Duelo de gerações e esquadrão brasileiro são as atrações do UFC Fresno

Brian Ortega enfrenta veterano Cub Swanson na luta principal; Brasil terá cinco representantes no card

Veterano Swanson (esq) pega promissor Ortega (dir) (Fotos: Reprodução Instagram ufc)

Veterano Swanson (esq) pega promissor Ortega (dir) (Fotos: Reprodução Instagram ufc)

O UFC Fresno deste sábado (9) traz um duelo de gerações do peso pena na luta principal. O veterano Cub Swanson tenta se colocar como possível desafiante ao título de Max Holloway. Mas para isso ele terá que passar pelo promissor Brian Ortega, que está invicto como profissional e soma 11 vitórias na carreira. O show ainda traz um pequeno esquadrão brasileiro em ação com cinco represetantes no card.

Veja Também

Brian Ortega e Marlon Moraes são favoritos no UFC Fresno
Dana White admite ‘tristeza’ com novo doping de Anderson Silva
Prestes a estrear no UFC, Maluko sonha em enfrentar Anderson ou Belfort

Entre os atletas do país, destaque para Marlon Moraes tenta iniciar uma sequência de vitórias diante do perigoso Aljamain Sterling. O brasileiro abriu sua carreira no UFC com derrota para o compatriota Raphael Assunção, mas se recuperou ao vencer John Dodson e agora busca novo triunfo. O norte-americano, por sua vez, conseguiu o maior triunfo de sua carreira ao dominar o ex-campeão dos galos Renan Barão em sua última apresentação.

Além de Marlon, o Brasil estará representado na cidade californiana em mais quatro lutas: Markus Maluko estreia contra Eryk Anders, Antônio Braga Neto pega Trevin Giles nos médios; Davi Ramos enfrenta Chris Gruetemacher pela divisão dos leves e Iuri Marajó mede forças com Alejandro Perez nos galos.

Gerações em choque

Aos 34 anos, Cub Swanson já esteve perto de disputar o cinturão dos penas em mais de uma oportunidade, mas sempre bateu na trave. Porém, o californiano tem nova oportunidade no UFC Fresno, quando enfrenta o promissor Brian Ortega, de 26 anos. Com 32 lutas profissionais, Swanson já lutou no WEC e tem vitórias sobre nomes como Charles Oliveira, Jeremy Stephens e Dustin Poirier, mas parou nos atletas mais consagrados da divisão, casos de José Aldo, Frankie Edgar e do atual campeão Max Holloway.

Ortega, por sua vez, nunca perdeu e já conta com 12 triunfos na carreira, vencendo o veterano Clay Guida e os brasileiros Renato Moicano e Diego Brandão. Conhecido por sua capacidade de virar lutas quase perdidas, o norte-americano, faixa-preta de Rener Gracie, tem no jiu-jitsu sua principal arma.

Já Swanson conta com a trocação e, principalmente, a experiência a seu lado. Apesar de nunca ter lutado pelo título, ele já fez duelos de cinco rounds e contará com isso para frear o ímpeto do invicto Ortega e disparar no ranking dos penas, onde ocupa o quarto lugar atualmente (seu adversário é o sexto colocado).

Moraes busca sequência

Duelo esquenta o UFC Fresno (Foto:Reprodução/Twitter UFCBrasil)

Duelo esquenta o UFC Fresno (Foto:Reprodução/Twitter UFCBrasil)

A segunda luta mais importante do evento é outro duelo entre penas, com Jason Knight enfrentando Gabriel Benítez. Porém, tirando a atração principal, o combate mais esperado pelos fãs certamente é entre Marlon Moraes e Aljamain Sterling.

Após ser contratado pelo Ultimate como campeão do WSOF, Moraes perdeu na estreia para o compatriota Raphael Assunção, em luta equilibrada no UFC 212, no Rio de Janeiro. Porém, o perigoso trocador se recuperou contra John Dodson há algumas semanas e logo pediu uma nova luta. Ele irá enfrentar Aljmain Sterling, que também perdeu para Assunção, mas desde então, só coleciona vitórias: o jamaicano venceu dois brasileiros em sequência, superando Augusto Tanquinho e o ex-campeão dos galos Renan Barão em sequência. Quem vencer fica cada vez mais perto da elite da divisão, hoje composta pelo campeão TJ Dillashaw, e os ex-donos do cinturão Cody Garbrandt e Dominick Cruz.

Outros brasileiros

Marajó tenta recuperação em Fresno (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Marajó tenta recuperação em Fresno (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Além de Marlon Moraes, outros quatro brasileiros lutam no UFC Fresno. Ainda na porção principal, Markus Maluko estreia na organização diante de Eryk Anders. Abrindo a noite de lutas, o peso médio Antônio Braga Neto fará sua primeira luta em mais de três anos contra Trevin Giles. O bicampeão mundial de jiu-jitsu lidou com diversas lesões neste período, mas volta para se recolocar entre os principais médios do Ultimate.

Outro destaque da luta agarrada, o peso leve Davi Ramos também luta no UFC Fresno. Campeão do ADCC em 2015, o brasileiro mede forças com Chris Gruetzemacher em duelo que estava marcado para o UFC São Paulo, no fim de outubro, mas foi remarcado para este evento. Davi tem uma luta no Ultimate – perdeu para Serginho Moraes, quando estreou de última hora.

Finalmente, Iuri Marajó, veterano do Ultimate, busca se recuperar de derrota no UFC 212 para Brian Kelleher, quando enfrentar Alejandro Perez. Aos 37 anos, o brasileiro busca a 35ª vitória de sua carreira – além dos 34 triunfos, o peso gao tem oito derrotas e uma luta sem resultado.

Ficha técnica do UFC Fresno

DATA E HORÁRIO: 09/12/2017, a partir das 21h30 (horário de Brasília)

LOCAL: Save Mart Center, Fresno, Estados Unidos

TRANSMISSÃO: Canal Combate

Card Principal

Peso pena: Cub Swanson x Brian Ortega

Peso pena: Jason Knight x Gabriel Benitez

Peso galo: Marlon Moraes x Aljamain Sterling

Peso leve: Scott Holtzman x Darrell Horcher

Peso médio: Eryk Anders x Markus Maluko

Peso galo: Benito López x Albert Morales

Card Preliminar

Peso mosca: Alexis Davis x Liz Carmouche

Peso galo: Luke Sanders x Andre Soukhamthath

Peso galo: Carls John de Tomas x Alex Pérez

Peso galo: Merab Dvalishvili  x Frankie Saenz

Peso galo: Alejandro Perez x Iuri Marajó

Peso leve: Chris Gruetzemacher x Davi Ramos

Peso médio: Antônio Braga Neto x Trevin Giles

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments