Próximo desafiante, Gaethje elogia Do Bronx, mas dispara: ‘mal posso esperar para quebrar a cara dele’

Após diversos ataques nas últimas semanas, o ex-campeão interino parece ter mudado de ideia em relação ao dono do cinturão

J. Gaethje será o próximo desafiante de C. do Bronx (Foto: Montagem/SUPER LUTAS)

No último sábado (11), Charles do Bronx finalizou Dustin Poirier na luta principal do UFC 269 e defendeu pela primeira vez o título dos leves (até 70,3 kg). A performance do brasileiro, que resistiu a um primeiro round difícil antes de virar a luta e conquistar a vitória no terceiro assalto, chamou a atenção de Justin Gaethje, próximo desafiante ao cinturão.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Justin Gaethje, que em diversas oportunidades atacou Charles do Bronx em entrevistas e nas redes sociais, chamando o campeão de “desistente”, parece ter mudado de opinião após o UFC 269. Os dois lutadores conversaram após a luta, em encontro registrado pelo Ultimate, e o ex-campeão interino demonstrou respeito ao atual detentor do cinturão.

O mesmo respeito foi notado em entrevista de Gaethje à ESPN norte-americana após o evento. O próximo desafiante ao título elogiou Charles do Bronx, mas afirmou que está ansioso para “quebrar a cara” do campeão.

PUBLICIDADE:

“Eu absolutamente amei. Não vou desrespeitar Charles, ele é agora o campeão e defendeu o cinturão e eu mal posso esperar para enfrentá-lo. Eu vi um competidor hoje à noite, vi um cara duro e mal posso esperar para quebrar a cara dele. Ele toma muitos golpes, então é melhor ele rezar para que consiga me colocar para baixo e conseguir o estrangulamento. Se não, vamos ver o que acontece. “Ele acabou de defender o título, eu que devo construir a luta. No final das contas, sou eu tentando nocauteá-lo contra ele tentando levar para o solo. É isso que nós somos. Isso que ele tem sido. Isso que eu sou. Seja no Brasil, na América, preferencialmente não em Abu Dhabi. Estou totalmente dentro. Mal posso esperar”, afirmou Gaethje.

Justin Gaethje se credenciou a disputar o cinturão dos leves após vencer a “guerra” contra Michael Chandler no UFC 268.

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico