St. Pierre revela nova negociação com o UFC, mas ressalta: “Sou um lutador livre”

Canadense disse criação do MMAAA não atrapalhou sua relação com o Ultimate

St.Pierre não luta desde novembro de 2013, quando derrotou J. Hendricks. (Foto: Getty Images)

St.Pierre não luta desde novembro de 2013, quando derrotou J. Hendricks. (Foto: Getty Images)

Engana-se quem pensa que a trajetória de Georges St.Pierre no UFC chegou ao fim. Segundo o próprio canadense, as negociações com a maior organização de MMA do mundo estão em andamento, e o fato de ser um dos líderes da MMAAA (Associação de Atletas de MMA), órgão criado para defender os interesses dos lutadores, não atrapalha em nada os planos de retornar ao Ultimate.

Veja Também

Lutadores anunciam criação da MMAAA, entidade para proteger atletas
UFC rebate St. Pierre e diz que contrato ainda está em vigor
GSP revela que política com a Reebok é empecilho para seu retorno

“Não, não quer dizer que encerrei com o UFC. Assim como outro membros, como o Cain Velasquez, Tim Kennedy e o Donald Cerrone, eu sou um veterano. Mas não quer dizer que acabei. Aliás, na noite que nós lançamos a Associação eu recebi uma carta de um advogado do UFC dizendo que eles querem retomar as negociações comigo do ponto em que começamos”, disse GSP, em entrevista ao site ‘TSN’.

GSP também revelou que desejava lutar no UFC 206, evento que será realizado no próximo sábado (10), em Toronto (Canadá), mas afirmou, também, que seu futuro pode ser em outra companhia.

“Eu esperava entrar no card em Toronto, mas não vai acontecer e agora eu acho que eles continuarão falando e veremos se conseguimos chegar a um acordo. Mesma história de antes. Mas agora eu tenho mais opções. Eu sou um lutador livre, não tenho que estar no UFC. Posso ir para outro lugar”, contou.

Georges St. Pierre, 35 anos, foi campeão dos meio-médios em duas oportunidades: entre 2006 e 2007 e 2008 e 2013. O canadense deixou o posto de campeão quando abdicou do cinturão para se afastar temporariamente do MMA, em 2013, após derrotar Johny Hendricks. Em sua carreira, St. Pierre tem 25 vitórias e apenas duas derrotas, e bateu nomes como Matt Hughes, Jon Fitch, Jake Shields, Josh Koscheck, Thiago Pitbull, entre outros.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments