Bobby Green supera Clay Guida por pontos no UFC Las Vegas 3

Em luta de três rounds, atleta supera veterano e volta a vencer após mais de um ano

B. Green (dir.) provoca C. Guida em luta no UFC Las Vegas 3. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

No embate entre veteranos, Bobby Green levou a melhor sobre Clay Guida. Em confronto que marcou a última luta do card preliminar, realizado neste sábado (20), pelo UFC Las Vegas 3, Green conseguiu se defender das tentativas de queda do rival e levou o triunfo na decisão unânime dos juízes.

Veja Também

Em luta morna, Curtis Blaydes domina Alexander Volkov e vence russo no UFC Las Vegas 3
UFC Las Vegas 3: Curtis Blaydes x Alexander Volkov – Resultados
De olho no cinturão dos pesados, Curtis Blaydes e Alexander Volkov se enfrentam neste sábado

Bobby subiu ao octógono na intenção de apagar uma sequência negativa de dois reveses. O norte-americano não vencia desde janeiro de 2018, quando bateu Erik Koch. O atleta vinha de derrota para Francisco Massaranduba no UFC São Paulo, realizado em novembro do ano passado.

Mesmo com a movimentação intensa de costume, Clay acabou sofrendo sua segunda derrota consecutiva. O atleta acabou não tendo êxito em suas quedas e foi vítima dos ataques do adversário, que acertava o rosto do veterano com jabs e diretos.

A luta

O combate começou com os atletas se estudando no centro do octógono. Green abaixou a guarda e começou a provocar Guida logo no início. Clay ensaiou uma sequência de socos e buscou as pernas de Bobby, que foi ao chão, mas se levantou em seguida. O duelo seguiu movimentado com os atletas trocando golpes no centro do octógono. Próximo ao minuto final, Guida conseguiu uma nova queda no rival, que novamente conseguiu ficar de pé. Clay, então, pressionou o adversário contra as grades e tentava encontrar a chance para uma finalização até que o cronômetro zerou.

Na segunda etapa, Guida seguia buscando levar o confronto para o chão. Bobby, porém, se mantinha atento nas defesas de queda e apostava na trocação. Bobby voltou a abaixar a guarda e tentava atrair Guida para sua zona de ação. Clay voltou a derrubar o rival, mas Green se levantou. Bobby seguia mais efetivo na luta em pé e conectava bons jabs e diretos no veterano. Nos segundos finais, os atletas partiram para a trocação franca, mas não havia mais tempo.

No último round, Clay tentava pontuar e buscava derrubar o oponente. Green voltou a cair, mas, como nas vezes anteriores, conseguiu se colocar de pé. Na metade da etapa, Bobby conseguiu um bom soco de encontro enquanto o adversário tentava chegar às suas pernas. O veterano não acusou o golpe e seguia agarrado às pernas do oponente. No minuto final, os atletas seguiam na luta agarrada, mas sem muita ação. O confronto seguiu frio até seu fim.

Marc-André Barriault bate Oskar Piechota e vence primeira no UFC

M. Barriault conseguiu a primeira vitória no UFC sobre O. Piechota. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

Na luta dos desesperados, Marc-André Barriault se deu melhor no encontro contra Oskar Piechota. Vindo de três derrotas consecutivas, o canadense não tomou conhecimento do rival e aplicou um duro nocaute no segundo round, conquistando a primeira vitória desde sua estreia no Ultimate.

Assim como Marc, Oskar também precisava vencer na organização para se afastar do risco de demissão. Com o novo resultado negativo, o polonês, agora, tem quatro derrotas consecutivas e pode ser dispensado pela empresa.

Barriault, agora, tem 12 triunfos como profissional no MMA. O atleta foi batido em quatro compromissos.

Justin Jaynes estreia no UFC com grande nocaute sobre Frank Camacho

J. Jaynes (dir.) aplicou duro nocaute em F. Camacho no UFC Las Vegas 3. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

Escalado de última hora para substituir Matt Frevola, Justin Jaynes não se intimidou diante de Frank Camacho. Em sua estreia no UFC, o norte-americano precisou de apenas 41 segundos para aplicar um grande nocaute sobre seu adversário e chegou à quinta vitória consecutiva na carreira.

Além de falhar no corte de peso na tarde da última sexta-feira (19), Camacho acabou amargando sua segunda derrota consecutiva pela organização.

Justin, agora, tem 16 vitórias como profissional no MMA. O atleta perdeu em quatro ocasiões.

Lauren Murphy domina Roxanne Modafferi e vence por pontos

L. Murphy dominou R. Modafferi no UFC Las Vegas 3. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

Ex-campeã do Invicta FC, Lauren Murphy conquistou sua segunda vitória consecutiva pelo UFC. Após um primeiro round equilibrado contra Roxanne Modafferi, a norte-americana dominou a compatriota nos assaltos finais e conquistou o triunfo na decisão unânime dos juízes.

O confronto entre as norte-americanas marcava a disputa entre duas combatentes que almejavam se aproximar do top 5 das moscas (até 56,7kg.). Com o resultado positivo, Murphy, agora, deve ultrapassar Roxanne, que figurava na sexta posição no grupo dominado por Valentina Shevchenko.

O revés marcou a 17ª derrota na cerreira da experiente Modafferi. Profissional no MMA desde 2003, a lutadora vinha de grande vitória sobre a promissora Maycee Barber, em janeiro deste ano.

Resultados do UFC Las Vegas 3

CARD PRINCIPAL

Curtis Blaydes derrotou Alexander Volkov na decisão unânime dos juízes (48-47, 49-46, 48-46)

Josh Emmett derrotou Shane Burgos na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-27)

Raquel Pennington derrotou Marion Reneau na decisão unânime dos juízes (30-27, 28-28, 29-28)

Belal Muhammad derrotou Lyman Good na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Jim Miller finalizou Roosevelt Roberts com uma chave de braço a 2m25s do R1

CARD PRELIMINAR

Bobby Green derrotou Clay Guida na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

Peso palha: Tecia Torres derrotou Brianna van Buren na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso médio: Marc-André Barriault derrotou Oskar Piechota por nocaute a 4m50 do R2

Peso mosca: Gillian Robertson finalizou Cortney Casey com um mata-leão a 4m32s do R3

Peso leve: Justin Jaynes derrotou Frank Camacho por nocaute técnico a 41s do R1

Peso mosca: Lauren Murphy derrotou Roxanne Modafferi na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28)

Peso leve: Austin Hubbard derrotou Max Rohskopf por nocaute técnico a 5m do R2

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments