Com Do Bronx no corner, Allan Puro Osso faz luta técnica e tira invencibilidade de rival no UFC Las Vegas 54

Brasileiro tem apresentação convincente, supera Jake Hadley e conquista primeiro triunfo com as luvas do Ultimate

A. Puro Osso derrotou J. Hadley no UFC Las Vegas 54. Foto: Reprodução/Instagram

Primeiro brasileiro a subir no octógono no card preliminar do UFC Las Vegas 54, realizado neste sábado (14), Allan Puro Osso não decepcionou. Com Charles do Bronx em seu corner, o peso mosca (até 56,7kg.) passou com um confronto marcado pela técnica diante de Jake Hadley. Ao fim de três rounds, o tupiniquim foi declarado vencedor na decisão unânime, conquistando o primeiro triunfo com as luvas do Ultimate.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Com a vitória, Puro Osso dá, oficialmente, o pontapé inicial rumo ao topo da divisão liderada por Deiveson Figueiredo. O resultado positivo marcou o 19º triunfo do atleta em 25 confrontos no MMA profissional.

Superado pelo brasileiro, Hadley teve bons momentos no combate, mas não foi o suficiente para convencer os juízes laterais. O tropeço contra Allan representou a primeira derrota do atleta nas artes marciais mistas. Antes de encarar o tupiniquim, o norte-americano defendia uma sequência de oito vitórias seguidas.

PUBLICIDADE:

A luta

O confronto começou com Puro Osso conectando um chute na linha de cintura limpo no rival. Hadley tentou responder, mas Allan se aproveitou de um descuido e levou o oponente para o chão com uma ‘banda’. Jake conseguiu reverter a posição e tentava surpreender o brasileiro com uma finalização. Na metade do assalto, os lutadores davam show de técnica na luta no chão. No minuto final, Puro Osso tentava controlar a luta por cima, mas sem contundência. Perto de acabar a etapa, Jake conseguiu ficar de pé, mas não havia mais tempo.

No segundo round, Allan voltou a tomar a inciativa com uma sequência de três chutes altos. Jake respondia com jabs e tentava acuar o brasileiro contra as grades. Ainda no primeiro minuto, o brasileiro voltou a derrubar o adversário. Na metade do assalto, Puro Osso passou a agredir no ground and pound, contundindo com cotoveladas e joelhadas. Nos segundos finais, Jake ficou de pé, mas Allan seguia ‘colado’ ao adversário. A etapa acabou sem maiores ações entre os lutadores.

PUBLICIDADE:

O último assalto começou com Hadley mais agressivo. Nos momentos iniciais levou o brasileiro para o chão, e ensaiava uma finalização. Allan se protegia e tentava impedir as investidas do oponente. Perto da metade da etapa, Jake passou a buscar um estrangulamento, promovendo um momento tenso para o tupiniquim. Hadley conseguiu chegar às costas, mas Puro Osso surpreendeu com uma reversão, ficando por cima do oponente. Na sequência, foi a vez de Allan tentar uma finalização, com um triângulo. Restando pouco mais de um minuto para o fim do combate, Hadley conseguiu sair da posição, mas Puro Osso continuava pressionando por cima. No minuto final, Allan tentou uma queda, mas Jake surpreendeu, buscando uma guilhotina. O brasileiro mostrou tranquilidade e se protegeu bem. Perto de acabar a luta, Allan, por cima, agredia no ground and pound, mas não havia mais tempo.

PUBLICIDADE:

Ryan Spann sobrevive a susto e finaliza no primeiro round

R. Spann derrotou I. Cutelaba no UFC Las Vegas 54. Foto: Reprodução/Instagram

Após momento de instabilidade no Ultimate, Ryan Spann está de volta. Adversário de Ion Cutelaba na luta co-principal, o ‘Super-Homem’ sobreviveu a um grande susto nos segundos iniciais, mas teve maestria para reverter a situação. Com jiu-jitsu afiado, o atleta se aproveitou de um descuido do rival para encaixar uma guilhotina e obrigou o adversário a bater em desistência ainda no primeiro round.

Com a vitória, Spann, agora, soma dois resultados positivos em sequência. O atleta, agora, volta a sonhar com disputas no topo dos meio-pesados (até 93kg.).

Após bom início de luta, Cutelaba acabou tendo uma performance convincente frustrada. Conhecido por sua agressividade, o combatente atingiu a marca de três reveses nos últimos cinco compromissos.

Davey Grant atropela Louis Smolka em luta insana

D. Grant (dir.) após duro nocaute em L. Smolka (esq.). Foto: Reprodução/Instagram

Atleta dos galos (até 61,2kg.), Davey Grant viveu um dos compromissos mais insanos em sua trajetória no MMA. Adversário de Louis Smolka, o lutador teve momentos de tensão em confronto marcado pela agressividade. Após sustos nos assaltos iniciais, o lutador encontrou o resultado positivo com um nocaute devastador na terceira etapa.

Com a vitória, Grant respira aliviado na organização. Antes de subir no octógono do UFC Las Vegas 54, o atleta amargava dois tropeços consecutivos.

Atropelado neste sábado, Smolka vive o oposto do oponente. O atleta, agora, amarga quatro derrotas nas últimas seis apresentações.

Mexicano estreia no UFC com nocaute brutal

M. Torres (dir.) derrotou F. Camacho (esq.) no UFC Las Vegas 54. Foto: Reprodução/Instagram

Representante do peso leve (até 70,3kg.), Manuel Torres teve a estreia dos sonhos no Ultimate. Adversário de Frank Camacho, o atleta aceitou a ‘trocação franca’ e, junto ao rival, protagonizou uma luta insana no card principal. Com mãos pesadas, o mexicano levou a melhor e faturou o triunfo com um nocaute brutal ainda no primeiro round.

Com o triunfo, Torres estreia ‘com o pé direito’ no UFC. Agora, o lutador soma 13 triunfos em 15 apresentações como profissional no MMA.

Duramente batido no UFC Las Vegas 54, Frank se complicou de vez na organização. Agora, o atleta soma cinco tropeços nas últimas seis lutas.

Estatísticas do UFC Las Vegas 54 

Resultados do UFC Las Vegas 54

CARD PRINCIPAL

Peso meio-pesado: Jan Blachowicz derrotou Aleksandar Rakic por nocaute técnico (lesão no joelho) a 1m11s do R3

Peso meio-pesado: Ryan Spann finalizou Ion Cutelaba com uma guilhotina a 2m22s do R1

Peso galo: Davey Grant derrotou Louis Smolka por nocaute a 49s do R3

Peso mosca: Katlyn Chookagian derrotou Amanda Ribas na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso leve: Manuel Torres derrotou Frank Camacho por nocaute técnico a 3m27s do R1

Peso mosca: Allan Puro Osso derrotou Jake Hadley na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso mosca: Viviane Araújo derrotou Andrea Lee na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-27, 29-27)

Peso leve: Michael Johnson derrotou Alan Nuguette por nocaute a 3m22s do R2

Peso palha: Virna Jandiroba derrotou Angela Hill na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso mosca: Tatsuro Taira derrotou Carlos Candelario na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-27)

Peso médio: Andre Petroski finalizou Nick Maximov com um triângulo de mão a 1m57s do R1

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276