UFC Belém: Lyoto bate o peso e e convoca torcida: ‘Minha estratégia é o apoio de vocês’

Brasileiro bate limite da divisão de médios e confirma disputa contra Eryk Anders; Michael Trator e Pedro Munoz tem problemas com a balança

Lyoto (esq.) e Anders (dir.) fazem luta principal do UFC Belem. Foto: Reprodução / YouTube UFC

Tudo pronto para o UFC Fight NIght Belém, evento que acontece no próximo sábado, na capital paraense. No último compromisso dos atletas antes do show, dois brasileiros tiveram problemas na pesagem oficial do show. Michel Trator e Pedro Munoz não conseguiram bater o limite de suas categorias. Munoz ficou 1,8 kg acima do limite da divisão de galos (61,2 kg.) e seu adversário John Dodson não aceitou a compensação financeira e a disputa foi cancelada. Já Trator repassou 20% de seu salário para Desmond Green e a disputa foi oficializada.

Veja Também

Em rede social, Anderson Silva diz ser ‘imperfeito’, mas reitera que volta ‘logo’
Anderson Silva é pego com testosterona sintética e diurético em antidoping

Protagonista da luta principal da noite, Lyoto Machida foi recebido com festa para torcida. O faixa-preta, que reside em Belem desde a infância usou a libra de tolerância* para bater 84,4 kg e confirmar a disputa contra Eryk Anders.

Na hora da tradicional encarada, Machida protagonizou uma encarada respeitosa e pediu ajuda da torcida para a disputa:

“A minha estratégia é o apoio de vocês! Eu quero esse apoio não só para mim, como para todos os brasileiros que estarão lutando”,  disparou.

Mais destaques

Entre as outras lutas do evento destaque para a Valentina Shevchenko. A quirguistanesa radicada no Peru foi a única estrangeira recebida por aplausos. Ela encara Priscila Pedrita na segunda luta mais importante da noite.

Já o atleta da casa Michel Trator teve uma das recepções mais acaloradas da pesagem. O lutador, que também é  cabo da Rotam, a divisão de elite da polícia paraense – bateu continência perto da balança. O público foi a loucura.

Resultados da pesagem do UFC Belem

CARD PRINCIPAL

Peso médio (até 84 kg): Lyoto Machida (84,4kg) x Eryk Anders (84,4kg)

Peso-mosca (até 56,7 kg): Valentina Shevchenko (56,7kg) x Priscila Pedrita (57,2kg)

Peso-leve (até 70,1kg): Michel Trator (73kg**) x Desmond Green (70,8kg)

Peso-pesado (até 120 kg): Timothy Johnson (119,3kg) x Marcelo Golm (112kg)

Peso-galo (até 61,2kg): Douglas D’Silva (61,7kg) x Marlon Vera (61,7kg)

Peso-médio (até 84 kg): Thiago Marreta (83,9kg) x Anthony Smith (84,4kg)

CARD PRELIMINAR

Peso-meio-médio (até 77,1kg): Serginho Moraes (77,6kg) x Tim Means (77,6kg)

Peso-leve (até 70,3kg): Alan Nuguette (70,8kg) x Damir Hadzovic (70,8kg)

Peso-palha (até 52,1kg): Polyana Viana (52,6kg) x Maia Stevenson (52,6kg)

Peso-galo (até 61,2kg): Iuri Marajó (61,7kg) x Joe Soto (61,2kg)

Peso-mosca (até 56,7 kg): Deiveson Figueiredo (57,2kg) x Joseph Morales (57,2kg)

* Todos os lutadores contaram com uma libra (0,454kg) de tolerância em seus pesos, por não haver lutas válidas por cinturão no evento.

** Lutador ficou acima do peso e terá de pagar 20% de sua bolsa de apresentação ao seu adversário. Caso vença, também cede 20% de sua bolsa de vitória integralmente ao seu adversário.