Foto: Reprodução/YouTube

TJ Dillashaw voltou ao octógono no último sábado (24), após mais de dois anos de inatividade, e derrotou Cory Sandhagen por decisão dividida dos juízes em uma luta muito equilibrada. Com a vitória, o ex-campeão provavelmente se credenciou a disputar o título peso galo contra o vencedor de Aljamain Sterling e Petr Yan. O sonho de reconquistar o título, no entanto, pode ter que esperar mais um pouco.

Veja Também

Na noite da última quarta-feira (28), foi divulgada pela Comissão Atlética de Nevada a lista de suspensões médicas dos lutadores envolvidos no card do UFC Las Vegas 32. Dillashaw vai precisar realizar uma ressonância magnética do joelho esquerdo e, caso seja confirmada a lesão, apresentar uma liberação do ortopedista para voltar a atividade. Caso contrário, o ex-campeão ficará suspenso até o dia 21 de janeiro de 2022.

Derrotado na luta principal, Cory Sandhagen recebeu apenas 30 dias de suspensão médica.

Confira a lista completa de suspensões médicas do UFC Las Vegas 32:

TJ Dillashaw: Precisa de uma ressonância magnética no joelho esquerdo. Se positivo, precisa de liberação do ortopedista ou não pode lutar até 21 de janeiro de 2022. Suspensão mínima sem lutar até 8 de setembro, sem contato até o dia 24 por laceração no supercílio esquerdo.

Cory Sandhagen: Suspenso até 24 de agosto, sem contato até 15 de agosto.

Raulian Paiva: suspenso até 8 de setembro, sem contato até 24 de agosto por lacerações no nariz e no olho esquerdo.

Kyler Phillips: suspenso até 8 de setembro, sem contato até 24 de agosto.

Darren Elkins: suspenso até 8 de setembro, sem contato até 24 de agosto por laceração na testa.

Darrick Minner: suspenso até 24 de agosto, sem contato até 15 de agosto.

Miranda Maverick: suspensa até 24 de agosto, sem contato até 15 de agosto.

Adrian Yanez: precisa de raio-X nos ossos nasais. Se positivo, precisa de liberação do otorrinolaringologista ou não pode lutar até 21 de janeiro de 2022. Suspensão mínima sem lutar até 24 de agosto, sem contato até 15 de agosto por laceração na ponte do nariz.

Randy Costa: suspenso até 8 de setembro, sem contato até 24 de agosto.

Punahale Soriano: suspenso até 24 de agosto, sem contato até 15 de agosto.

Ian Heinisch: suspenso até 8 de setembro, sem contato até 24 de agosto por laceração no supercílio esquerdo.

Jordan Williams: suspenso até 24 de agosto, sem contato até 15 de agosto por laceração na pálpebra esquerda.

Julio Arce: suspenso até 24 de agosto, sem contato até 15 de agosto por laceração na bochecha direita.

Andre Elwell: suspenso até 24 de agosto, sem contato até 15 de agosto.

Elise Reed: suspensa até 8 de setembro, sem contato até 24 de agosto.

Hannah Goldy: suspensa até 24 de agosto, sem contato até 15 de agosto por contusão no olho esquerdo.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments