Em apresentação de gala, Brian Ortega supera ‘Zumbi Coreano’ e se aproxima de luta por cinturão

Norte-americano faz luta segura, domina Chan Sung Jung por cinco rounds e desafia Alexander Volkanovski por título dos penas

B. Ortega (dir.) derrotou o Zumbi Coreano no UFC Ilha da Luta 6. Foto: Reprodução/Instagram

Mesmo sem dar show, Brian Ortega deu aula de técnica na luta contra Chan Sung Jung, o ‘Zumbi Coreano’, na luta principal do UFC Ilha da Luta 6, realizado neste sábado (17), em Abu Dhabi. Com uma performance segura e dominante, o norte-americano saiu vencedor na decisão unânime dos juízes e se aproximou de mais uma disputa de cinturão no peso pena (até 65,7kg.).

Veja Também

Jéssica Bate-Estaca salva noite brasileira, vence número um e pede disputa de cinturão
VÍDEO: Assista o nocaute de Jéssica Bate-Estaca sobre Katlyn Chookagian no UFC Ilha da Luta 6
VÍDEO: Assista os melhores momentos de Brian Ortega x Zumbi Coreano no UFC Ilha da Luta 6
De volta após um ano, Poliana Botelho é dominada por Gillian Robertson e perde por pontos no UFC Ilha da Luta 6

Atual número dois no ranking da categoria, Ortega praticamente carimbou a passagem para enfrentar o atual campeão, Alexander Volkanovski. Antes do duelo, o presidente da organização, Dana White, havia confirmado que o vencedor do duelo iria encarar o australiano.

O embate contra o ‘Zumbi Coreano’ marcou o retorno de Brian ao octógono após mais de um ano afastado do esporte. Seu último compromisso havia sido em uma luta pelo título, em dezembro de 2018, quando acabou perdendo para o então campeão, Max Holloway.

O triunfo de Brian encerra a boa fase de Jung, que vinha de dois grandes nocautes na carreira. Na última atuação do sul-coreano, o atleta superou o veterano Frankie Edgar, encerrando o confronto no primeiro round.

A luta

O confronto começou com os atletas se estudando no centro do octógono. Ortega tentava encontrar a melhor distância, enquanto Jung cercava o rival. O norte-americano passou a pontuar com jabs e chutes o sul-coreano respondeu na mesma moeda. Na metade do round, Brian surpreendeu o oponente com um cruzado limpo no rosto, mas o ‘Zumbi Coreano’ não acusou o golpe. A luta seguia tensa e os combatentes se cuidavam para não cometer um erro fatal. Próximo ao minuto final, Sung tentou um chute na linha de cintura, mas teve a perna segurada e sofreu um duro contragolpe de Ortega, que levou o sul-coreano ao chão. Jung se levantou e os atletas trocaram ataques até que o cronômetro zerou.

Na segunda etapa, o ‘Zumbi Coreano’ começou pressionando Brian contra as grades e desferindo ataques na cabeça e tronco. O norte-americano respondeu na mesma moeda e, na sequência tentou, sem sucesso, aplicar uma queda no adversário. Jung tentava encurtar a distância e seguia cercando Ortega, mas o norte-americano mostrava muita concentração e absorvia bem as ações do oponente. Nos segundos finais, Ortega esquivou um ataque do ‘Zumbi Coreano’ e conseguiu derrubar o oponente com uma bela cotovelada giratória. Sung, no entanto, mostrou muita raça, conseguiu se levantar e seguiu no confronto. Brian tentou se aproveitar do bom momento, seguiu golpeando, mas não havia mais tempo.

Brian desferiu o primeiro golpe no terceiro assalto. Com um jab, seguido de dois chutes baixos, o norte-americano seguia em vantagem e pontuando contra o adversário. Passados quase três minutos, Jung arriscou uma sequência de socos e obrigou Brian a caminhar para trás. O norte-americano, no entanto, levava perigo nos contra-ataques seguia superior. Próximo do fim, Ortega conectou um direto de esquerda, que balançou o ‘Zumbi Coreano’, mas a etapa terminou.

O quarto round começou com o sul-coreano tentando se recuperar do prejuízo. Caminhando para frente, o atleta tentava surpreender o norte-americano, mas Brian seguia concentrado e disposto a não errar. Sempre seguro nos ataques, Brian voltou conectar um direto, que explodiu no rosto do oponente, mas Jung seguia sem mostrar abalo. Passados dois minutos, o árbitro paralisou o duelo para avaliar um corte no supercílio de Chan. O confronto voltou com os lutadores trocando socos no centro do octógono. Com o passar do tempo, Brian seguia impressionando com a técnica apurada na trocação, não dando espaço para os ataques do adversário. Nos segundos finais, os atletas começaram uma trocação franca, mas não tinha mais tempo.

Ortega voltou a tomar a iniciativa do confronto no último round. Com um chute baixo, o norte-americano pontuou e seguia seguindo à risca o plano de luta. Brian voltou a assustar com uma sequência de socos, mas Jung não desistia e continuava caminhando para frente. Os golpes de Brian entravam limpos no rosto do ‘Zumbi Coreano’ e o combatente não se rendia. Com quase 25 minutos de luta, Brian ainda se movimentava bastante, mostrando grande forma física. Próximo do minuto final, o norte-americano passou a atuar na segurança, batendo e saindo, para evitar uma surpresa. Quase no encerramento do duelo, o ‘Zumbi Coreano’ precisava ir para o tudo ou nada, mas não teve tempo para tentar o nocaute ou a finalização.

Resultados do UFC Ilha da Luta 6

CARD PRINCIPAL

Peso pena: Brian Ortega derrotou Chan Sung Jung na decisão unânime dos juízes (50-45, 50-45, 50-45)

Peso mosca: Jéssica Bate-Estaca derrotou Katlyn Chookagian por nocaute a 4m55s do R1

Peso meio-pesado: Jimmy Crute derrotou Modestas Bukauskas por nocaute 2m01s do R1

Peso meio-médio: James Krause derrotou Cláudio Hannibal na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso pena: Jonathan Martinez derrotou Thomas Almeida na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso leve: Guram Kutateladze derrotou Mateusz Gamrot na decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca: Gillian Robertson derrotou Poliana Botelho na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-27, 29-27)

Peso médio: Jun Yong Park derrotou John Phillips na decisão unânime dos juízes (30-25, 30-25, 30-25)

Peso leve: Fares Ziam derrotou Jamie Mullarkey na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-pesado: Maxim Grishin derrotou Gadzhimurad Antigulov por nocaute técnico a 4m58s do R2

Peso galo: Said Nurmagomedov derrotou Mark Striegl por nocaute a 51s do R1

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments