SUPER LUTAS 14 anos: Relembre 14 finalizações que entraram para a história do MMA e do site

Lista conta com a presença de nomes como Anderson Silva, Jon Jones, Fabrício Werdum, Charles do Bronx, Demian Maia e Ronda Rousey

A. Silva e F. Werdum estão entre as maiores finalizações dos últimos anos (Foto: Montagem/SUPER LUTAS)

No último domingo (21), o SUPER LUTAS completou 14 anos de existência. Para comemorar essa semana tão importante, preparamos listas especiais com acontecimentos que marcaram o mundo das lutas desde a criação do site.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Hoje é dia de relembrar as 14 finalizações mais impactantes dos últimos anos. Confira, em ordem cronológica, a lista que conta com nomes como Anderson Silva, Jon Jones, Ronda Rousey, Charles do Bronx e muito mais.

Georges St-Pierre x Matt Hughes – UFC 79

G. St-Pierre finalizou M. Hughes no UFC 79

PUBLICIDADE:

A primeira finalização da lista aconteceu pouco mais de um mês após o lançamento do Super Lutas. Na luta principal do UFC 79, Georges St-Pierre finalizou Matt Hughes com uma chave de braço para recuperar o cinturão dos meio-médios.

Demian Maia x Chael Sonnen – UFC 95

PUBLICIDADE:

Em uma lista de melhores finalizações, não poderia faltar o nome de um dos maiores especialistas na arte suave a pisar no octógono. No UFC 95, Demian Maia deu uma aula de jiu-jitsu e finalizou Chael Sonnen com um triângulo.

PUBLICIDADE:

Spoiler: ele não é o único brasileiro a aparecer na lista com um triângulo sobre Sonnen.

Fabrício Werdum x Fedor Emelianenko – Strikeforce

O triângulo de Fabrício Werdum para cima de Fedor Emelianenko no Strikeforce também não poderia faltar. O golpe encaixado pelo brasileiro ainda no primeiro assalto chocou o mundo e encerrou uma invencibilidade de dez anos da lenda russa.

Anderson Silva x Chael Sonnen – UFC 117 (07/08/2010)

O triângulo salvador de Anderson Silva sobre Chael Sonnen não poderia ficar de fora de uma lista tão especial. A finalização encaixada no quinto round salvou o “Spider” de uma derrota para o falastrão norte-americano no UFC 117, em 2010, e fez valer o tão famoso lema: só o jiu-jitsu salva.

Zumbi Coreano x Leonard Garcia – UFC Fight Night 24

Após protagonizarem uma guerra no WEC, Chan Sung Jung e Leonard Garcia fizeram a revanche no UFC Fight Night 24, em 2011. Melhor para o “Zumbi Coreano” que conseguiu a primeira finalização via “twister” da história do Ultimate.

Frank Mir x Minotauro – UFC 140

Nem só de lembranças felizes se faz uma lista de melhores finalizações dos últimos 14 anos. No UFC 140, em dezembro de 2011, Frank Mir quebrou o braço de Rodrigo Minotauro com uma kimura e garantiu sua presença na lista de finalizações mais marcantes dos últimos anos.

Jon Jones x Lyoto Machida – UFC 140

O UFC 140 não foi bom para os brasileiros. Na mesma noite em que Frank Mir quebrou o braço de Rodrigo Minotauro, Jon Jones apagou Lyoto Machida com uma guilhotina em pé, deixando o brasileiro cair mole e com os olhos abertos em uma cena que ficou marcada na cabeça dos fãs.

Charles do Bronx x Eric Wisely – UFC on FOX 2

É claro que o recordista de finalizações da história do UFC não ficaria de fora. Muito antes de se tornar campeão dos leves, Charles do Bronx já dava shows no octógono. Em 2012, o brasileiro finalizou Eric Wisely com uma linda chave de panturrilha, inédita na organização.

Ronda Rousey x Miesha Tate – UFC 168

Pioneiras do MMA feminino, Ronda Rousey e Miesha Tate protagonizaram uma das grandes rivalidades da década passada. As duas, que já haviam se enfrentado no Strikeforce, mediram forças novamente no UFC 168, em 2013. O resultado foi o mesmo: mais uma chave de braço para a conta da então campeão Ronda Rousey.

Nate Diaz x Conor McGregor – UFC 196

N Diaz finalizou C. McGregor no UFC 196 (Foto: Reprodução/Youtube)

Na luta principal do UFC 196, em 2016, Nate Diaz “quebrou a banca” e colocou seu nome de vez na história do Ultimate com uma finalização por mata-leão sobre Conor McGregor, que se encontrava imbatível na organização até então.

Aleksei Oleinik x Viktor Pesta – UFC Fight Night 103

Não satisfeito em ser o responsável pela primeira finalização por “Estrangulamento Ezequiel” na história do UFC, o veterano Alexey Oleynik repetiu a dose e finalizou o brasileiro Junior Albini com o mesmo movimento. No entanto, como a primeira vez sempre é mais especial, ficamos com a vitória sobre Viktor Pesta no UFC Fight Night 103, em 2017.

Demetrious Johnson x Ray Borg – UFC 216

Um dos campeões mais dominantes da história do UFC, Demetrious Johnson exibiu toda sua habilidade e superioridade na finalização sobre Ray Borg, no UFC 216. O “Mighty Mouse” fez uma linda transição de um suplex para a chave de braço, levou a vitória e, de quebra, o recorde de defesas de cinturão da organização.

Paul Craig x Magomed Ankalaev – UFC Fight Night 127

Talvez o maior exemplo de “só o jiu-jitsu salva” da história do UFC. Paul Craig apanhou por três rounds quase inteiros para Magomed Ankalaev até conseguir encaixar um triângulo e conquistar a vitória por finalização no último segundo de luta.

Zabit Magomedsharipov x Brandon Davis – UFC 228 (08/09/2018)

Por último, mas não menos especial, Zabit Magomedsharipov encerra a lista com uma chave de joelho nada ortodoxa sobre Brandon Davis no UFC 228, em setembro de 2018.

Podcast #41: José Aldo de volta ao topo + Charles do Bronx e Amanda Nunes no UFC 269