UFC Belém traz chance de recuperação para Lyoto e ‘MMA brasileiro’ em 2018

Lutadores brasileiros começaram o ano com nove derrotas em dez lutas no Ultimate neste ano, mas pode virar o jogo neste sábado (3)

Lyoto (esq.) e Anders (dir.) fazem luta principal do UFC Belém. Foto: Reprodução / YouTube UFC

O Ultimate abre a temporada 2018 no Brasil com estreia na região Norte. E o UFC Belém não poderia vir em melhor hora para nossos atletas. Em 10 combates envolvendo brasileiros em 2018, apenas uma vitória. Porém, o show na capital paraense trará 12 lutas com atletas locais enfrentando lutadores de outros países. Ainda que uma virada do “cartel negativo” de 1-9 seja improvável, diminuir o prejuízo é quase uma obrigação para os donos da casa.

Veja Também

Campeão Whittaker explica doença que o tirou do UFC 221
Em rede social, Anderson Silva diz ser ‘imperfeito’, mas reitera que volta ‘logo’
McGregor diz que Mayweather será ‘assombrado’ se não lutar no UFC

Protagonista da luta principal, Lyoto Machida também busca recuperação. Vindo de três derrotas seguidas, o ex-campeão meio-pesado precisa passar pelo invicto Anders para se manter relevante dentro da divisão de médios (até 84 kg.)

Outro duelo bastante relevante ocorre na recém-aberta categoria peso mosca feminino. A quirguistanesa Valentina Shevchenko, ex-desafiante ao cinturão peso galo e favorita a ganhar o título da nova divisão (hoje em posse de Nicco Montaño), busca se credenciar à disputa com a campeã diante da brasileria Priscila Pedrita, que treina com Jessica Andrade na PRVT e faz sua primeira luta no Ultimate.

Isso sem contar nos duelos envolvendo brasileiros ranqueados, casos de Thiago Marreta (15º melhor peso médio), que enfrenta Anthony Smith, e Deiveson Figueiredo (14º no peso mosca) – o “Deus da Guerra” mede forças com Joseph Morales.

Com a corda no pescoço

L. Machida (esq) pega E. Anders em Belém (Foto: Reprodução Instagram ufc_brasil)

Ex-campeão meio-pesado do UFC, Lyoto Machida retornou em outubro do ano passado após dois anos fora por suspensão relacionada a doping. Porém, a volta não foi como ele esperava – derrota por nocaute diante de Derek Brunson. Poucos meses depois, o Dragão faz sua estreia “em casa” para retornar ao caminho das vitórias.

Diante dele, está o perigoso Eryk Anders. Ex-jogador de futebol americano e com um cartel profissional invicto no MMA até agora, o peso médio, que é casado com uma brasileira, vem de dois triunfos pelo UFC. Curiosamente, seus adversários foram dois brasileiros, o aposentado Rafael Sapo e Markus Maluko.

Diante de Anders, Lyoto sabe que precisa provar que ainda pode ser relevante na categoria peso médio. Nova derrota, que seria a quarta seguida, o coloca perto de uma aposentadoria forçada.

A um passo do paraíso

V. Shevchenko (esq) pega P. Pedrita (esq) (Foto: Reprodução Instagram ufcespanol)

Ex-desafiante ao cinturão peso galo, a quirguistanesa Valentina Shevchenko fará, no UFC Belém, sua estreia no peso mosca, sua categoria natural. Os planos de “Bullet” são claros: conquistar o cinturão da nova divisão, atualmente com Nicco Montaño, e voltar aos galos para buscar a vingança sobre a rival Amanda Nunes.

Antes de carimbar seu passaporte rumo a uma luta com Montaño, porém, Shevchenko precisa confirmar a condição de favorita contra Priscila Pedrita na terceira luta mais importante do evento deste sábado (3).

Priscila fará sua estreia no Ultimate, mas já tem experiência de nível parecido, já que treina com Jéssica Andrade, ex-desafiante ao cinturão peso palha da organização. Pedrita é conhecida pelo apelido de “Garota Zumbi”, pois aguenta muita pancada e segue andando para frente. Promessa de grande luta contra a técnica e violenta Shevchenko.

Ficha técnica do UFC Belém:

DATA E HORÁRIO: 03/02/2018, a partir das 19h45 (horário de Brasília)

LOCAL: Ginásio Mangueirinho, Belém (PA)

TRANSMISSÃO: Canal Combate

Card principal

Peso médio: Lyoto Machida x Eryk Anders

Peso mosca: Valentina Shevchenko x Priscila Pedrita

Peso leve: Michel Trator x Desmond Green

Peso pesado: Tim Johnson x Marcelo Golm

Peso médio: Thiago Marreta x Anthony Smith

Card preliminar

Peso meio-médio: Serginho Moraes x Tim Means

Peso leve: Alan Nuguette x Damir Hadzovic

Peso galo: Douglas de Andrade x Marlon Vera

Peso galo: Iuri Marajó x Joe Soto

Peso mosca: Deiveson Figueiredo x Joseph Morales

Peso mosca: Maia Stevenson x Polyana Viana

Notícias relacionadas