Alvarez avisa Poirier: ‘Vou dar joelhada na cara, mas em pé’

O ex-campeão superou golpe ilegal no primeiro confronto quando acertou o rosto do adversário enquanto ele estava com quatro apoios no solo

E. Alvarez (foto) quer vitória para ser o próximo desafiante ao título e recuperar o cinturão dos leves. Foto: Reprodução/Instagram @ealvarezfight

O primeiro confronto entre Eddie Alvarez e Dustin Poirier foi durante o UFC 211, em maio do ano passado e terminou com um ‘No Contest’ após o do ex-campeão, acertar uma joelhada ilegal, quando o adversário estava com quatro apoios no chão. Neste sábado (28), os atletas voltam ao octógono no UFC UFC Calgary, no Canadá. Em entrevista ao site “Combate.com”, ‘The Underground King’ prometeu que irá realizar o golpe novamente, mas dentro das regras.

Veja Também

Eddie Alvarez manda recado para Dustin Poirier: “Vejo você em Calgary”
Eddie Alvarez diz não volta a lutar até UFC renovar seu contrato

“Dessa vez vou dar uma joelhada na cara dele, mas em pé, com certeza. Senti que estava no caminho para vencer, mas eu reconheço que acertei a joelhada, fui o culpado. Acho que a luta deveria ter continuado, ele estava consciente o suficiente, com a cabeça limpa, para a luta seguir. Ele tentou burlar o sistema um pouco para receber o dinheiro pela vitória e não funcionou. Nós temos agora a chance de fazer isso novamente”, disse Alvarez.

Alvarez acredita que o vencedor do combate mereça ser o próximo desafiante ao cinturão dos leves que atualmente está com Khabib Nurmagomedov. Mesmo assim, admite que Conor McGregor pode passar na frente e estragar os planos na divisão.

“Não há dúvida, o vencedor da nossa luta tem que ser o próximo a disputar o título. Para trazer um pouco de legitimidade a essa divisão, e para esclarecer as coisas, eu acho que teria que ser o vencedor da minha luta com o Dustin. Ninguém mais está enfrentando lutadores top ou os caras mais perigosos da divisão, apenas nós. Mas acho que McGregor vai voltar”, explicou Eddie.

O contrato de Eddie Alvarez com o Ultimate está chegando ao fim, sua luta contra Poirier é a última do acordo vigente. O ex-campeão já está conversando com a organização para uma renovação do vínculo. “Eu falei com o UFC e ainda estamos conversando, não há nenhum problema, apenas não chegamos a um acordo. Eles têm o que acham que é justo, eu tenho o que eu acho que é justo. Eventualmente vamos chegar a um acordo, mas agora é hora de lutar. Estamos discordando, mas vamos chegar a um acordo positivo”, afirmou.

O UFC Calgary será neste sábado às 16h45 (horário de Brasília). O card principal terá início às 21h. A pesagem cerimonial será na sexta-feira a partir das 20h50min.

Card UFC Calgary

Card Principal

Peso leve: Eddie Alvarez x Dustin Poirier

Peso pena: José Aldo x Jeremy Stephens

Peso palha: Joanna Jedrzjeczyk x Tecia Torres

Peso leve: Alex Hernandez x Olivier Aubin-Mercier

Card Preliminar

Peso meio-médio: Jordan Mein x Alex Morono

Peso pena: Hakeem Dawodu x Austin Arnett

Peso leve: Kajan Johnson x Islam Makhachev

Peso meio-pesado: Gadzhimurad Antigulov x Ion Cutelaba

Peso leve: John Makdessi x Ross Pearson

Peso mosca: Alexis Davis x Katlyn Chookagian

Peso mosca: Dustin Ortiz x Matheus Nicolau

Peso palha: Randa Markos x Nina Ansaroff

Peso leve: Devin Powell x Alvaro Herrera

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário