O que você precisa saber sobre o Noche UFC, evento com revanche entre Grasso e Shevchenko por título dos moscas

Com 11 lutas programadas, evento promete movimentar o MMA em dia de homenagens à independência mexicana

Alexa Grasso destronou Valentina Shevchenko no UFC 285 (Foto: Reprodução/Instagram)

Chegou o grande momento. Neste sábado (16), em Las Vegas (EUA), acontece o Noche UFC, evento que celebra a independência mexicana e apresenta aos fãs grande show de MMA. Ao todo, o card conta com 11 lutas previstas. Na luta principal, Alexa Grasso e Valentina Shevchenko travam revanche pelo cinturão dos moscas (até 56,7kg.).

Seis meses após chocar o mundo ao superar a, então imbatível, Shevchenko, Grasso tenta provar que seu triunfo não foi obra do acaso. Única campeã mexicana do UFC na atualidade, a atleta quer repetir o feito e sacramentar de vez o fim da hegemonia de Valentina, que dominou o grupo entre 2018 e 2023.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Noche UFC octógono
Noche UFC Alexa Grasso Valentina Shevchenko
Valentina Shevchenko é ex-campeã do UFC. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

O Brasil contará com apenas um representante. Pupilo da ‘Chute Boxe – Diego Lima’, Daniel Miojo tem compromisso que pode definir seu futuro na companhia.

Para ‘aquecer os motores’, a equipe do SUPER LUTAS listou ‘tudo o que você precisa saber sobre o Noche UFC’. Confira abaixo:

PUBLICIDADE:

Por que ‘Noche UFC’?

Noche UFC homenageia a Independência do México. Foto: Reprodução/Instagram

Geralmente, os eventos não numerados, ou seja, cards de menor expressão, acompanham o nome da cidade em que estão sendo promovidos. No caso deste fim de semana, o Ultimate optou por alterar a tradição para homenagear a Independência do México. Assim, o uso da palavra ‘Noche’ – Noite em espanhol – demonstra certa quebra de protocolo por parte da companhia.

PUBLICIDADE:

Mesmo que o show aconteça em território norte-americano, o plano é lembrar do acontecimento histórico para a população latina e ainda escalar o maior nome do país na atualidade como protagonista.

Exatamente em 16 de setembro, há 213 anos, o processo de Independência do México teve seu início. O estopim para a revolução se deu por parte da revolta de camponeses com a colonização espanhola. Ao todo, o progresso levou 11 anos.

Para entender mais a história da Independência do México, a equipe do SUPER LUTAS preparou um material especial tratando especificamente sobre o assunto. Ficou interessado? Clique aqui.

PUBLICIDADE:

Alexa Grasso x Valentina Shevchenko 2

Shevchenko Grasso

Valentina Shevchenko e Alexa Grasso em encarada antes do UFC 285. Foto: Reprodução/Instagram

Detentora do cinturão dos moscas há seis meses, Alexa Grasso precisará repetir, no Noche UFC, o feito histórico do UFC 285 para seguir no topo absoluto da divisão e afastar a sombra da lendária Valentina Shevchenko. Depois de passar com propriedade pela quirguistanesa, a mexicana quer afastar qualquer desconfiança que tenha sobre seu nome e dar seguimento ao legado no grupo.

Do outro lado, Shevchenko que construía trajetória impecável na divisão, busca reassumir o trono perdido. Antes de encarar Grasso, a veterana se aproximava de oito defesas de título, feito inédito na divisão até então.

No primeiro encontro, Alexa conseguiu um triunfo ao se aproveitar de descuido grave da rival, que resultou na perda do título. Agora, resta saber se haverá evolução entre as partes e quem deixará o octógono com o cinturão da categoria ao fim do Noche UFC.

Luta co-principal de peso

Kevin Holland aplica nocaute em Santiago Ponzinibbio. Foto: Reprdoução/Instagram

Na luta co-principal do Noche UFC, Kevin Holland está de volta. Figurinha carimbada nos eventos do Ultimate, o norte-americano que vive nova fase nos meio-médios (até 77,1kg.) tem o dever de bater uma promessa.

Atual número 13 na divisão, o ‘bad boy’ medirá forças com Jack Della Maddalena, que, desde sua estreia na companhia, coleciona vítimas e atuações convincentes. O desafio marca disputa direta entre posições no top 15.

Caso vença, Holland segue no sonho de se avançar na categoria. Maddalena, por sua vez, defenderá sua invencibilidade na empresa e, mais uma vez, provará que é um nome a ser observado mais de perto pelos fãs de MMA.

Promessa em ação

Raul Rosas Jr. encaixa finalização no UFC 282. Foto: Reprodução/Instagram

Lutador mais jovem a ser contratado pelo Ultimate, Raul Rosas Jr. faz sua segunda peleja em 2023 e precisa impressionar. Depois de assinar contrato com a empresa aos 17 anos e estrear de forma impressionante aos 18 (confronto realizado em dezembro de 2022), o jovem teve choque de realidade no embate contra Christian Rodriguez, em abril de 2023.

Antes do revés, Rosas acumulava sete triunfos em sequência, tendo vencido seis na via rápida.

Agora, o peso mosca tem novo rival e busca reverter as críticas que o cercaram por parte dos fãs após a última performance. Para isso, o atleta precisa bater Terrence Mitchell no Noche UFC.

Parça de Do Bronx é o Brasil em evento mexicano

Daniel Miojo (esq.) é promessa da Chute Boxe – Diego Lima. Foto: Reprodução/Instagram

No Noche UFC, o Brasil contará com um representante. Pupilo da ‘Chute Boxe – Diego Lima’, Daniel Miojo tem desafio tenso no fim de semana.

Promessa dos moscas, o lutador não poderá falhar, já que acumula quatro derrotas seguidas e novo resultado negativo pode representar a inserção na temida lista de dispensa. Escalado no card preliminar, o tupiniquim medirá forças com Edgar Chairez.

Ficha técnica do Noche UFC

Data: 16 de setembro de 2023 

Horário: 20h (horário de Brasília) 

Local: T-Mobile Arena, Las Vegas, Estados Unidos

Como assistir: SUPER LUTAS AO VIVO em tempo real e UFC Fight Pass (todo o card) pela internet 

CARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília)

Peso mosca (até 56,7kg): Alexa Grasso x Valentina Shevchenko – luta pelo cinturão

Peso meio-médio (até 77,1kg): Kevin Holland x Jack Della Maddalena

Peso galo (até 61,2kg): Raul Rosas Jr. x Terrence Mitchell

Peso leve (até 70,3kg): Daniel Zellhuber x Christos Giagos

Peso pena (até 65,7kg): Fernando Padilla x Kyle Nelson

CARD PRELIMINAR (20h, horário de Brasília)

Peso palha (até 52,1kg): Lupita Godinez x Elise Reed

Peso médio (até 83,9kg): Roman Kopylov x Josh Fremd

Peso mosca (até 56,7kg): Edgar Chairez x Daniel Miojo

Peso mosca (até 56,7kg): Tracy Cortez x Jasmine Jasudavicius

Peso leve (até 70,3kg): Alex Reyes x Charlie Campbell

Peso palha (até 52,1kg): Josefine Knutsson x Marnic Mann

Leia Mais sobre: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Resultados do UFC 300 Resultados do UFC Las Vegas 90 Resultados do UFC Atlantic City Resultados do UFC Las Vegas 89 Resultados do UFC Las Vegas 88