Shevchenko volta a insinuar ‘garfo’ em segunda luta contra Amanda Nunes e afirma: ‘Ela sabe que perdeu’

Quirguistanesa provoca lenda do MMA e mostra confiança sobre chance de terceiro embate contra a ‘Leoa’

V. Shevchenko (esq.) em luta contra A. Nunes (dir.). Foto: Reprodução/Twitter @ufc_europe

Absoluta nos moscas do Ultimate, muito se questiona sobre o próximo passo de Valentina Shevchenko na empresa. No que depender da quirguistanesa, a duelo pode não ser imediato, mas é simples: Amanda Nunes. Vítima da lenda brasileira por duas vezes, a atual campeã do grupo até 56,7kg. voltou a provocar a ‘Leoa’ e, buscando a trilogia, voltou a insinuar um favorecimento à baiana no fatídico duelo de 2017.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Sinto que ela não quer que essa luta (terceira) aconteça. Dentro dela, ela sente que ganhou a segunda vitória de presente, um presente dos juízes. Ela sente que foi derrotada por uma garota menor, de uma divisão de peso abaixo e ela é maior. É muita pressão por dentro”, disse Valentina, ao ‘The MMA Hour’.

Depois de brilhar no UFC 266 e conquistar sua sexta defesa de título nos moscas, Shevchenko já declarou algumas vezes não ter pressa do terceiro embate. A atleta, porém, segue confiante que, em algum momento, os caminhos entre as duas campeãs se cruzarão.

PUBLICIDADE:

“Esse é meu objetivo. Sei que quando nós lutarmos da próxima vez estarei pronta para qualquer coisa. O tempo passou. Sou uma lutadora diferente e ela é diferente desde que lutamos pela última vez”, garantiu.

No último fim de semana, Shevchenko deu mais um show com as luvas do Ultimate. Diante da terceira colocada no ranking do grupo até 56,7kg., Lauren Murphy, a atleta fez parecer fácil e atropelou a rival com um nocaute no quarto round.

PUBLICIDADE:

Enquanto segue provocada por Valentina, Amanda tem compromisso para mais uma defesa de cinturão nos galos (até 61,2kg.). Em dezembro, a brasileira tenta a sexta defesa de título na categoria que lidera desde 2016.

PUBLICIDADE:

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS