Barboza passa susto, mas vence Castillo no card preliminar do UFC on Fox 9

Brasileiro sofre castigo no primeiro round, consegue virada e leva a melhor na decisão dos juízes

Barboza passou sufoco, mas venceu Castillo no UFC on Fox 9. Foto: Divulgação/UFC

Barboza passou sufoco, mas venceu Castillo no UFC on Fox 9. Foto: Divulgação/UFC

Edson Barboza deu mais um passo rumo ao top 10 da categoria dos leves do UFC na noite deste sábado (14). No UFC on Fox 9, na cidade de Sacramento, Califórnia (Estados Unidos), o lutador de Nova Friburgo superou Danny Castillo na decisão dos juízes no card preliminar do evento e obteve a sua terceira vitória consecutiva.

Lutando na casa do adversário, que treina e mora em Sacramento, Barboza não teve vida fácil. Ele foi amplamente dominado pelo oponente no primeiro round, mas conseguiu a virada nos dois períodos seguintes.

Castillo respeitou a trocação de Barboza no início da luta, evitando se expor e tentando quedas. Com dois minutos de ação, o norte-americano acertou um direto de direita no brasileiro, que claramente sentiu o golpe. Assim, o Castillo conseguiu a queda e quase encaixou o mata-leão em duas oportunidades, mas Barboza defendeu. Trabalhando por baixo, Barboza esboçou uma chave de calcanhar da qual Castillo escapou. O primeiro round terminou com Castillo trabalhando firme no ground and pound sobre um ensanguentado Barboza.

Apesar do castigo sofrido, o brasileiro se mostrava mais à vontade no segundo round, distribuindo chutes baixos em Castillo, o que claramente diminuiu o ritmo do norte-americano. No minuto final, Barboza deu um knockdown com um cruzado de esquerda e tentou um triângulo de mão, defendido por Castillo.

O round final seguiu a tendência do período anterior, com Barboza soltando chutes baixos e defendendo as tentativas de queda do norte-americano. Com três minutos de ação, Barboza deu um belo chute rodado na região abdominal de Castillo, que sentiu. A luta terminou na trocação, com Barboza controlando a distância e frustrando as intenções de Castillo em levar a luta ao solo.

Ao fim, dois dos juízes deram a vitória a Barboza (29 x 28), enquanto que o terceiro pontuou empate (28 x 28), caracterizando uma decisão majoritária em favor do brasileiro. Essa foi a sétima vitória de Barboza na organização, contra apenas uma derrota (para Jamie Varner, em 2012). Castillo, por sua vez, perdeu pela primeira vez desde 2012, quando foi nocauteado por Michael Johnson. Ele passa a ter um retrospecto de seis vitórias e três derrotas no UFC.

Scott Jorgensen é derrotado em sua estreia na categoria dos moscas

Ex-desafiante de Dominick Cruz pelo cinturão dos galos no extinto evento WEC, Scott Jorgensen fez, no UFC on Fox 9, sua primeira luta na categoria dos moscas (até 56 kg). E, enfrentando o ex-campeão dos galos do Bellator, Zach Makovsky, o resultado não foi como ele esperava.

Jorgensen começou dominando o centro do octógono, evitando as tentativas de quedas de Makovsky e trabalhando combinações de golpes. Frustrado, Makovsky passou a aceitar a trocação e trabalhou mais na luta em pé, acertando, inclusive, bons golpes. Nos segundos finais do primeiro assalto, foi a vez de Jorgensen buscar a luta no solo. Ele conseguiu a queda, mas não estabilizou a posição, de modo que o round acabou com Makovsky trabalhando por cima.

O segundo período começou com ambos os lutadores determinados a levar o combate para o solo. Tanto Makovsky quanto Jorgensen obtiveram posições de domínio, mas nenhum conseguiu trabalhar de forma mais contundente no ground and pound. Depois, em pé, Makovsky tentou uma queda do clinche, mas recebeu uma invertida e caiu por baixo. Poucos segundos depois, o combate novamente voltou à trocação, onde terminou o round.

Os últimos cinco minutos de luta começaram com os lutadores aceitando mais a trocação. Nenhum golpe de mais contundência foi dado até que Makovsky conseguiu uma bela queda. Porém, não houve uma posição de domínio até que Makovsky chegasse às costas de Jorgensen. Ele tentou um mata-leão nos segundos finais, mas a posição foi defendida até o término do combate.

Todos os três juízes pontuaram a luta em favor a Makovsky nos três rounds (30 x 27). Assim, ele conseguiu a vitória em sua estreia no UFC, sendo a 17ª em sua carreira no MMA profissional. Jorgensen perdeu pela quarta vez nas últimas cinco lutas – na categoria de cima, ele havia sido batido por Renan Barão, Eddie Wineland e Urijah Faber.

Confira abaixo os resultados do card preliminar do UFC on Fox 9:

Ryan La Flare derrotou Court McGee na decisão unânime dos juízes.

Edson Barboza derrotou Danny Castillo na decisão majoritária dos juízes.

Bobby Green derrotou Pat Healy na decisão unânime dos juízes.

Zach Makovsky derrotou Scott Jorgensen na decisão unânime dos juízes.

Sam Stout derrotou Cody McKenzie na decisão unânime dos juízes.

Abel Trujillo derrotou Roger Bowling por nocaute técnico no R2.

Alp Ozkilic derrotou Darren Uyenoyama na decisão dividida dos juízes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments