Após ‘guerra’ vencida no UFC Las Vegas 49, Priscila Pedrita recebe suspensão médica de até seis meses

Brasileira superou Ji Yeon Kim em uma batalha de três rounds no evento realizado no último sábado (26)

P. Pedrita supera J. Yeon Kim no UFC Vegas 49. Foto: Reprodução/Instagram @ufcespanol

A batalha de três rounds vencida por Priscila Pedrita contra Ji Yeon Kim no UFC Las Vegas 49, no último sábado (26) pode ter salvado o emprego da brasileira no Ultimate, mas não sem cobrar um preço. Com fraturas no rosto e na mão, a lutadora recebeu uma suspensão médica que pode chegar a 180 dias.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Caso deseje retornar à ação antes dos seis meses, Priscila Pedrita precisa de liberação médica para uma fratura na sutura nasomaxilar e outra na base do primeiro metacarpo.

Além da brasileira, outros cinco lutadores que atuaram no UFC Las Vegas 49 receberam suspensões de até seis meses: Armen Petrosyan, Ramona Pascual, Jonathan Martinez e Carlos Hernandez.

PUBLICIDADE:

Islam Makhachev, que atropelou Bobby Green no primeiro round da luta principal, não recebeu nenhuma suspensão, enquanto seu oponente foi suspenso por apenas 30 dias, sem poder treinar com contato por 21 dias.

Entre os outros brasileiros do card, Wellington Turman, que finalizou Misha Cirkunov, recebeu suspensão idêntica a de Bobby Green; Gregory Robocop, derrotado de maneira polêmica por Armen Petrosyan, foi suspenso por 45 dias ou até receber liberação médica por conta de lacerações na face e na perna; e Josiane Nunes, que bateu Ramona Pascual, recebeu suspensão de 14 dias, sem contato por sete dias.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276