Fedor revela que negociou com o UFC, mas proposta não agradou

Russo explicou porque preferiu assinar com o Bellator ao invés do Ultimate; estreia na nova organização ocorre em fevereiro de 2017

F. Emelianenko (foto) irá estrear no Bellator em 2017. Foto: Strikeforce/Divulgação

F. Emelianenko (foto) irá estrear no Bellator em 2017. Foto: Strikeforce/DivulgaçãoBell

Veja Também

Fedor Emelianenko assina com o Bellator e estreia contra ex-UFC
Irmão de Fedor deixa cadeia e passa a fazer serviços comunitários

Há muito tempo era especulado um possível acordo de Fedor Emelianenko com o UFC, no entanto, o russo surpreendeu ao assinar um contrato com o Bellator. Com luta marcada contra Matt Mitrione no Bellator 172, 18 de fevereiro, em San Jose, Fedor explicou o motivo pelo qual não quis assinar com a maior organização de MMA do mundo. Segundo ele, a proposta oferecida não o seduziu, além de já ter trabalhado com Scott Coker, atual presidente de sua nova casa.s

“Sim, tinha essa opção (de lutar no Ultimate). Foi me oferecido um contrato do UFC, mas não me agradou. Tivemos desacordos a respeito das questões envolvendo a promoção. (…) Nós tínhamos negociado com várias organizações, mas optamos pelo Bellator, até pelo chefe da organização, Scott Coker – um homem honesto, já temos experiência com ele. Estávamos interessados em sua proposta”, explicou Emelianenko ao site russo ‘Lenta.ru’.

Emelianenko dominou a divisão de pesados na década passada, incluindo um longo reinado no extinto PRIDE. No evento japonês, venceu nomes como Rodrigo Minotauro, Mirko Cro Cop, Mark Coleman, Mark Hunt, entre outros. Depois, atuou em atrações como Affliction e Strikeforce, onde derrotou os ex-campeões do UFC Tim Sylvia e Andrei Arlovski. O russo chegou a se aposentar em 2012, mas voltou à ativa no ano passado. De lá para cá, fez duas lutas: bateu Jaideep Singh no Rizin e obteve uma vitória polêmica diante de Fabio Maldonado na Rússia.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments