Júnior Cigano não resiste à força de Jairzinho Rozenstruik e sofre duro nocaute no UFC 252

Brasileiro tem bom começo, mas acaba sucumbindo à pressão do surinamês e perde terceira seguida no Ultimate; Marlon Vera tira invencibilidade de Sean O'Malley

J. Rozenstruik derrotou J. Cigano por nocaute no UFC 252. Foto: Reprodução/Facebook @ufc

Implacável. Jairzinho Rozenstruik fez valer a fama de nocauteador e fez de Júnior Cigano mais uma de suas vítimas. Em uma das lutas principais do UFC 252, realizado neste sábado (15), em Las Vegas (EUA), o surinamês não tomou conhecimento do ex-campeão dos pesados (até 120,2kg.) e venceu de forma brutal no segundo round.

Veja Também

VÍDEO: Assista o nocaute brutal de Jairzinho Rozenstruik sobre Júnior Cigano no UFC 252
Em luta emocionante, Stipe Miocic derrota Daniel Cormier, aposenta rival e mantém cinturão no UFC 252
Virna Jandiroba e Livinha Souza vencem no card preliminar do UFC 252
Herbert Burns é surpreendido por Daniel Pineda e perde por nocaute no UFC 252

O resultado confirma a má fase de Cigano no Ultimate. O nocaute sofrido para Jairzinho marcou a terceira derrota consecutiva do brasileiro, que não vence desde março do ano passado.

Com o triunfo, Rozenstruik se recupera da dura derrota sofrida para Francis Ngannou em maio do ano passado. O surinamês, agora, se coloca em posição de destaque para uma futura disputa de cinturão.

A luta

O duelo começou com os dois atletas se estudando no centro do octógono. Cigano tomou a iniciativa com um chute baixo, que foi respondido com um direto do surinamês. Júnior pontuava com socos na linha de cintura de Jairzinho, que aguardava o melhor momento para atacar. O brasileiro conectou um chute alto, eue parou na guarda do adversário. O catarinense se movimentava bem, mas quase foi surpreendido com um contragolpe de Rozenstruik. O duelo seguia tenso e os pesados seguiam dividindo no meio do octógono. Após arriscar um chute, Júnior teve a perna segurada e acabou sofrendo uma sequência de socos. O brasileiro respondeu com um cruzado, que entrou limpo no rosto do surinamês. Nos segundos finais, o confronto foi interrompido após um chute na região genital desferido por Jairzinho. A luta voltou, mas não havia mais tempo.

No segundo round, Rozenstruik tomou a iniciativa com uma combinação de socos, que quase balançaram o brasileiro. Cigano conseguiu se desvencilhar e seguiu pontuando com jabs. Passados dois minutos, o catarinense voltou a surpreender o surinamês com um cruzado, mas Jairzinho mostrava muita resistência. O brasileiro tentava encurtar a distância para golpear com mais eficiência. Na metade do assalto, o brasileiro conectou um bom direto no adversário, mas Jairzinho seguia perigoso nos contra-ataques. Quase no minuto final, Rozenstruik acertou o brasileiro com uma sequência de socos, que derrubaram o ex-campeão. Jairzinho seguiu batendo até que o árbitro parou o confronto e decretou o nocaute.

Marlon Vera surpreende e tira a invencibilidade de Sean O’Malley

Representante dos galos (até 61,2kg.), Marlon Vera calou os críticos e colocou fim na invencibilidade do promissor Sean O’Malley na luta co-principal da noite. Após um início de confronto movimentado, o equatoriano se aproveitou de uma lesão no pé do norte-americano e conquistou um nocaute logo no primeiro round.

Vera chegou ao confronto como grande azarão. Para vencer, o combatente teria que colocar fim à invencibilidade de Sean, que durava 12 apresentações.

O’Malley vinha de quatro vitórias consecutivas desde sua estreia no Ultimate. Com atuações seguras e imponentes, o norte-americano é considerado um grande candidato a nova estrela da organização.

Resultados do UFC 252

CARD PRINCIPAL

Peso pesado: Stipe Miocic derrotou Daniel Cormier na decisão unânime dos juízes (49-46, 48-47, 49-46) – Luta pelo cinturão

Peso galo: Marlon Vera derrotou Sean O’Malley por nocaute técnico a 4m40s do R1

Peso pesado: Jairzinho Rozenstruik derrotou Júnior Cigano por nocaute técnico a 3m47s do R2

Peso pena: Daniel Pineda derrotou Herbert Burns por nocaute técnico a 4m37s do R2

Peso galo: Merab Dvalishvili derrotou John Dodson na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso leve: Vinc Pichel derrotou Jim Miller na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-27)

Peso palha: Virna Jandiroba finalizou Felice Herrig com uma chave de braço a 1m44s do R1

Peso pena: Danny Chavez derrotou TJ Brown na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso-palha: Livinha Souza derrotou Ashley Yoder na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

Peso pesado: Chris Daukaus derrotou Parker Porter por nocaute técnico a 4m28s do R1

Peso pena: Kai Kamaka III derrotou Tony Kelley na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments