Amanda Ribas sofre maior envergadura de Katlyn Chookagian e perde no UFC Las Vegas 54

Brasileira entrega luta equilibrada, mas é superada por Katlyn Chookagian na decisão dividida dos juízes

A. Ribas (esq.) foi superada por K. Chookagian (dir.) no UFC Las Vegas 54. Foto: Reprodução/Twitter @ufc

Em nova apresentação no peso mosca (até 56,7kg.), Amanda Ribas não pôde trazer a vitória para o Brasil. Adversária de Katlyn Chookagian no UFC Las Vegas 54, realizado neste sábado (14), a mineira foi vítima da maior envergadura da norte-americana e acabou superada por pontos após três rounds movimentados. A tupiniquim foi derrotada na decisão dividida dos juízes.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Originalmente representante dos palhas (até 52,1kg.), Ribas perde seu primeiro compromisso em teste na divisão até 56,7kg. Com o revés, a brasileira perdeu a oportunidade de se credenciar a uma futura disputa de cinturão no grupo liderado por Valentina Shevchenko.

Atual número um no ranking, atrás apenas da campeã, Chookagian fez valer a maior envergadura diante da mineira. Por parte da luta, a norte-americana controlou as ações e conectou golpes significativos na adversária.

PUBLICIDADE:

Em entrevista ainda no octógono, Katlyn sugeriu uma nova oportunidade para lutar pelo cinturão dos moscas. Em sua primeira tentativa, em 2020, a atleta foi superada por Shevchenko com um nocaute no terceiro round.

A luta

O confronto começou com Katlyn fazendo valer a maior envergadura e atacando a brasileira com jabs e diretos. Ainda no primeiro minuto, Amanda conseguiu uma bela queda e levou a adversária para o chão. Por cima, Ribas agredia com cotoveladas, enquanto a norte-americana se tentava se defender. Após momento de controle da mineira, Chookagian conseguiu ficar de pé. O confronto voltou a ficar franco, com as lutadoras trocando golpes no centro do octógono. No minuto final, a norte-americana levava vantagem nos ataques, mas a brasileira seguia caminhando para frente. O assalto acabou com as atletas dando show de agressividade.

PUBLICIDADE:

No segundo round, Amanda tentou uma queda logo nos segundos iniciais, mas Katlyn se defendeu bem. A norte-americana continuava em vantagem na trocação franca, e contundia a brasileira com jabs e diretos. Ribas tentava responder, mas era vítima da maior envergadura da oponente. Com pouco mais de um minuto decorrido, Chookagian agrediu com um direto limpo no rosto da mineira, mas Amanda absorveu bem o ataque. Com quase dois minutos de confronto, Ribas voltou a aplicar nova queda imponente. Ribas tentava as transições, mas a norte-americana impedia as ações da adversária. Após um período de controle da brasileira, Chookagian conseguiu ficar de pé, mas era pressionada pela mineira próxima às grades. Katlyn fez força, conseguiu se desvencilhar e o duelo voltou a ser disputado no centro do octógono. Nos segundos finais, a norte-americana abalou Amanda com uma sequência de socos duros, mas não havia mais tempo.

PUBLICIDADE:

O assalto decisivo começou com Chookagian lançando um direto limpo no rosto de Amanda. A brasileira tentava trocar de igual para igual com a adversária e, na sequência, buscou uma queda, bem defendida pela oponente. Passados dois minutos, a norte-americana levava vantagem na luta em pé, e a brasileira encontrava dificuldades para anular a distância. Perto do minuto final, Ribas voltou a aplicar uma queda na adversária, mas Katlyn se levantou com facilidade e se afastou na sequência. Na busca pela vitória, as atletas partiram para a trocação franca nos segundos finais, mas o cronômetro zerou.

Estatísticas do UFC Las Vegas 54

Resultados do UFC Las Vegas 54

CARD PRINCIPAL

Peso meio-pesado: Jan Blachowicz derrotou Aleksandar Rakic por nocaute técnico (lesão no joelho) a 1m11s do R3

Peso meio-pesado: Ryan Spann finalizou Ion Cutelaba com uma guilhotina a 2m22s do R1

Peso galo: Davey Grant derrotou Louis Smolka por nocaute a 49s do R3

Peso mosca: Katlyn Chookagian derrotou Amanda Ribas na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso leve: Manuel Torres derrotou Frank Camacho por nocaute técnico a 3m27s do R1

Peso mosca: Allan Puro Osso derrotou Jake Hadley na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso mosca: Viviane Araújo derrotou Andrea Lee na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-27, 29-27)

Peso leve: Michael Johnson derrotou Alan Nuguette por nocaute a 3m22s do R2

Peso palha: Virna Jandiroba derrotou Angela Hill na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso mosca: Tatsuro Taira derrotou Carlos Candelario na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-27)

Peso médio: Andre Petroski finalizou Nick Maximov com um triângulo de mão a 1m57s do R1

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano