Weidman recebe gancho de 90 dias após ser nocauteado no UFC 230

O ex-campeão dos médios e Ben Saunders tiveram as maiores suspensões médicas do evento no Madison Square Garden em Nova York (EUA)

Weidman pode retornar em fevereiro de 2019. Foto: Reprodução/Instagram UFCBrasil

Chris Weidman foi nocauteado por Ronaldo Jacaré aos 2m46s do terceiro assalto no evento co-principal do UFC 230, dia 03 de novembro, em Nova York (EUA). Com isso ‘All-American’ recebeu suspensão médica de três meses, um dos maiores ganchos do card. Ben Saunders também vai ficar afastado do octógono por 90 dias.

Veja Também

UFC 230: Jacaré vence Weidman de virada e quebra hegemonia do rival sobre os brasileiros
Após derrota no UFC 230, Weidman promete voltar melhor em próximo combate

Jacaré recebeu um gancho de 30 dias e estará apto para ser o reserva do confronto entre Robert Whittaker e Kelvin Gastelum. A luta pelo título dos médios está escalada para ocorrer no UFC 234 dia 9 de fevereiro em Melbourne, na Austrália.

Os outros dois brasileiros que participaram do UFC 230 levaram sete dias de suspensão. O peso pena Sheymon Moraes venceu Julio Arce em decisão dividida. Em seu retorno para os pesos pesados, Marcos Pezão derrotou Adam Wieczorek na decisão unânime dos juízes.

Lista de suspensões médicas do UFC 230

Chris Weidman: 90 dias

Ben Saunders: 90 dias

Jack Marshman: 60 dias

Landon Vannata: 60 dias

Derek Brunson: 45 dias

Derrick Lewis: 30 dias

Ronaldo Jacaré: 30 dias

David Branch: 30 dias

Jordan Rinaldi: 30 dias

Roxanne Modafferi: 30 dias

Julio Arce: 30 dias

Matthew Frevola: 30 dias

Adam Wieczorek: 30 dias

Brian Kelleher: 30 dias

Jared Cannonier: 14 dias

Karl Roberson: 14 dias

Daniel Cormier: 7 dias

Israel Adesanya: 7 dias

Jason Knight: 7 dias

Sijara Eubanks: 7 dias

Sheymon Moraes: 7 dias

Lyman Good: 7 dias

Shane Burgos: 7 dias

Kurt Holobaugh: 7 dias

Marcos Pezão: 7 dias

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário