Em luta parelha, Glover bate Krylove na decisão dividida dos juízes no UFC Vancouver

Brasileiro passa por bons e maus momentos, mas consegue superar ucraniano na luta co-principal do evento

G. Teixeira em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Twitter @ufcbrasil

O mineiro Glover Teixeira conseguiu um resultado importante no UFC Vancouver, realizado neste sábado (14), no Canadá. O atleta subiu ao octógono para enfrentar Nikita Krylov e acabou dando ao público um combate extremamente técnico e equilibrado. Após três rounds bem disputados, dois juízes deram a vitória para o brasileiro, resultando na vitória do atleta.

Veja Também

Vídeo: Melhores momentos de Michel ‘Paraense Voador’ Perreira x Tristan Connelly no UFC Vancouver
‘Paraense Voador’ exagera em firulas, perde gás e acaba derrotado no UFC Vancouver
Augusto Sakai dá show e aplica nocaute rápido no UFC Vancouver

Com o sonho de disputar novamente o cinturão dos meio-pesados (até 93kg.), que o atleta de Sobrália (MG) tentou conquistar em 2014, o lutador chegou ao Canadá para buscar sua terceira vitória consecutiva.

Durante o duelo, Teixeira mostrou a mesma valentia de sempre e, como em outras ocasiões, conseguiu sair de situações que, para muitos, seriam irreversíveis. O combate marcou, também, a primeira vez que Krylov foi levado ao fim do combate para a decisão dos juízes. Anteriormente, ou o nocauteou, foi nocauteado, finalizou ou foi finalizado.

O triunfo do brasileiro conferiu a 30ª conquista do mineiro da carreira, que conta com sete reveses.

Após a vitória, Glover pediu para atuar no UFC São Paulo, que acontece daqui a dois meses, na capital paulista.

A luta

Os atletas começaram o combate arriscando alguns golpes, após um chute baixo de Krylov, Glover conseguiu segurar as pernas do oponente e levar o oponente para o chão. Com menos de dois minutos, o brasileiro já apresentava um sangramento no rosto, mas estava em melhor posição no combate. No chão, o mineiro conseguiu chegar às costas de Nikita e já começou a buscar o estrangulamento. Quando se defendia da posição, o brasileiro desferia socos na cabeça do adversário para buscar uma brecha, no entanto, o ucraniano conseguiu reverter a posição e acabou virando na montada sobre o atleta de Sobrália. Glover, então, explodiu, saiu da posição, mas acabou deixando o pescoço para uma guilhotina bem ajustada. Teixeira usou sua experiência para conseguir sair e levar o combate para cima. Na trocação, os rivais desferiam golpes e não evitavam o contato. A chance de vitória estava parelha, mas o round foi encerrado.

Na segunda etapa, o brasileiro seguiu tentando levar o combate para o chão. Mesmo com o plano fixo, o brasileiro ainda conectava bons golpes na curta distância, levando sempre perigo ao polonês. Krylov, no entanto, também assustava quando desferia seus golpes. Um cruzado de esquerda de Teixeira balançou Nikita, que precisou correr para não ser atingido em sequência pelo mineiro. Sempre que encontrava uma oportunidade, Glover tentava segurar as pernas do oponente para tentar leva-lo para o chão, mas Nikita defendia bem. Os golpes do brasileiro entravam com perigo no rosto de Krylov, mas Nikita permanecia perigoso no contra-ataque. No minuto final, o ucraniano conseguiu uma queda com facilidade no lutador de Sobrália, que já mostrava sinais de cansaço. O tempo do assalto chegou ao fim.

Glover, no último assalto, aproveitou uma tentativa de queda falha do ucraniano e quase conseguiu aplicar uma guilhotina, mas Nikita mostrou calma e experiência para sair da posição. O brasileiro ainda continuou por cima e quase conseguiu uma chave de braço, mas, novamente Krylove se defendeu e ainda conseguiu se levantar. Sem a mesma energia, agora, era o ucraniano que tentava levar o combate para o chão. O sobraliense tentou uma nova guilhotina, mas já não havia muita força para fazer pressão no pescoço do adversário. Por cima, Teixeira tentava golpear o oponente, mas não havia mais tempo.

Resultados do UFC Vancouver

CARD PRINCIPAL

Peso leve (até 70,3kg.): Justin Gaethje derrotou Donald Cerrone por nocaute a 4m18s do R1

Peso meio-pesado (até 93kg.): Glover Teixeira derrotou Nikita Krylov na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso pesado (até 120,2kg.): Todd Duffee x Jeff Hughes terminou em No Contest (sem resultado)

Peso meio-médio (até 77kg.): Tristan Connelly derrotou Michel Pereira na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-27, 29-27)

Peso médio (até 83,9kg.): Uriah Hall derrotou Antônio Cara de Sapato na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso meio-pesado (até 93kg.): Misha Cirkunov derrotou Jimmy Crute por finalização a 3m38s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso pesado (até 120,2kg.): Augusto Sakai derrotou Marcin Tybura por nocaute a 59s do R1

Peso galo (até 62,3kg.): Cole Smith derrotou Miles Johns derrotou Cole Smith na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso galo (até 62,3kg.): Hunter Azure derrotou  Brad Katona na decisão unânime dos juízes (30-27 30-27 29-28)

Peso pena (até 65,7kg.): Chas Skelly derrotou Jordan Griffin na decisão unânime dos juízes (29-28 29-28 29-28)

Peso galo (até 62,3kg.): Louis Smolka derrotou Ryan MacDonald por nocaute a 4m43s do R1

Peso leve (até 70,3kg.):  Austin Hubbard derrotou Kyle Prepolec na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments