SUPER LUTAS 14 anos: Deu o que falar! Confira a lista de notícias mais lidas da história do site

Com ‘tatuagem’ polêmica, chute de bicicleta e orelha dilacerada, matérias renderam grande repercussão; confira lista

Deu o que falar! Confira a lista de notícias mais lidas da história do site. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Em 2021, o SUPER LUTAS comemora 14 anos de sua criação. E, para celebrar a expressiva marca, nada melhor do que elencar das notícias mais lidas da história do site!

PUBLICIDADE:

Veja Também

E, surpreendentemente, a lista conta com nomes como Conor McGregor, José Aldo e Fedor Emelianenko, rivalidades entre Israel Adesanya x Paulo Borrachinha e Kamaru Usman x Colby Covington, além de outros momentos inusitados na história das artes marciais mistas. Bora relembrar?

14# – ‘Eu quero namorar…’

J. Eye (foto) reclamou da falta de um namorado. Foto: UFC

PUBLICIDADE:

Para iniciarmos a lista, em #14, uma declaração inusitada por parte de Jessica Eye. Depois de sua estreia com vitória no UFC 166, em 2013, a norte-americana afirmou que não conseguia arrumar um namorado por sua profissão ‘afastar’ alguns pretendentes.

A norte-americana, inclusive, chegou a fazer um pedido para que os homens se aproximassem dela com o intuito de ‘paquerar’, pois eles só queriam falar de suas lutas. Agora, no entanto, parece que a situação não mudou e, oito anos depois, a lutadora – que ocupa a oitava colocação na divisão das moscas (56,7kg.) – segue solteira.

PUBLICIDADE:

Leia na íntegra: https://www.superlutas.com.br/noticias/19631/apos-estreia-com-vitoria-no-ufc-bela-lutadora-reclama-da-falta-de-namorado-estou-cheia-de-tesao/

PUBLICIDADE:

13# – Retorno triunfal

McGregor (dir.) acerta chute em Cerrone (esq.). Foto: Reprodução / Facebook @ufc

Grande personalidade midiática no mundo das lutas por seu ‘trash talk’, Conor McGregor não poderia estar de fora da lista. Entretanto, o ‘Notório’ conseguiu, de fato, atestar sua qualidade ao superar Donald Cerrone em janeiro de 2020, na luta principal do UFC 246.

Na ocasião, o irlandês estava um ano sem atuar desde que havia sido finalizado por seu arquirrival Khabib Nurmagomedov no quarto round e impressionou os fãs quando nocauteou o resistente ‘Cowboy’ com apenas 40 segundos, diante de um público com barulho ensurdecedor.

Leia na íntegra: https://www.superlutas.com.br/noticias/111200/mcgregor-brilha-em-retorno-e-destroi-cerrone-em-40-segundos/

12# – ‘Money’ queria fortuna milionária para enfrentar McGregor ou Khabib

F. Mayweather (foto) ostenta seu dinheiro nas redes sociais. Foto: Reprodução/Instagram

Lenda do boxe, Floyd Mayweather ficou famoso por sua qualidade nos ringues e, além disso, também sempre arrecadou bolsas multimilionárias com seus duelos na modalidade. Em outubro de 2020, o ‘Money’ já flertava com a aposentadoria, mas era cogitado em revanche diante de Conor McGregor ou um embate contra Khabib Nurmagomedov.

Por isso, o norte-americano pediu cerca de US$ 300 milhões (cerca de R$ 1,5 bilhão na cotação antiga) para que pudesse ‘fazer mais uma’ e a equipe do SUPER LUTAS fez uma lista com o que se poderia comprar com o valor exigido pelo pugilista.

Leia na íntegra: https://www.superlutas.com.br/noticias/126607/mayweather-pede-mais-de-r15-bi-para-enfrentar-mcgregor-ou-khabib-veja-o-que-se-pode-comprar-com-a-fortuna/

11# – Melhor nocaute da história?

Buckley (dir.) consegue um dos maiores nocautes da história do UFC. Foto: Reprodução / Twitter @ufc

A evolução do esporte faz com que os fãs de MMA debatam sobre assuntos como: ‘qual é o melhor nocaute de todos os tempos no UFC?’ e Joaquin Buckley chegou forte para a disputa. Em novembro de 2020, o norte-americano chocou o mundo ao nocautear Impa Kasanganay em desfecho emblemático com um chute rodado. O presidente da empresa, Dana White, também apontou o desfecho como o mais plástico da história.

Pensando em abrir o leque de opções, a equipe do SUPER LUTAS selecionou outros 15 nocautes históricos ocorridos no Ultimate. Entre os finais marcantes, entraram na lista nomes como: Anderson Silva, Vitor Belfort, Francis Ngannou, Lyoto Machida, Valentina Shevchenko e outros.

Leia na íntegra: https://www.superlutas.com.br/noticias/127814/o-nocaute-de-joaquin-buckley-e-o-maior-da-historia-relembre-outros-finais-marcantes-no-ufc/

10# – Fratura de Covington

K. Usman (dir.) derrotou C. Covington (esq.) por nocaute no UFC 245. Foto: Reprodução/Instagram

No primeiro capítulo da rivalidade, os meio-médios (até 77kg.) Kamaru Usman e Colby Covington se enfrentaram em uma verdadeira guerra no UFC 245, em novembro de 2019. E, na ocasião, o nigeriano defendeu seu título ao nocautear no quinto round.

A luta não acabou bem ao norte-americano, que teve uma fratura de mandíbula e teve a imagem do ‘Raio X’ divulgada. Os dois atletas voltaram a se encontrar no UFC 268, com novo revés de Covington – desta vez na decisão unânime dos juízes.

Leia na íntegra: https://www.superlutas.com.br/noticias/109987/imagem-forte-raio-x-revela-fratura-na-mandibula-de-covington-apos-golpe-de-usman/

9# – ‘Chute de Bicicleta’ no MMA

Rodriguez tenta ‘chute bicicleta’ no UFC Las Vegas 42. Foto: Reprodução / Twitter

A batalha entre Max Holloway e Yair Rodriguez foi marcada pela grande entrega dos lutadores em grande parte do duelo, mas outra cena chamou a atenção do público do MMA. Em desvantagem e disposto a improvisar para conseguir a vitória, o mexicano atacou seu adversário com um golpe plástico similar a um chute de bicicleta.

Inclusive, o golpe chegou a acertar o rosto de Holloway, que aproveitou para contragolpear e ‘deu o troco’ fazendo Yair cair sentado. O duelo aconteceu no UFC Las Vegas 42, em novembro deste ano.

Leia na íntegra: https://www.superlutas.com.br/noticias/168881/video-lutador-acerta-chute-bicicleta-em-golpe-incrivel-no-ufc-vegas-42/

8# – Atitude lamentável…

Lutador se desentende com árbitro nos Emirados Árabes. Foto: Reprodução/Twitter @caposa

E nem só de boas notícias e momentos desportivos se vive o MMA. Em confronto pela UEA Warriors, em Abu Dhabi, Ahmad Al Darmaki encaixou um mata-leão em Bogdan Kirilenko, que deu os ‘três tapas’. O atleta, no entanto, ignorou o sinal em desistência e as ordens de Marc Goddard para soltar o rival. Ele acabou desqualificado e ainda tentou agredir o condutor do duelo.

Leia na íntegra: https://www.superlutas.com.br/noticias/121337/video-lutador-se-recusa-a-soltar-mata-leao-tenta-agredir-arbitro-e-e-desqualificado/

7# – Quem é rei nunca perde a majestade!

Fedor (esq.) vence no Bellator 269. Foto: Divulgação Bellator

Apontado, por muitos, como o melhor peso pesado de todos os tempos, Fedor Emelianenko saiu da aposentadoria para enfrentar Quinton Rampage Jackson. Em dezembro de 2019, a lenda voltou ao Saitama Super Arena (JAP) e, no local que o consagrou, teve atuação brilhante para nocautear o veterano no primeiro round.

Logo em sua primeira combinação no combate, Emelianenko jogou três socos característicos que fizeram Quinton Jackson recuar, mas foi com um direto que o veterano caiu. O norte-americano, inclusive, também foi criticado por sua forma física.

Leia na íntegra: https://www.superlutas.com.br/noticias/110554/fedor-atropela-quinton-rampage-jackson-e-vence-por-nocaute-no-bellator-237/

6# – Não perdeu a oportunidade de provocar…

Jones (esq.) venceu Marreta (dir.). Foto: Reprodução / Facebook @ufc

Lenda do MMA, Jon Jones travou uma batalha para defender seu título em 2019 e, para um dos juízes, perdeu para Thiago Marreta. E, se antes elogiava o brasileiro, o ‘Bones’ não a chance de provocá-lo ao assistir a derrota do carioca para Glover Teixeira, em novembro de 2020.

Jones usou suas redes sociais para debochar da postura dos fãs de Marreta e comemorou o fato do carioca ter perdido para o compatriota, pois assim, não terá que ler algo absurdo na internet e se envolver em uma guerra no ambiente virtual.

Leia na íntegra: https://www.superlutas.com.br/noticias/130502/jon-jones-nao-perdoa-derrota-de-thiago-marreta-e-critica-fas-do-brasileiro-se-vencesse-diriam-que-corri-dele/

5# – Provoca quem sabe, resiste quem consegue…

R. Dik (esq.) provoca e é surpreendido por L. Makshvili no ACA 109. Foto: Reprodução/Twitter

Em competições nas artes marciais mistas, há limites para as provocações? Roman Dik tentou ir ao limite, mas acabou sofrendo o preço por isso. No combate contra Levan Makshvili, válido pelo ACA (Absolute Championship Akhmat), o atleta tentou provocar o adversário ao chamá-lo para a trocação franca e foi surpreendido com uma combinação certeira de socos e caiu ‘torto’ no cage. O duelo aconteceu em agosto de 2020.

Leia na íntegra: https://www.superlutas.com.br/noticias/122659/video-lutador-provoca-chama-adversario-para-a-briga-e-sofre-nocaute-devastador/

4# – Adesanya atropela Borrachinha

I. Adesanya superou P. Borrachinha no segundo round. Foto: Reprodução/Instagram

Depois de se sair bem nas provocações para o confronto contra Israel Adesanya, o brasileiro Paulo Borrachinha falhou no momento mais importante: quando teve que dividir o octógono contra o nigeriano. Em setembro de 2020, o brasileiro não conseguiu apresentar a postura agressiva que estava acostumado e virou ‘presa fácil’ para o campeão dos leves (até 83,9kg.).

No duelo, Adesanya conseguiu dominar o combate no primeiro round e, na volta, nocauteou com um contragolpe certeiro que fez Borrachinha cair no chão. O clima acalorado ainda teve mais um capítulo mesmo após o duelo, já que o nigeriano deu uma ‘sarrada’ no brasileiro antes de celebrar sua vitória.

Leia na íntegra: https://www.superlutas.com.br/noticias/126088/adesanya-atropela-borrachinha-vence-por-nocaute-e-defende-cinturao-no-ufc-253/

3# – Orelha dilacerada

Lutador fica sem orelha no Taura MMA 10. Foto: Foto: Gaspar Gaúcho/Taura MMA

Em outubro de 2020, uma das cenas mais fortes da história dos esportes de combate marcou a décima edição do evento nacional Taura MMA. Em combate entre Ary Farias e Johnny Campbell, o brasileiro partiu para cima, conseguiu uma queda e foi às costas. No mesmo instante, o árbitro percebeu que a orelha do norte-americano estava dilacerada e tratou de parar a luta.

Leia na íntegra: https://www.superlutas.com.br/noticias/129187/imagem-forte-lutador-fica-sem-orelha-em-evento-de-mma-no-brasil/

2# – ‘Tatuagem’ causa polêmica…

J. Aldo (dir.) superou M. Vera (esq.) no UFC Las Vegas 17. Foto: Reprodução/Instagram

Um dos principais nomes do último card do ano de 2020, José Aldo atraiu aos olhares por outro motivo contra Marlon Vera. A lenda brasileira apareceu no combate com um adesivo em reverência à Marinha do Brasil no peito e, quando questionado sobre a ‘tatuagem’, tratou de explicar que se tratava de uma homenagem.

Segundo o manauara, para o duelo, ele concentrou as energias para sua evolução no boxe com a seleção nacional e, assim, pôde ganhar outra vivência da ‘nobre arte’ com os militares. Os treinos surtiram efeito e o atleta venceu na decisão unânime dos juízes.

Leia na íntegra: https://www.superlutas.com.br/noticias/134071/aldo-explica-tatuagem-que-causou-polemica-no-ufc-las-vegas-17-se-causei-problemas-peco-desculpas/

1# – ‘Água no chopp’ de Johnny Walker

J. Walker (esq.) em derrota para C. Anderson (dir.). Foto: Reprodução/Twitter UFC

E, no topo da lista, a matéria mais lida da história do SUPER LUTAS é marcada por um ‘balde de água fria’ em Johnny Walker. Grande promessa brasileira nos médios (até 83,9kg.) do UFC, o brasileiro entrou favorito, mas foi surpreendido pelo norte-americano Corey Anderson, no UFC 244, em novembro de 2019.

Depois de brilhar com três nocautes arrasadores, Walker se tornou um ‘xodó’ da torcida ‘verde e amarela’ e não conseguiu suprir as expectativas, sendo nocauteado por um direto de Anderson, ainda no primeiro round do duelo.

Leia na íntegra: https://www.superlutas.com.br/noticias/107821/corey-anderson-nao-toma-conhecimento-de-johnny-walker-e-aplica-nocaute-brutal-no-brasileiro-no-ufc-244/

Podcast #41: José Aldo de volta ao topo + Charles do Bronx e Amanda Nunes no UFC 269