Douglas D’Silva vive batalha, mas acaba superado por Said Nurmagomedov no UFC Las Vegas 58

Brasileiro alterna entre bons e maus momentos e não consegue ampliar a sequência de resultados positivos na empresa

S. Nurmagomedov (esq.) derrotou D. Silva (dir.) no UFC Las Vegas 58. Foto: Divulgação/UFC

Primeiro brasileiro a subir no octógono pelo UFC Las Vegas 58, realizado neste sábado (9), Douglas D’Silva viveu uma verdadeira batalha. Adversário de Said Nurmagomedov no card principal, o peso galo (até 61,2kg.) teve luta dura, mas não fez o suficiente para conquistar o resultado positivo, sendo vítima do volume de golpes e maior envergadura do rival. Após três rounds movimentados, o russo foi declarado vencedor na decisão unânime.

PUBLICIDADE:

Com a derrota, Silva não consegue ampliar sua boa fase na companhia. Antes do evento deste fim de semana, o paraense acumulava duas vitórias consecutivas.

Vitorioso no embate, Nurmagomedov chega ao terceiro triunfo seguido. O atleta, agora, soma cinco resultados positivos em seis apresentações na empresa.

PUBLICIDADE:

A luta

O confronto começou com Douglas tomando a iniciativa com um chute baixo. Logo na sequência, o brasileiro conseguiu chegar às costas do adversário e pressionava o rival contra as grades. Com menor envergadura, Silva optava por lutar na curta distância e não dava espaço a oponente. Após quase dois minutos, Said conseguiu reverter a situação e se afastou do tupiniquim. Restando cerca de dois minutos para o fim da etapa, Nurmagomedov tentou surpreender com dois chutes rodados, mas os golpes pararam na guarda do paraense. Perto de acabar o assalto, Douglas balançou o russo com um cruzado, mas Said respondeu na mesma moeda. Nos segundos finais, o russo tentou uma queda, mas não havia mais tempo.

Na segunda etapa, o primeiro ataque foi lançado por Nurmagomedov, com um direto seguido de um chute baixo, que desequilibrou o brasileiro. Com pouco mais de um minuto, Silva tentou encurtar e lançou um cruzado, mas o golpe passou no vazio. Na metade da etapa, Said apostava nos chutes altos e na linha de cintura, mas o paraense não parava de caminhar em direção ao rival. Perto do minuto final, o russo voltou a tentar uma queda, mas o tupiniquim se defendeu bem. Nos segundos finais, Silva atingiu o rival com um soco rodado, e Nurmagomedov acabou caindo. Silva tentou partir para cima, mas não havia mais tempo.

O terceiro round começou com Said arriscando um novo soco giratório. Em momento de maestria, Silva se esquivou, chegou às costas do adversário e cravou o russo no chão. Nurmagomedov conseguiu ficar de pé, mas o brasileiro seguia agarrado ao oponente. Após o susto, o russo conseguiu se desvencilhar e o embate voltou a ser disputado no centro do octógono. Restando três minutos de embate, Nurmagomedov ‘voou’ nas pernas do brasileiro e conseguiu a queda. Imediatamente, Douglas conseguiu ficar de pé. Said lançou novo chute alto, mas acabou se desequilibrando. Douglas partiu para cima e começava a trabalhar no ground and pound. No minuto final, Said tentava atrair o brasileiro para a sua guarda e recebia chutes nas pernas. Sem muita combatividade, o árbitro fez com que a luta voltasse a ser disputada de pé. Perto de acabar a peleja, os atletas trocavam golpes perto das grades até que o cronômetro zerou.

PUBLICIDADE:

Chase Sherman brutaliza no último round

C. Sherman (esq.) derrotou J. Vanderaa (dir.) no UFC Las Vegas 58. Foto: Reprodução/Twitter @UFC

Na única luta entre pesos pesados (até 120,2kg.) do UFC Las Vegas 58, o aguardado nocaute aconteceu. Em confronto de ‘desesperados’, Chase Sherman levou a melhor contra Jared Vanderaa. Após dois rounds equilibrados, o atleta encontrou a vitória de forma brutal, nocauteando o adversário no último assalto.

PUBLICIDADE:

Com o triunfo, Sherman respira aliviado na companhia. Antes de encarar Jared, o atleta acumulava quatro derrotas consecutivas.

Comemoração de um lado, tristeza do outro. Atropelado no evento, Vanderaa teve seu mau momento ampliado. Agora, o lutador soma quatro tropeços seguidos e pode ser inserido na temida lista de dispensa.

Campeão do TUF 29 vai mal e perde primeira no UFC

A. Zahabi (dir.) derrotou R. Turcios (esq.) no UFC Las Vegas 58. Foto: Reprodução/Instagram

Campeão do TUF 29 no peso galo (até 61,2kg.), Ricky Turcios não teve sucesso em sua segunda apresentação com as luvas do Ultimate. Adversário de Aiemann Zahabi, o atleta teve atuação discreta e acabou superado após três rounds de confronto. Depois do fim do combate, o canadense foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

Com o resultado, Turcios teve o sonho de se aproximar da elite dos galos adiado. O último resultado negativo do atleta havia acontecido em 2018.

Apesar da vitória sem brilho, Zahabi tem motivos para comemorar. Com o triunfo, o canadense chega ao segundo triunfo consecutivo.

Jamie Mullarkey supera Michael Johnson em luta eletrizante

J. Mullarkey (esq.) superou M. Johnson (dir.) em batalha no UFC Las Vegas 58. Foto: Reprodução/Twitter @UFC

De tirar o fôlego. Não faltou emoção na luta que abriu o card principal do evento. Representantes dos leves (até 70,3kg.), Jamie Mullarkey e Michael Johnson deixaram tudo no octógono e protagonizaram um confronto franco para os espectadores do show. Após 15 minutos de combate intenso, Jamie foi declarado vencedor na decisão dividida.

Com o triunfo, Jamie se recupera da dura derrota sofrida diante de Jalin Turner em março. Agora, o atleta soma três triunfos nas últimas cinco apresentações.

Superado na luta equilibrada, Johnson não escondeu a frustração com a derrota. Após o tropeço, o veterano não consegue emplacar uma nova sequência de resultados positivos.

Estatísticas do UFC Las Vegas 58

Resultados do UFC Las Vegas 58

CARD PRINCIPAL (22h, horário de Brasília)

Peso leve (até 70,3kg.): Rafael Fiziev derrotou Rafael dos Anjos por nocaute a 18seg. do R5

Peso médio: Caio Borralho derrotou Armen Petrosyan na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28)

Peso galo: Said Nurmagomedov derrotou Douglas D’Silva na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

Peso pesado: Chase Sherman derrotou Jared Vanderaa por nocaute 3m10s do R3

Peso galo: Aiemann Zahabi derrotou Ricky Turcios na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso leve: Jamie Mullarkey derrotou Michael Johnson na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

CARD PRELIMINAR (19h, horário de Brasília)

Peso médio: Cody Brundage derrotou Tresean Gore por nocaute técnico a 3m50s do R1

Peso mosca: Antonina Shevchenko derrotou Cortney Casey na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso pena: David Onama finalizou Garrett Armfield com um katagatame a 3m13s do R2

Peso meio-pesado: Kennedy Nzechukwu derrotou Karl Roberson por nocaute técnico a 2m19s do R3

Peso galo: Saidyokub Kakhramonov derrotou Ronnie Lawrence na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-27)

Podcast #73: MAIOR DE TODAS? Amanda Nunes volta a reinar no UFC