Adesanya atropela Borrachinha, vence por nocaute e defende cinturão no UFC 253

Nigeriano não toma conhecimento de brasileiro, domina luta por dois rounds e segue como campeão da categoria

I. Adsanya derrotou P. Borrachinha no UFC 253. Foto: Reprodução/Instagram

Venceu a técnica. Israel Adesanya atropelou Paulo Borrachinha e manteve o cinturão dos médios (até 83,9kg.) do Ultimate. Em uma das lutas mais aguardadas do ano, realizada neste sábado (26), na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi, o nigeriano não tomou conhecimento do brasileiro e sacramentou o confronto com um nocaute brutal no segundo round.

Veja Também

VÍDEO: Assista o nocaute de Israel Adesanya sobre Paulo Borrachinha no UFC 253
Dana critica atuação de Borrachinha no UFC 253: ‘De luta do ano a dominação do ano’
Vídeo: Adesanya provoca Borrachinha com ‘sarrada’ nas costas do brasileiro
Adesanya critica provocações de Borrachinha e dedica vitória a todos que sofrem bullying
Borrachinha se manifesta após derrota para Adesanya: ‘Retornarei melhor, como sempre’

Havia muita expectativa para o duelo entre o brasileiro e o nigeriano. Desafetos confessos, os atletas se provocavam há mais de um ano, o que gerou empolgação tanto para os fãs, quanto para a diretoria do Ultimate.

Com o resultado, Israel segue absoluto como líder da categoria e mantém sua invencibilidade na carreira. Agora, o campeão soma 20 resultados positivos e não sabe o que é perder no MMA.

Considerado, por muitos, como o maior desafio da carreira de Adesanya, Borrachinha não conseguiu impor seu jogo e pouco produziu no confronto. O brasileiro, agora, sofre seu primeiro revés. O mineiro estava invicto em 13 lutas disputadas.

A luta

O combate começou com Adesanya tomando a inciativa com um chute baixo. O brasileiro tentava encontrar a distância e esperava para soltar seu jogo. O campeão desferiu mais uma sequência de chutes e Paulo respondeu na mesma moeda. Paulo começou a se soltar e quase surpreendeu Adesanya com um chute alto, mas o golpe parou na guarda do nigeriano. Israel seguia apostando nos chutes baixos, mas o brasileiro provocava o adversário. O nigeriano seguia pontuando mais na luta, com jabs e chutes. No minuto final, o brasileiro tentou pressionar o campeão nas grades, mas Israel seguia concentrado. Os atletas seguiram se encarando, mas não havia mais tempo.

Na segunda etapa, Adesanya seguiu apostando nos chutes baixos. As ações do campeão já apresentavam marcas na perna esquerda do desafiante. Borrachinha conectou um bom direto no rosto de Israel, mas o nigeriano respondeu com um chute alto na cabeça do brasileiro. Paulo seguia com dificuldades em encontrar a distância e soltava alguns golpes no vazio. Na metade do round, o campeão surpreendeu o mineiro com um chute alto, que acertou em cheio. O ataque abriu um ferimento no rosto do desafiante.  Israel percebeu o bom momento e permanecia conectando os melhores ataques. Próximo da metade do round, o nigeriano o campeão promoveu uma blitz para ima do brasileiro, que desabou após um cruzado de esquerda certeiro. O nigeriano seguiu golpeando o mineiro até que o árbitro interrompeu o confronto.

Resultados do UFC 253

CARD PRINCIPAL

Peso médio: Israel Adesanya derrotou Paulo Borrachinha por nocaute técnico a 3m59s do R2 – Luta por cinturão

Peso meio-pesado: Jan Blachowicz derrotou Dominick Reyes por nocaute técnico a 4m36s do R2- Luta por cinturão

Peso mosca: Brandon Royval finalizou Kai Kara-France com uma guilhotina a 48s do R2

Peso galo: Ketlen Vieira derrotou Sijara Eubanks na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso pena: Hakeem Dawodu derrotou Zubaira Tukhugov na decisão dividida dos juízes (29-28, 30-27, 29-38)

CARD PRELIMINAR

Peso leve: Brad Riddell derrotou Alex Leko na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-médio: Jake Matthews derrotou Diego Sanchez  na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-26, 30-26)

Peso pena: Ludovit Klein derrotou Shane Young por nocaute a 1m16s do R1

Peso meio-pesado: William Knight derrotou Aleksa Camur na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 30-27)

Peso pesado: Juan Espino finalizou Jeff Hughes com uma cervical a 3m48s do R1

Peso meio-pesado: Danilo Marques derrotou Khadis Ibragimov na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Jorge Alberto Cavalcanti
Jorge Alberto Cavalcanti
1 mês atrás

Borrachinha só tem o nome,levou uma surra porque lutou com medo.Não disse pra que veio!!! Levou um cruzado que passou de raspão,e caiu de medo,feito uma jaca mole.Na verdade já entrou perdido!!!