Jéssica ‘Bate-Estaca’ cresce no fim, mas perde para Rose Namajunas em revanche no UFC 251

Brasileira pressiona no terceiro round, mas acaba superada por norte-americana na decisão dividida dos juízes

R. Namajunas (dir.) derrotou J. Andrade (esq.) no UFC 251. Foto: Reprodução/Instagram

Na luta que precedeu as três disputas de cinturão, no UFC 251, realizado neste sábado (11), em Abu Dhabi, Rose Namajunas superou Jéssica ‘Bate-Estaca’ na revanche entre as ex-campeã das palhas (até 52,1kg.). Em três rounds bem disputados, a norte-americana foi melhor nos primeiros assaltos e saiu vencedora na decisão dividida dos juízes.

Veja Também

Elizeu Capoeira é derrotado por Muslim Salikhov em luta tensa no UFC 251
Deiveson Figueiredo testa positivo para COVID-19 e pode deixar luta por cinturão contra Joseph Benavidez
Alexander Volkanovski derrota Max Holloway e mantém cinturão dos penas no UFC 251

O confronto entre as palhas marcava a reedição do encontro ocorrido em maio do ano passado, quando as combatentes trocaram forças em disputa do título da categoria. Na ocasião, Andrade acabou promovendo um nocaute histórico e tomou o cinturão da então campeã.

Neste final de semana, as atletas se reencontraram em busca de uma nova chance de disputarem a cinta da categoria no futuro. Dispostas a vencer a todo custo, as atletas, então, protagonizaram um dos confrontos mais disputados da noite.

Com o triunfo, Namajunas se coloca como forte candidata a encarar Weili Zhang pelo cinturão da categoria.

A luta

O confronto começou com Jéssica tomando a iniciativa com um chute baixo. Rose respondeu com um jab e seguia tentando encontrar a distância. A brasileira se movimentava bastante e se esquivava das investidas da norte-americana. Na metade do round, Namajunas conectou uma boa sequência de socos, mas não abalaram a paranaense. ‘Bate-Estaca’ buscava o nocaute, mas seus golpes passaram no vazio. Rose permanecia pontuando mais usando o boxe, mas a brasileira continuava caminhando para frente. Nos segundos finais, as palhas se estudaram no centro do octógono até que o cronômetro zerou.

No segundo round, Rose seguia apostando nas combinações de socos, mas Andrade mostrava perigo nos contragolpes. Passados dois minutos, Andrade conectou um gancho na linha de cintura de Namajunas, que respondeu com um direto. Rose arriscou uma joelhada voadora, mas acabou se desequilibrando. ‘Bate-Estaca’ retrucou com um chute alto, mas o golpe passou no vazio. No minuto final, a paranaense buscou a luta agarrada, mas foi afastada pela oponente. A norte-americana seguia lutando na longa distância, evitando trocar forças no corpo a corpo com a brasileira. Próximo do fim do assalto, as atletas partiram para a trocação franca, mas não havia mais tempo.

O último round começou com Jéssica conectando um bom direto que explodiu no rosto de Rose. Em seguida, a brasileira desferiu um chute alto, mas o ataque parou na guarda de Namajunas. A norte-americana seguia pontuando com jabs e diretos e Andrade tentava responder com cruzados potentes. Na metade do assalto, ‘Bate-Estaca’ levou o confronto para o chão, mas Rose conseguiu se levantar. Próximo do fim do confronto, o nariz de Namajunas apresentava um sangramento e a paranaense começou a impor seu ritmo. No minuto final, Andrade seguia pressionando e tinha a vantagem no confronto. As atletas seguiam se atacando no fim até a luta acabar.

Amanda Ribas dá show e finaliza Paige VanZant

A. Ribas finalizou P. VanZant no UFC 251. Foto: Reprodução/Facebook @ufc

Show brasileiro. Na luta que abriu o card principal do UFC 251, Amanda Ribas fez valer o jiu-jistu de excelência e finalizou Paige VanZant no primeiro round. A brasileira precisou de menos de três minutos para encaixar uma chave de braço na norte-americana, obrigando a rival a bater em desistência.

Considerada uma das maiores promessas tupiniquins para a categoria das palhas (até 52,1kg.), Ribas topou o desafio de encarar VanZant entre as moscas (até 56,7kg.) no confronto que pode ter marcado a despedida de Paige da organização.

Com o novo resultado positivo, Amanda segue invicta na companhia, com quatro vitórias desde sua estreia.

Paige subiu no octógono neste final de semana para cumprir a última luta de seu contrato com o UFC. Após o revés, não se sabe se a combatente renovará com a empresa.

Resultados do UFC 251

CARD PRINCIPAL

Peso meio-médio: Kamaru Usman derrotou Jorge Masvidal na decisão unânime dos juízes (50-45, 50-45, 49-46) – Luta por cinturão

Peso pena: Alexander Volkanovski derrotou Max Holloway na decisão dividida dos juízes (48-47, 48-47, 48-47) – Luta por cinturão

Peso galo: Petr Yan derrotou José Aldo por nocaute a 3m24s do R5- Luta por cinturão

Peso palha: Rose Namajunas derrotou Jéssica Bate-Estaca na decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca: Amanda Ribas finalizou Paige VanZant com uma chave de braço 2m21s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso meio-pesado: Jiri Prochazka derrotou Volkan Oezdemir por nocaute a 49s do R2

Peso meio-médio: Muslim Salikhov derrotou Elizeu Capoeira na decisão dividida dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

Peso pena: Makwan Amirkhani finalizou Danny Henry com um triângulo de mão a 3m15s do R1

Peso leve: Léo Santos derrotou Roman Bogatov na decisão unânime dos juízes (29-26, 29-26, 29-26)

Peso pesado: Marcin Tybura derrotou Maxim Grishin na decisão unânime dos juízes (30-2, 30-27, 30-26)

Peso mosca: Raulian Paiva derrotou Zhalgas Zhumagulov na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso galo: Karol Rosa derrotou Vanessa Melo na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-26, 30-27)

Peso galo: Davey Grant derrotou Martin Day por nocaute a 2m38s do R3

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments