AO VIVO

Assista à coletiva pós-UFC 276 com Adesanya, Poatan e mais

Após aplicar nocaute histórico em Luana Dread, protagonista afirma: ‘Nunca conseguirei repetir’

Pivô de momento de rara felicidade no MMA, Molly McCann desabafa sobre vitória e grande momento na carreira

M. McCann foi uma das estrelas do UFC Londres. Foto: Reprodução/Instagram

Protagonista de um dos nocautes mais imponentes na história do MMA feminino, Molly McCann não esconde a empolgação com seu momento. Carrasco de Luana Dread no UFC Londres, a inglesa vive uma fase ímpar em sua carreira, após o show do último fim de semana. Ainda em êxtase pelo feito, a combatente desabafou sobre o desfecho imponente na vitória sobre a brasileira.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu não coloquei força (na cotovelada giratória que ‘apagou’ Luana). Foi 100% de comprometimento e nunca vou parar de pensar naquele momento, quando o árbitro me tirou da frente. Eu não seguiria golpeando, porque eu pude ver que ela (Dread) estava desacordada. (…) Esse tipo de nocaute não costuma acontecer”, disse Molly, em entrevista ao ‘The MMA Hour’, afirmou.

Ciente de que fez história no MMA, sendo, inclusive, elogiada pelo presidente do UFC, Dana White, McCann tem os pés no chão sobre o desfecho brutal. Para a combatente, dificilmente a história irá se repetir em uma apresentação na modalidade.

PUBLICIDADE:

“Talvez eu nunca consiga. Talvez nunca protagonize um nocaute como aquele de novo. Mulher ou homem, eles não conseguem”, encerrou.

Uma das estrelas do UFC Londres, McCann levou os fãs à loucura com a vitória contra Luana. Lutando ‘em casa’, diante de sue público, a atleta foi superior à brasileira por dois rounds e, no último, promoveu o momento chocante.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276