Usman cobra maior frequência de Covington e desdenha de desafio do rival: 'Não pode ficar só esperando' | SUPER LUTAS

Usman cobra maior frequência de Covington e desdenha de desafio do rival: ‘Não pode ficar só esperando’

Após atropelar Jorge Masvidal no UFC 261, campeão responde ao desafio do norte-americano, que é considerado o próximo da fila

K. Usman (dir.) derrotou C. Covington (esq.) por nocaute no UFC 245. Foto: Reprodução/Instagram

Líder absoluto nos meio-médios (até 77kg.), Kamaru Usman adota postura séria quando o assunto é Colby Covington. Desafiado pelo norte-americano após atropelar Jorge Masvidal no UFC 261, o nigeriano respondeu com desdém às investidas do falastrão. Em coletiva após o show, o campeão falou sobre a situação e fez uma cobrança ao rival.

Veja Também

Eu nocauteei meus últimos três oponentes. No momento, eu preciso de um tempo, continuar treinando e melhorando. Esse cara tem que me mostrar alguma coisa. Agora, eu sou o campeão e o cara mais ativo na divisão. Ele não pode ficar apenas esperando que eu o chame. Pergunte ao Dana (White), eu enfrentei todos os que eles colocaram na minha frente. Eu nunca disse ‘não”, afirmou o nigeriano.

Presente em Jacksonville (EUA) para acompanhar de perto o UFC 261, Covington viu de perto o atropelo do rival sobre Masvidal. Mesmo assistindo ao nocaute devastador, o norte-americano não se impressionou com a performance do nigeriano e seguiu afirmando que será o próximo da fila para a eventual revanche.

Desafetos confessos, Usman e Colby se enfrentaram pela primeira vez em dezembro de 2019. Na ocasião, os atletas protagonizaram um dos embates mais emocionantes daquela temporada. O duelo, no entanto, não acabou bem para o falastrão, que acabou batido com um nocaute no último assalto.

Com o triunfo sobre Jorge, Kamaru atingiu a marca de quatro defesas de título, a segunda em 2021. Em fevereiro, o campeão bateu Gilbert Durinho e garantiu sua hegemonia na divisão.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments