Do Bronx e Amanda Nunes fazem pesagem relâmpago e confirmam defesas de cinturão no UFC 269

Campeões e desafiantes são os primeiros a subirem na balança e garantem disputas de títulos neste sábado

C. Do Bronx (esq.) e A. Nunes (dir.) são protagonistas do UFC 269. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Estrelas principais do UFC 269, que acontece neste sábado (11), Charles do Bronx e Amanda Nunes estão confirmados no espetáculo. Campeões, os brasileiros fizeram foram os primeiros a cumprirem os compromissos na pesagem oficial para o evento, realizada na tarde desta sexta-feira (10), em Las Vegas (EUA). Desafiante aos cinturões dos tupiniquins, Dustin Poirier e Julianna Peña vieram logo na sequência.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Com expressão tranquila, Do Bronx chegou ao local das aferições com poucos minutos do início das pesagens. Em ótima forma e com seus tradicionais óculos, o campeão dos leves (até 70,3kg.) cravou o limite da categoria, com 70,3kg.

Ex-campeão interino do grupo, Dustin Poirier também fez bonito. Responsável por tentar estragar a festa brasileira, o norte-americano ficou ligeiramente abaixo do exigido, com 70,3kg.

PUBLICIDADE:

Lenda do MMA, Amanda Nunes não quis esperar muito para subir à balança. A atleta foi a terceira a se pesar e surpreendeu. A campeã dos galos (até 61,2kg.) bateu 61kg.

Primeira a comparecer às aferições, Julianna Peña está pronta para tentar fazer história. Grande azarão nas casas de apostas, a venezuelana ficou com 61,2kg. e tentará encerrar o reinado da ‘Leoa’, iniciado em 2016.

PUBLICIDADE:

Havia cerca curiosidade para a pesagem do ex-campeão dos galos, Cody Garbrandt. O atleta, que, agora, integra os moscas (até 56,7kg.), supriu as expectativas e garantiu 57,1kg., necessários para o confronto.

PUBLICIDADE:

Rival de ‘No Love’, Kai Kara-France passou abaixo do exigido. O atleta marcou 56,6kg.

(Quase) todos os brasileiros batem peso

Além de Do Bronx e Amanda, mais seis brasileiros estão confirmados no evento. Entre os escalados, nenhum apresentou problemas na pesagem.

Responsável por tentar impor a segunda derrota no cartel de Sean O’Malley, Raulian Paiva está pronto para seu segundo desafio como atleta dos galos. O lutador bateu 61,4kg., enquanto o rival garantiu 61,2kg.

Diante de um ex-campeão da organização, Pedro Munhoz terá nova pedreira pela frente. Com 61,4kg., o brasileiro encara Dominick Cruz, que pesou 61,2kg.

Único representante verde e amarelo no ranking dos pesados (até 120,2kg.), Augusto Sakai tenta encerrar uma sequência de dois tropeços. O paranaense, que pesou 119,5kg., troca forças com Tai Tuivasa, que marcou119,7kg.

Depois de duas grandes apresentações com as luvas do Ultimate, Bruno Blindado está pronto para seu terceiro compromisso na temporada. O atleta e seu adversário, Jordan Wright, pesaram 84,3kg.

Promessa no peso médio (até 83,9kg.), André Sergipano faz seu segundo embate desde a grande vitória sobre Ronaldo Jacaré. Tanto o mineiro quanto Eryk Anders firmaram 84,1kg.

Dos oito brasileiros escalados para o show, apenas Priscila Pedrita falhou no corte de peso. Adversária de Gillian Robertson, a atleta ficou cerca de 1,3kg. acima do obrigatório. Segundo o ‘MMA Fighting’, a tupiniquim segue no show, mas deverá ceder parte de sua bolsa à rival, que garantiu 56,6kg.

Luta cancelada

Uma luta acabou cancelada momentos antes do fim da pesagem. Curiosamente, o anúncio da organização aconteceu depois que Alex Perez havia falhado no corte de peso.

Mais curioso ainda é o fato de Perez não ser o responsável pelo cancelamento do confronto. Segundo a diretoria do UFC, Matt Schnell, que já havia batido o peso, não seguirá no confronto. Ainda não há informações sobre o que forçou a saída do peso mosca do evento.

Confiram os pesos para o UFC 269

CARD PRINCIPAL

Peso leve (até 70,3kg.): Charles do Bronx (70,3kg.) x Dustin Poirier (70kg.) – Luta pelo cinturão

Peso galo (até 61,2kg.): Amanda Nunes (61kg.) x Julianna Peña (61,2kg.) – Luta pelo cinturão

Peso meio-médio (até 77kg.): Geoff Neal (77,3kg.) x Santiago Ponzinibbio (76,8kg.)

Peso mosca (até 56,7kg.): Kai Kara-France (56,6kg.) x Cody Garbrandt (57,1kg.)

Peso galo (até 61,2kg.): Raulian Paiva (61,4kg.) x Sean O’Malley (61,2kg.)

CARD PRELIMINAR

Peso pena (até 65,7kg.): Josh Emmett (65,9kg.) x Dan Ige (66,2kg.)

Peso galo (até 61,2kg.): Pedro Munhoz (61,4kg.) x Dominick Cruz (61,2kg.)

Peso pesado (até 120,2kg.): Augusto Sakai (119,5kg.) x Tai Tuivasa (119,7kg.)

Peso médio (até 83,9kg.): Jordan Wright (84,3kg.) x Bruno Blindado (84,3kg.)

Peso médio (até 83,9kg.): André Sergipano (84,1kg.) x Eryk Anders (84,1kg.)

Peso mosca (até 56,7kg.): Miranda Maverick (56,6kg.) x Erin Blanchfield (56,9kg.)

Peso mosca (até 56,7kg.): Alex Perez (57,2kg.)* x Matt Schnell (57,1kg.) – Luta cancelada

Peso pena (até 65,7kg.): Ryan Hall (65,9kg.) x Darrick Minner (66,2kg.)

Peso galo (até 61,2kg.): Randy Costa (61kg.) x Tony Kelley (61,6kg.)

Peso mosca (até 56,7kg.): Gillian Robertson (56,6kg.) x Priscila Pedrita (58,5kg.)**

*Para lutas sem disputas de cinturões, todos os atletas têm uma libra (454g.) de tolerância sobre os pesos oficiais de suas respectivas divisões;

**Não bateu o peso e deverá repassar uma porcentagem de sua bolsa à adversária.

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico