Warlley Alves faz bonito e atropela Mounir Lazzez no UFC Ilha da Luta 8 | SUPER LUTAS

Warlley Alves faz bonito e atropela Mounir Lazzez no UFC Ilha da Luta 8

Brasileiro se recupera de derrota para Randy Brown e conquista um nocaute avassalador na luta co-principal

W. Alves (esq.) nocauteou M. Lazzez (dir.) no UFC Ilha da Luta 8. Foto: Reprodução/Instagram

Implacável. Último brasileiro a subir no octógono no UFC Ilha da Luta 8, realizado nesta quarta-feira (20), Warlley Alves teve uma atuação de gala no confronto co-principal. No duelo contra Mounir Lazzez, o mineiro não deu chances ao rival e venceu com um nocaute devastador ainda no primeiro round. Viviane Araújo também fez bonito no evento; Vinícius Mamute e Douglas D’ Silva perderam em seus compromissos.

Veja Também

Representante dos meio-médios (até 77kg.), Alves subiu no octógono para tentar se recuperar da derrota sofrida para Randy Bronw, em novembro de 2019. Com o triunfo, o campeão do TUF (The Ultimate Fighter) Brasil 3 dá um passo para chegar à elite da categoria liderada por Kamaru Usman.

Considerado uma promessa para a divisão, Lazzez sofreu o primeiro nocaute na sua carreira. Antes do confronto contra Warlley, o tunisiano somava apenas um revés, quando ainda atuava pelo Brave.

Na entrevista após o confronto, Alves desafiou Nate Diaz.

A luta

O confronto começou com Warlley partindo para cima do rival logo nos segundos iniciais. Após uma sequência de golpes, o brasileiro passou a pressionar Lazzez nas grades e passou a atacar com cotoveladas e joelhadas. Mounir conseguiu se desvencilhar, mas quase foi surpreendido por um soco rodado de Alves. Na sequência, o mineiro conseguiu uma bela queda. O tunisiano conseguiu explodir e se levantar, mas o tupiniquim seguia pressionando o oponente. Warlley se afastou e conectou uma sequência de três chutes na linha de cintura do rival. Lazzez sentiu e desabou. Aproveitando o bom momento, Alves seguiu atacando Mounir até que o árbitro interrompeu o confronto.

Mamute perde quarta seguida e se complica de vez

I. Villanueva derrotou V. Mamute no UFC Ilha da Luta 8. Foto: Reprodução/Instagram

Um dos quatro brasileiros no card principal, Vinícius Mamute pode ter se despedido do UFC nesta quarta-feira. Representante dos meio-pesados (até 93kg.), o atleta do Distrito Federal foi mal e acabou nocauteado por Ike Villanueva. O resultado marcou o quarto resultado negativo em sequência para Mamute.

Vinícius chegou à ‘Ilha da Luta’ pressionado por um resultado positivo. Revelado pelo ‘Dana White’s Contender Series’, o combatente não havia vencido nenhuma luta em três apresentações pela empresa. Com o novo revés, Mamute deve integrar a temida ‘barca’ de dispensas da companhia.

Villanueva, que também estava ‘pendurado’, respira no Ultimate. O norte-americano vinha de dois resultados negativos em sequência.

Viviane Araújo domina Modafferi e avança na divisão

V. Araújo (dir.) derrotou R. Modafferi no UFC Ilha da Luta 8. Foto: Reprodução/Instagram

Candidata a uma futura disputa de cinturão no peso palha (até 56,7kg.), Viviane Araújo deu mais um passo rumo a uma luta pelo título da divisão. No confronto contra Roxanne Modafferi, a brasileira não deu chances para a norte-americana e venceu o confronto na decisão unânime dos juízes.

Com uma atuação dominante durante 15 minutos, a tupiniquim chegou ao segundo resultado positivo em sequência. Em seu último compromisso, realizado em setembro, a atleta do Distrito Federal havia superado Montana De La Rosa, também de forma imponente. Atual número nove no ranking liderado por Valentina Shevchenko, Viviane deve ganhar uma posição no grupo.

O revés impediu que Modafferi confirmasse a boa fase. A veterana de 38 segue com uma trajetória irregular dentro do Ultimate, com seis triunfos nos últimos 10 compromissos.

Lerone Murphy controla Douglas D’Silva e vence por pontos

D. Silva foi derrotado por L. Murphy no UFC Ilha da Luta 8. Foto: Reprodução/Instagram

Não deu para Douglas D’Silva. Primeiro brasileiro a subir no octógono no card principal, o paraense não teve vida fácil contra Lerone Murphy e acabou não conseguindo a segunda vitória consecutiva. Ao fim de três rounds, o inglês foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

Silva chegou ao compromisso para tentar confirmar a boa fase na carreira. Em seu último desafio, o brasileiro havia superado Renan Barão no UFC São Paulo, em novembro de 2019. Agora, Douglas soma três derrotas nas últimas cinco lutas pelo Ultimate e tem o sinal de alerta ligado.

O triunfo sobre o paraense firmou ainda mais Murphy como uma promessa para o peso pena (até 65,7kg.). Com o resultado, o inglês segue invicto na carreira com 10 vitórias e um empate.

Omari Akhmedov finaliza Tom Breese no card principal

O. Akhmedov finalizou T. Breese no UFC Ilha da Luta 8. Foto: Reprodução/Instagram

Na luta que abriu o card preliminar, uma finalização. No confronto disputado no peso médio (até 83,9kg.), Omari Akhmedov retomou o caminho das vitórias e superou Tom Breese com um katagatame no segundo round.

Com o resultado, Akhmedov se recuperou da derrota em sua última apresentação, quando foi batido pelo antigo campeão da categoria, Chris Weidman. Agora, o atleta soma 21 triunfos em 27 compromissos como profissional no MMA.

Breese, que vinha de vitória em outubro do ano passado, sofreu seu terceiro revés na carreira. A última derrota do atleta havia acontecido em fevereiro de 2020.

Resultados do UFC Ilha da Luta 8

CARD PRINCIPAL

Peso meio-médio: Michael Chiesa derrotou Neil Magny na decisão unânime dos juízes (49-46, 49-46, 49-46)

Peso meio-médio: Warlley Alves derrotou Mounir Lazzez por nocaute técnico a 2m25s do R1

Peso meio-pesado: Ike Villanueva derrotou Vinícius Mamute por nocaute a 39s do R2

Peso mosca: Viviane Araújo derrotou Roxanne Modafferi na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-27)

Peso mosca: Matt Schnell derrotou Tyson Nam na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso pena: Lerone Murphy derrotou Douglas D’Silva na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso médio: Omari Akhmedov finalizou Tom Breese com um katagatame a 1m41s do R2

CARD PRELIMINAR

Peso galo: Ricky Simon finalizou Gaetano Pirrello com um katagatame a 4m do R2

Peso mosca: Su Mudaerji derrotou Zarrukh Adashev na decisão unânime dos juízes (29-28,30-27, 29-28)

Peso médio: Dalcha Lungiambula derrotou Markus Maluko na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca: Francisco Figueiredo derrotou Jerome Rivera na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso leve: Mike Davis derrotou Mason Jones na decisão unânime dos juízes (29-28,29-28, 29-28)

Peso pena: Umar Nurmagomedov finalizou Sergey Morozov com um mata-leão a 3m39s do R2

Peso mosca: Manon Fiorot derrotou Victoria Leonardo por nocaute técnico a 4m48s do R2

 

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments