Vídeo: Com Johnny Walker de tradutor, Michel Pereira desafia Anthony Pettis: ‘Quero acabar com você’

‘Paraense Voador’ participa de podcast nos Estados Unidos e pede luta contra ex-campeão dos leves

M. Pereira (foto) faz desafio a A. Pettis. Foto: Reprodução/Instagram

Depois de brutalizar Zelim Imadaev em seu último compromisso, Michel Pereira entrou oficialmente nos holofotes dos fãs e diretoria do Ultimate. Aproveitando o sucesso, o ‘Paraense Voador’, em participação no podcast ‘What Happens Here’, com ajuda de Johnny Walker, o ex-campeão dos leves (até 70,3kg.), Anthony Pettis.

Veja Também

Adesanya divulga suposta conversa privada com Borrachinha após UFC 253: ‘Na próxima, seja mais respeitoso’
Dana White critica Conor McGregor por tentar roubar os holofotes dos demais lutadores: ‘Sempre faz isso’
Vídeo: Ex-UFC aplica nocaute fulminante em brasileiro com chute giratório, em evento russo
Holly Holm comemora grande atuação no UFC Ilha da Luta 4 e não tem pressa para lutar pelo cinturão dos galos
Mike Perry pode ter fã em seu córner, ao lado de namorada, na próxima luta: ‘O que pagar mais’

Anthony Pettis, eu quero acabar com você”, disse o brasileiro, sendo auxiliado por Walker, na tradução.

Johnny e Pereira têm agitado os fãs com uma amizade que vem sendo registrada nas redes sociais. Grandes representantes e apostas brasileiras no UFC, os combatentes são conhecidos pela maneira irreverente e agressiva com que conduzem seus confrontos.

Quando bateu Imadaev, além de impressionar uma grande parcela dos entusiastas do esporte, Michel provou mais uma vez que não está no Ultimate para brincadeiras. O combatente teve seu trabalho reconhecido e deixou o evento, realizado no início de setembro, com um dos bônus (cerca de R$260 mil) de ‘Performance da Noite’.

Pettis, que já foi um dos nomes mais importantes da organização, não atua desde maio. Na ocasião, o norte-americano se afastou de duas derrotas consecutivas ao bater Donald Cerrone, no UFC 249. Sem adversário para o próximo compromisso, Anthony chegou a aceitar um desafio de Anderson Silva para uma superluta. A diretoria da empresa, no entanto, não quis negociar o duelo.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments