José Aldo domina Rob Font, vence mais uma e se reaproxima de cinturão do UFC

Brasileiro brilha no octógono e, com apresentação de gala no UFC Las Vegas 44, conquista terceiro resultado positivo na categoria de galos (até 61.2 kg.)

J. Aldo (dir.) derrotou R. Font (esq.) no UFC Las Vegas 44. Foto: Reprodução/Instagram

Uma noite de gala para José Aldo. Grande estrela no UFC Las Vegas 44, realizado neste sábado (4), o brasileiro não teve vida fácil, mas provou mais uma vez estar adaptado ao peso galo (até 61,2kg.). Adversário de Rob Font neste fim de semana, o brasileiro superou o bom início do norte-americano e, com três knockdowns, saiu vitorioso na decisão unânime dos juízes (50-45, 49-46, 50-45).

PUBLICIDADE:

Veja Também

Em novo momento na carreira, Aldo volta a ver de perto a oportunidade de lutar pelo cinturão do peso galo. Na divisão desde dezembro de 2019, o manauara confirmou o grande momento e chegou ao terceiro resultado positivo em sequência.

Batido pela lenda brasileira, Font teve bons momentos no embate, mas acabou sendo vítima dos golpes precisos e potentes do ‘Campeão do Povo’. Mais um nome derrotado pelo manauara, Rob não perdia um embate desde julho de 2018.

PUBLICIDADE:

Com a nova vitória, José deve tomar a quarta posição de Font na categoria dos galos. O lutador chegou para o confronto na quinta posição.

A luta

O confronto começou com Font encurtando e lançando um jab no rosto do brasileiro. Rob seguiu mais agressivo e ditava o ritmo, fazendo valer a maior envergadura. O brasileiro não conseguia encurtar a distância e atacava com chutes na longa distância. Passado um minuto, o norte-americano fintou um soco, mas foi às pernas e levou o brasileiro para o chão. Aldo conseguiu se levantar com facilidade, mas Rob seguia grudado ao manauara. Os minutos passavam e Font seguia levando vantagem na trocação. Perto do minuto final, José aplicou um gancho na linha de cintura do rival, que passou a andar para trás. Depois de absorver o ataque, o norte-americano conectou uma combinação de socos no brasileiro,, que aceitou os ataques. Nos segundos finais, o manauara derrubou o oponente com um direto. José partiu para cima, mas o norte-americano acabou salvo pelo gongo.

PUBLICIDADE:

Na segunda etapa, Font tomou a iniciativa com um chute baixo. Rob voltou a levar vantagem na trocação e tocava o brasileiro com jabs e diretos. Passado pouco mais de um minuto, o manauara começou a se soltar, combinando socos e chutes. O ‘Campeão do Povo’ voltou a balançar após um cruzado de direita aplicado pela lenda tupiniquim. O norte-americano conseguiu se recuperar e voltou a pontuar com jabs e diretos. No minuto final, Aldo voltou a crescer, agredindo o adversário com socos limpos no rosto. O brasileiro, no entanto, se cuidava para não ser surpreendido com um contragolpe do oponente. O assalto acabou com os lutadores trocando golpes no centro do octógono.

PUBLICIDADE:

A terceira etapa começou com Aldo balançando Font com dois chutes baixos. O brasileiro seguiu tentando minar a base do adversário. Os chutes de José entravam limpos na perna direita de Rob, mas o norte-americano seguia caminhando para frente a soltando jabs. Depois de um minuto de disputa, Font buscou as pernas do brasileiro, mas acabou se dando mal. O manauara estava atento e caiu por cima, em posição de vantagem. O duelo seguiu disputado com o ‘Campeão do Povo’ por cima. Font tentava travar o confronto e impedir os avanços do tupiniquim. Restando cerca de dois minutos para o fim do assalto, Font conseguiu explodir e ficar de pé. Na sequência, o duelo voltou a ser disputado no centro do octógono. Nos segundos finais, José derrubou o norte-americano com um chute baixo, mas o oponente se levantou rápido. A etapa acabou com os atletas se estudando próximos às grades.

No quarto round, Aldo desequilibrou Font logo nos segundos iniciais. Após um direto certeiro, o manauara partiu para cima de Rob, que caiu. Por cima, José tentava fazer valer a vantagem e buscava as transições. Por baixo, o norte-americano dava sinais de cansaço. Restando dois minutos, o brasileiro tentava chegar à montada, mas Font se defendia. Mesmo sem muitas ações, o brasileiro continuava em posição de vantagem, enquanto Rob apenas se protegia. O round acabou com Aldo por cima.

O round decisivo começou com Font caminhando para frente e lançando jabs e diretos. O que Rob desferia, Aldo respondia imediatamente. Passado um minuto, o norte-americano partiu para a luta agarrada e pressionava José contra as grades, buscando as quedas. O manauara conseguiu se desvencilhar e partiu para a trocação franca. O duelo era tenso, com os atletas, mesmo cansados, deixando tudo no octógono. Restando pouco mais de dois minutos para o fim, Aldo voltou a balançar Font com uma bomba de direita. O brasileiro partiu golpeando e o norte-americano visivelmente sentia os ataques. No minuto final, José conseguiu chegar às costas e ensaiava um mata-leão. O norte-americano se protegia como podia, mas o momento era tenso para Rob. O round acabou com Aldo ‘colado’ ao oponente.

Resultados do UFC Las Vegas 44

CARD PRINCIPAL

Peso galo: José Aldo derrotou Rob Font na decisão unânime dos juízes (50-45, 49-46, 50-45)

Peso leve: Rafael Fiziev derrotou Brad Riddell por nocaute técnico a 2m20s do R3

Peso meio-pesado:  Jamahal Hill derrotou Jimmy Crute por nocaute a 48s. do R1

Peso leve: Clay Guida finalizou Léo Santos com um mata-leão a 1m21s do R2

Peso médio: Chris Curtis derrotou Brendan Allen por nocaute técnico a 1m58s do R2

Peso meio-médio: Alex Morono derrotou Mickey Gall na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso médio: Dusko Todorovic derrotou Maki Pitolo por nocaute técnico 4m34s do R1

Peso mosca: Manel Kape derrotou Zhalgas Zhumagulov por nocaute técnico a 4m02s do R1

Peso meio-médio: Bryan Barberena derrotou Darian Weeks na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso palha: Cheyanne Vlismas derrotou Mallory Martin na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso meio-pesado: William Knight derrotou Alonzo Menifield na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso leve: Claudio Puelles finalizou Chris Gruetzemacher com uma chave de joelho a 3m23s do R3

Peso galo: Vince Morales derrotou Louis Smolka por nocaute a 2m02s do R1

Podcast #45: Volkanovksi sem desafiante e brasileiros no 1º UFC do ano