Empresário de Usman chama Covington de racista e confirma negociações para revanche | SUPER LUTAS

Empresário de Usman chama Covington de racista e confirma negociações para revanche

Desafeto confesso de Colby, Ali Abdelaziz volta a disparar contra ‘falastrão’ e reforça conversas para reedição de luta de 2019

K. Usman (dir.) aplica nocaute em C. Covington (esq.), em 2019. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Desafeto confesso de Colby Covington, Ali Abdelaziz, empresário de Kamaru Usman, voltou a disparar contra o ‘falastrão’ norte-americano. Em entrevista ao ‘MMA Junkie’, o agente chamou o ‘Caos’ de racista e confirmou negociações para uma revanche entre os lutadores pelo título dos meio-médios. Ainda não se sabe quando o novo duelo deve acontecer.

Veja Também

“Essa é a luta. Olha, na última vez que eles lutaram, ele (Usman) quebrou a mandíbula dele (Covington). Nessa, eu espero que ele fique cego ou algo ruim aconteça com ele, porque ele é uma pessoa muito ruim. Está no mesmo nível de mer** de Conor (McGregor). (…) É um idiota racista. (…) Ofende a religião das pessoas, esposa. Você viu o que ele disse sobre Dustin (Poirier) – ele disse que sua esposa é um adereço. Como você pode dizer isso? É um cara que ele costumava treinar junto”, disparou Abdelaziz.

Seguro de uma nova vitória de seu pupilo contra Colby, Ali faz coro às investidas do presidente do UFC, Dana White. O mandatário não esconde o desejo de promover um novo encontro entre os meio-médios, reeditando o duelo que, segundo o próprio ‘chefão’, foi um dos melhores que já acompanhou.

“Dana White está certo. Essa é a luta. Ele é o promotor e, no fim das contas, você quer ver Colby Covington ‘bebendo de canudinho’, sem andar por um ano ou dois. (…) Ele não é um grande lutador. Ele vai continuar por aí, mas acredito que Usman vai machucá-lo demais”, encerrou.

Líder dos meio-médios desde 2019, Kamaru vive a melhor fase de sua carreira como profissional no MMA. Até o momento, o nigeriano realizou quatro defesas de título, vencendo em todas as ocasiões. Em sua última apresentação, Usman atropelou Jorge Masvidal com um nocaute imponente, mantendo o cinturão e comprovando, mais uma vez, sua evolução.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments